Andrea del Verrocchio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrea del Verrocchio
O Batismo de Cristo. Leonardo Da Vinci pintou o pequeno anjo (canto inferior esquerdo).
Data de nascimento 1435
Local de nascimento Florença
Data de falecimento 10 de outubro de 1488
Local de falecimento Veneza
Ocupação Pintor, escultor e ourives
Cristo e São Tomé

Andrea di Francesco di Cione, conhecido como Andrea del Verrocchio, (Florença, 1435Veneza, 10 de Outubro de 1488) foi um artista florentino italiano que esteve ativo durante a Renascença.

Era escultor, ourives e pintor, e trabalhou na corte de Lorenzo de Médici. É considerado um dos pintores mais influentes de seu período. Entre seus alunos incluem-se Leonardo da Vinci, Sandro Botticelli, Perugino e Ghirlandaio. Também influenciou Michelangelo e foi um escultor de primeira grandeza.

Verrocchio nasceu em Florença em 1435. Andrea começou a trabalhar como ourives na oficina de Giulio Verrocchi, de quem tomou o sobrenome. Não se sabe se foi aprendiz de Donatello. Suas primeiras pinturas são de 1460, quando trabalhava com Filippo Lippi.

Em 1474 e 1475, pintou O Batismo de Cristo, agora na Galleria degli Uffizi, em Florença. Nesse trabalho, foi ajudado por Leonardo Da Vinci ainda jovem, que terminou a paisagem e o anjo na extrema esquerda. Segundo Giorgio Vasari, Andrea decidiu então nunca mais pintar, pois Leonardo tinha o ultrapassado em técnica e genialidade. Em 1475, Verrocchio começou a se dedicar quase inteiramente à escultura.

Em 1478, Verrocchio começou seu trabalho mais importante, uma estátua equestre de Bartolomeo Colleoni, que tinha morrido três anos antes. O trabalho foi encomendado pela República de Veneza. Era a primeira tentativa de produzir uma estátua com uma das pernas do cavalo não tocando o chão. A estátua é também notável pela expressão firme de comando no rosto de Colleoni. Verrocchio enviou para seus clientes um modelo de cera em 1480 em em 1488, ele finalmente mudou-se para Veneza para ajudar na fundição da estátua. Contudo, ele morreu antes de terminar o trabalho.

dirigiu em Florença um atelie com muitos alunos de pintura. É provável que tenha estudado pintura com Alesso Baldovinetti e escultura com Antonio Rossellino. Em 1467 dava inicio a sua obra mais importante em Florença, "Cristo e São Tomé" na fachada de Or San Michelle, concluída em 1483. Sua primeira obra de grande porte foi o suntuoso sepulcro de Pedro e João de Médici na igreja de San Lorenzo em Florença, que foi concluído em em 1472, notável pelo uso de mármore e pórfiro coloridos em associação com ornatos de bronze. Sua morte deixou inacabado o túmulo do cardeal Foteguerri (1476–1488) na catedral de Pistoia, que foi terminado por escultores barrocos do século XVII.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Andrea del Verrocchio
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.