Andrea Sansovino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O batismo de Cristo. Museo dell'Opera del Duomo, Florença

Andrea Contucci, chamado Andrea Sansovino (Monte San Savino, c. 1467 - 1529) foi um arquiteto e escultor da Itália.

Seu estilo mostra a transição da terceira fase do Renascimento para a Alta Renascença. Sua primeira composição importante foi o Altar do Sacramento (1485-90) na Igreja do Espírito Santo em Florença, com uma alta qualidade artesanal e uma grande ênfase nas emoções. Passou vários anos em Portugal, e em 1502 estava de novo em Florença, quando começou o grupo do Batismo de Cristo, instalado na fachada do Batistério de São João. Somente o Batista é inteiramente seu, e o anjo é todo de outro artista, mas a concepção elegante, sóbria e dignificada do conjunto, junto com a grande beleza dos corpos, o torna uma das primeiras obras importantes da Alta Renascença. Também compôs uma série de frisos policromos para a Villa Medicea di Poggio a Caiano. Em 1505 foi para Roma contratado pelo papa Júlio II para executar duas tumbas quase idênticas para os cardeais Ascanio Sforza e Girolamo della Rovere na Igreja de Santa Maria del Popolo, completadas em 1509 e consideradas suas obras mais originais. Sua última grande encomenda foi supervisionar a construção de vários edifícios na cidade de Loreto e a decoração da Santa Casa local, para onde esculpiu um relevo da Anunciação de grande riqueza plástica. A suavidade e graça de seu estilo foi um contraponto à inclinação ao drama de Michelangelo.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrea Sansovino

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Andrea Sansovino. Encyclopædia Britannica Online. 13 Jan. 2010


Ícone de esboço Este artigo sobre um Escultor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.