Andrea Giganti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Andrea Giganti (Trapani, 1731 - 1787) foi um arquitecto italiano do período barroco na Sicília.

Estudou na juventude arquitectura com Giovanni Biagio Amicon (1684-1754). Posteriormente Giganti foi patrocinado pelo bispo de Mazara del Vallo, Giuseppe Stella, com quem viajou para Palermo para estudar no seminário e ser ordenado sacerdote.

Depois da ordenação teve acesso à família do Príncipe de Scordia, membro da aristocracia siciliana, que o empregou como confessor e como arquitecto, trabalhando nas várias mansões dos Scorda.

Alguns edifícios de estilo barroco desenhados por Giganti incluem a Villa Galetti em Bagheria, a Villa Ventimiglia em Mezzo-Monreale, a Igreja de S. Paulo dos Jardineiros, e o estrado e altar-mor da igreja de S. Salvador em Palermo.

Como experimentado engenheiro, Giganti foi também responsável pelo desenho e construção de vários pontes. Até ao final da sua vida começou a pôr de lado o estilo barroco e a favorecer o neoclassicismo.


Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.