Andrei Konchalovsky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde abril de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Andrei Konchalovsky
Nome completo Андрей Сергеевич Михалков-Кончаловский
Outros nomes Andrey Sergeyevich
Nascimento 20 de agosto de 1937 (77 anos)
Mikhalkov Moscou
Ocupação Diretor e Roteirista

Andrei Konchalovsky (russo: Андрей Сергеевич Михалков-Кончаловский) (nascido em 20 de agosto de 1937) é um cineasta da Rússia.[1]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Andrey Sergeyevich nasceu em Mikhalkov, Moscou, na Rússia em uma família aristocrática de Mikhalkovs. Ele mudou seu nome para Andrei e usou o sobrenome do seu avô materno (Konchalovsky) para usar como seu nome artístico. Ele é irmão de Nikita Mikhalkov e filho de Sergei Mikhalkov.

Ele estudou por dez anos no Conservatório de Moscovo, se preparando para a carreira de pianista. Em 1960, entretanto, ele conheceu Andrei Tarkovsky e co-roteirizado seu filme Andrei Rublev (1966).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Andrey Konchalovsky lançou diversos filmes na Rússia e com isso ganhou prestígio internacional. Em 1979 ele foi indicado ao Urso de Prata, o que fez que ele se transferisse para os Estados Unidos em 1980. Em Hollywood lançou filmes de prestígio como O Círculo do Poder e um filme baseado em um roteiro japonês Tango & Cash estrelado por Sylvester Stallone. Na década de 90 voltou a Rússia onde lançou o remake de grande sucesso O Leão no Inverno que recebeu diversos prêmios incluindo um Globo de Ouro. Seu último filme, O Quebra-Nozes em 3D teve seu lançamento nos Estados Unidos em 24 de novembro de 2010. Andrey revelou que esse é o filme dos seus 'Sonhos' e que ele sempre desejou fazer um filme de fantasia sobre o musical Quebra-Nozes, apesar de ser seu grande sonho o filme foi um fracasso total de critica e bilheteira no site Rotten tomatoes a nota foi de 0%, ainda recebeu uma indicação a Framboesa de Ouro de pior uso de 3D, a bilheteira do filme foi apenas de 12 milhões no mundo inteiro, com um orçamento de 90 milhões se tornando então um dos maiores fracassos de bilheteria de todos os tempos.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrei Konchalovsky