Andre Matos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde fevereiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Andre Matos
Andre Matos em show.
Informação geral
Nome completo Andre Coelho Matos
Nascimento 14 de Setembro de 1971 (43 anos)
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Power metal
Heavy metal
Folk metal
Metal progressivo
Metal sinfônico
Instrumento(s) Vocal
Piano
Teclado
Extensão vocal Tenor lírico
Período em atividade 1985 - Atualmente
Gravadora(s) Universal Music
EMI
Afiliação(ões) Angra
Viper
Virgo
Shaman
Avantasia
Symfonia
Influência(s) Queen, Iron Maiden, Whitesnake, Van Halen
Página oficial MySpace

Andre Coelho Matos (São Paulo, 14 de setembro de 1971) é um cantor, compositor, maestro e pianista brasileiro, vocalista da banda Viper e ex-membro das bandas de heavy metal Angra e Shaman, além dos projetos Virgo e Symfonia, além de ter feito participações especiais em bandas como Avantasia e Aina. Foi eleito o 77º melhor cantor brasileiro de todos os tempos pela revista Rolling Stone Brasil.

Desde outubro de 2006 está em carreira solo. Em seu currículo constam Regência Orquestral, Composição Musical, habilitação em Canto Lírico e habilitação em Piano Erudito[1] . Fala 6 idiomas.

História[editar | editar código-fonte]

Viper (1985-1990)[editar | editar código-fonte]

Andre Matos começou seus estudos musicais ainda na infância aos sete anos de idade com aulas de piano[2] e ingressou em sua primeira banda, o Viper, aos 13 anos. Como a banda ainda não tinha um vocalista, Andre foi o escolhido para assumir os vocais, apesar de achar que não tinha capacidade para isso, pois o que realmente sabia fazer era tocar piano e teclado[2] . Com o Viper Andre Matos gravou a demo The Killera Sword em 1985 e os álbuns Soldiers of Sunrise em 1987 e Theatre of Fate em 1989.

Com estes dois discos a banda teve um reconhecimento internacional, principalmente no Japão e na Europa e que resultou no lançamentos dos álbuns no Japão[3] . Após o lançamento de Theatre of Fate Andre decidiu deixar o Viper, pois não conseguiria conciliar a banda com seus estudos na faculdade, e com isso ocorreu sua separação da banda[2] . Andre Matos ingressou na Faculdade de Artes Santa Marcelina e no último ano transferiu-se para a Faculdade de Artes Alcântara Machado, graduando-se como bacharel em Regência Orquestral e Composição Musical. Andre também estudou durante sete anos canto lírico junto ao professor de técnica e interpretação vocais Francisco Campos, professor titular da Universidade de São Paulo[1] .

Angra (1991-2000)[editar | editar código-fonte]

Enquanto esteve na faculdade, Andre Matos conheceu Rafael Bittencourt e com ele teve a idéia de começar uma nova banda onde pudessem mesclar o heavy metal com a música erudita, o que mais tarde resultaria na criação do Angra[4] . Com o Angra, desenvolveu uma carreira ao longo de nove anos com turnês pelo Brasil, Europa, Ásia e América Latina, com mais de um milhão de cópias vendidas e que o deram projeção mundial, sagrando Andre Matos como um dos principais vocalistas do chamado power metal[5] .

Com o Angra Andre Matos gravou a demo tape Reaching Horizons em 1992, o álbum Angels Cry em 1993, o EP Evil Warning em 1994, a demo tape Eyes of Christ em 1995 e o álbum Holy Land em 1996. Ainda no mesmo ano o Angra lançou o single "Make Believe" e o EP Freedom Call, em 1997 o EP ao vivo Holy Live e em 1998 os singles "Lisbon" e "Rainy Nights" e o álbum Fireworks. Nesse mesmo período Andre Matos foi sondado como possível substituto de Bruce Dickinson no Iron Maiden em um concurso que escolheria o novo vocalista da banda inglesa[6] , mas a vaga acabou ficando com Blaze Bayley.

Shaman (2000-2006)[editar | editar código-fonte]

No começo de 2000 Andre decide deixar o Angra devido a problemas com o empresário da banda[7] . O baixista Luis Mariutti e o baterista Ricardo Confessori também deixam o Angra juntamente com Andre Matos e formam a banda Shaman (que posteriormente mudou o nome para "Shaaman" e hoje em dia voltou a ser chamada "Shaman" com apenas um "A"), convidando Hugo Mariutti para ser o guitarrista. Logo com seu primeiro álbum, o Ritual lançado em 2002, a banda assinou contratos com vários selos no exterior, como JVC e Universal Music no Japão e Brasil respectivamente[8] . O álbum teve inclusive uma de suas faixas ("Fairy Tale", de autoria de Andre Matos) incluída na trilha sonora da novela global "O Beijo do Vampiro". No ano seguinte foi a vez do lançamento do DVD RituAlive gravado no Credicard Hall e que contou com as participações especiais de Marcus Viana, Tobias Sammet, Sascha Paeth, Andi Deris e Michael Weikath, um DVD cuja qualidade de vídeo e áudio foi considerada acima da média[9] . Em 2005 o Shaman lançou o álbum Reason que resultou em mais uma turnê mundial.

Nesse período Andre Matos também desenvolveu o projeto Virgo junto ao guitarrista e produtor alemão Sascha Paeth. Este foi um projeto mais voltado para o Rock em geral[8] , com o qual Andre foi além do seu tradicional modo de compor. Ainda nos primeiros anos do Shaman, Andre Matos fez participações especiais nos dois primeiros álbuns da Metal Opera Avantasia, idealizada por Tobias Sammet. Os álbuns The Metal Opera e The Metal Opera Part II foram lançados em 2001 e 2002 respectivamente. Andre ainda participou da primeira turnê do projeto em 2008, na época em que o Avantasia estava lançando o seu terceiro álbum The Scarecrow.

Time to be Free, Mentalize e Symfonia (2006-2011)[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Andre e os irmãos Hugo e Luis Mariutti decidem deixar o Shaman e soltaram um comunicado oficial explicando a decisão[10] . Após o fim da banda, Andre Matos se apresentou no festival Live 'N' Louder com um time de músicos que contava com Luis Mariutti, Hugo Mariutti, Andre Hernandes, Fabio Ribeiro e Rafael Rosa, anunciando pouco tempo depois que estes seriam os músicos que o acompanhariam em sua nova empreitada, o inicio de sua carreira solo[11] .

O primeiro álbum de Andre Matos em sua carreira solo foi o Time to Be Free lançado em 2007 e sucedido por sua primeira turnê pelo Brasil, Europa e Japão com seu novo projeto[12] . Em 2009 o segundo álbum de sua carreira solo foi lançado sob o nome Mentalize. No ano seguinte, ele participaria mais uma vez do projeto Avantasia, desta vez no álbum The Wicked Symphony, embora desta vez cantasse em apenas uma faixa: "Blizzard on a Broken Mirror". Ainda em 2010, Andre Matos e o guitarrista finlandês Timo Tolkki anunciavam a formação do supergrupo Symfonia[13] . Em abril de 2011, o supergrupo, que contava ainda com Jari Kainulainen, Mikko Härkin e Uli Kusch, lançou o seu primeiro disco In Paradisum, dando a banda inicio a sua turnê mundial no segundo semestre de 2011. O grupo acabou alguns meses depois, após Timo anunciar sua aposentadoria da música.[14]

The Turn of the Lights e reunião do Viper (2012-atualmente)[editar | editar código-fonte]

Andre Matos anunciou o baterista Rodrigo Silveira, que irá substituir Eloy Casagrande, que foi para o Sepultura. Andre também anunciou que no inicio de 2012 começará o processo de gravação do terceiro álbum de sua carreira solo.[15]

Em 2012 a banda Viper anunciou a turnê To Live Again Tour para comemorar os 25 anos do álbum Soldiers of Sunrise, onde tocarão pela primeira vez na íntegra os álbuns Soldiers of Sunrise e Theatre of Fate. O primeiro show aconteceu no dia 1º de julho na cidade de São Paulo, com o retorno do vocalista André Matos após 22 anos desde sua saída para a banda Angra e a formação clássica de Pit Passarell, Felipe Machado e Guilherme Martin. O guitarrista Hugo Mariutti tocou no lugar de Yves Passarell, que eventualmente fez participações durante a turnê.[16]

Em Julho de 2012 Andre Matos anuncia que o seu terceiro álbum de estúdio em carreira solo, The Turn of the Lights, será lançado mundialmente dia 22 de agosto de 2012. No Brasil será laçado pela gravadora Azul Music.[17]

Devido ao aniversário de 20 anos do lançamento de Angels Cry, o músico tocará o álbum na íntegra durante a turnê de 2013.[18]

Integrantes da banda solo[editar | editar código-fonte]

Membros atuais
Membros anteriores



Discografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Andre Matos, a voz do metal nacional Heavy Metal Brasil. Página visitada em 14 de setembro de 2011.
  2. a b c Andre Matos: "Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!" Whiplash. Página visitada em 16 de setembro de 2011.
  3. Viper: de volta ao Heavy Metal Rafael Sartori. Página visitada em 16 de setembro de 2011.
  4. Angra: Capítulo 1: Origens e Primeiros Discos Fernando Júnior. Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  5. HEAVY METAL COM DENDE: ROCK PESADO E MIDIA EM TEMPOS DE GLOBALIZAÇAO Jeder Janotti Jr. Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  6. Ex-ANGRA Vocalist ANDRE MATOS On The Chance Of Joining IRON MAIDEN In '94 - "I Was Not Psychologically Prepared For Such A Thing...". Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  7. Shaman interview Metalkings.com. Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  8. a b A Força do Mystic Metal. Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  9. Shaaman: Ritualive Rafael Sartori. Página visitada em 18 de setembro de 2011.
  10. Andre e irmãos Mariutti comentam fim do Shaaman. Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  11. Andre Matos prepara álbum solo. Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  12. Passado e presente se fundem em show de André Matos em Curitiba. Página visitada em 17 de setembro de 2011.
  13. Former Stratovarius, Helloween, Angra Members Join Forces In Symfonia Blabbermouth.net (8 de novembro de 2010). Página visitada em 8 de novembro de 2010.
  14. Ex-Stratovarius Guitarist Timo Tolkki: 'It Is Possible That I Will Never Record Anything Again' Blabbermouth.net (2 de dezembro de 2011). Página visitada em 11 de fevereiro de 2011.
  15. Andre Matos: Rodrigo Silveira é o novo baterista Whiplash.net (19 de dezembro de 2011). Página visitada em 11 de fevereiro de 2011.
  16. Viper: anunciada turnê com Andre Matos e formação clássica (em português) Whiplash.net. (19/04/2012). Página visitada em 19/04/2012.
  17. Andre Matos: capa e track-list de Turn Of The Lights Whiplash.net. Página visitada em 19 de julho de 2012.
  18. Andre Matos: "Angels Cry" será tocado na íntegra em nova turnê Whiplash.net. Página visitada em 9 de fevereiro de 2013.