Andrea Gabrieli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrea Gabrieli
Nascimento c. 1532/1533
Veneza
Morte 30 de agosto
Veneza
Nacionalidade italiano
Ocupação compositor

Andrea Gabrieli (1532/1533? – 30 de agosto de 1585) foi um compositor e organista italiano da Alta Renascença. Tio do bem mais famoso Giovanni Gabrieli, foi o primeiro membro renomado da escola veneziana de compositores, e foi extremamente influente na propagação do estilo veneziano na Itália e na Alemanha. Próximo ao ano de 1550, foi ativo nos domínios de Verona e, de 1564 até sua morte, trabalhou na Basílica de São Marcos em Veneza.

Deixou numerosas composições de música sacra (motetos, salmos, missas, um "Glória" a 16 vozes e um outro) e profana (quase 250 madrigais). Dentre suas composições instrumentais mencionamos as tocatas para órgão, as canções, os ricercari e a música de conjunto. Dentre seus alunos estão seu sobrinho Giovanni Gabrieli e Hans Leo Hassler.

Expressão Musical[editar | editar código-fonte]

Uma expressão muito virtuosa foi o que tornou as suas tocatas para órgão importantíssimas para a música do século XVI e gerou, assim, uma importante transformação. De fato, estas tocatas, com caráter de improvisação e ricas de passagens virtuosísticas, em grande escala, introduzem uma nova atitude em relação à música instrumental.

Principais Composições:

  • Duas composições corais a oito e a doze vozes, escritas para o Rei da Polônia.
  • Uma coletânea de madrigais a três, quatro e seis vozes (cerca de 250).
  • Canções sacras (1565), para órgão.
  • Tocatas.
  • Ricercari.
  • 4 coros para ' o Édipo Rei de Sófocles.
  • 110 motetos de quatro a doze vozes.

7 salmos davídicos a seis vozes. 4 missas a seis vozes. As greghesche, composições cantadas em um dialeto misto entre veneziano, dálmata e grego.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal: