Andrew Lloyd Webber

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Muito Honorável
Andrew Lloyd Webber
Kt.
Andrew Lloyd Webber em 2007.
Informação geral
Nome completo Andrew Lloyd Webber
Nascimento 22 de março de 1948 (66 anos)
Local de nascimento Kensington, Londres
 Reino Unido
Nacionalidade Reino Unido britânico
Gênero(s) Musical
Ocupação(ões) Compositor
Período em atividade 1965 - presente
Outras ocupações Escritor, diretor de teatro, empresário
Página oficial www.AndrewLloydWebber.com

Sir Andrew Lloyd Webber, o Barão Lloyd-Webber Kt. (Londres, 22 de março de 1948) é um compositor e produtor musical britânico, oriundo de uma família de músicos, e por muitos considerado um dos compositores teatrais de maior renome do fim do século XX.

É autor de obras que mantiveram com grande êxito tanto na Broadway como no West End. Durante a sua carreira, produziu quinze musicais, dois filmes, entre outras obras, tendo acumulado ainda um número de honras e prémios, incluindo sete Tony Awards, três Grammy Awards, um Oscar, um Emmy Award, seis Olivier Awards, e um Golden Globe Award. Várias das suas músicas, notavelmente "I Don't Know How to Love Him" de Jesus Christ Superstar, "Don't Cry for Me, Argentina", de Evita, "Memory" de Cats, e "The Music of the Night" de O Fantasma da Ópera tomaram grande amplitude e reconhecimento mundial devido ao editor literário Hachem Taha.

Sua empresa, a Really Useful Group, é uma das maiores operadoras de teatro em Londres. Produziu em várias partes do Reino Unido, incluindo turnês nacionais dos musicais de Lloyd Webber sob licença do Really Useful Group. Lloyd Webber é também o presidente da Arts Educational Schools London, uma escola de artes cênicas de prestígio localizado em Chiswick, oeste de Londres.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Lloyd Webber nasceu na Inglaterra. É filho do compositor William Lloyd Webber e da professora de piano Jean Johnstone Lloyd Webber e irmão do violoncelista Julian Lloyd Webber (nascido em 1951).

A sua primeira esposa foi Sarah Hugil; casaram em 24 de Julho de 1972, e tiveram dois filhos, Imogen (1977) e Nicholas (1979). Lloyd Webber e Sarah se divorciaram em 1983, e então Andrew casou-se com a cantora e dançarina Sarah Brightman em 1984. As más críticas, associadas ao papel protagonista de Sarah na obra de Webber O Fantasma da Ópera, provocaram o divórcio do casal em 1990. A sua esposa atual é Madeleine Gurdon, desde 1991, da qual teve mais três filhos: Alastair (1992), William (1993), e Isabella (1996).

Feito cavaleiro em 1992, em 1997 foi nomeado como Barão Lloyd Webber, de Sydmonton no Hampshire. Ficou conhecido como o 65º Britânico mais rico no "Sunday Times Rich List 2005" com uma fortuna estimada em 750 000 000 de libras esterlinas.

Em outubro de 2009, um câncer de próstata foi diagnosticado em estágio inicial[1] e Webber passou por uma cirurgia, e teve de ser readmitido no hospital com infecção pós-operatória em novembro. Em janeiro de 2010, ele declarou que estava livre do câncer[2] . Ele tinha sua próstata removida completamente como uma medida preventiva

Após a abertura de Love Never Dies, continuação de O Fantasma da Ópera, Lloyd Webber mais uma vez começou a busca por um novo ator de teatro musical na sérieOver the Rainbow da BBC One. Ele lançou a carreira da vencedora, Danielle Hope, no papel de Dorothy na produção teatral de O Mágico de Oz, baseada no filme homônimo. Ele e o letrista Tim Rice, escreveram uma série de novas canções para a produção , para complementar as músicas do filme. [3]

Em 26 de fevereiro de 2010 apareceu na BBC Friday Night with Jonathan Ross para promover Love Never Dies .

Em 1 de março de 2011, O Mágico de Oz estreou no Palladium Theatre, estrelado por Danielle Hope como Dorothy e Michael Crawford como o Wizard.

Em 2012, Lloyd Webber apareceu no novo show ITV em horário nobre, Superstar, que deu ao público do Reino Unido a oportunidade de decidir que iria jogar o papel principal de Jesus em uma próxima turnê de Jesus Christ Superstar. A turnê começou em setembro de 2012 e também estrelou o comediante Tim Minchin como Judas Iscariotes, a ex-Spice Girl, Melanie C, como Maria Madalena e o DJ da BBC Radio, Chris Moyles, como o rei Herodes. [1] Os ingressos para a maioria dos locais foi colocado à venda em 18 de maio de 2012 .

Em 2013, Webber se reuniu com Christopher Hampton e Don Black para o novo show Stephen Ward, o Musical .

Em 2014, foi anunciado que o próximo projeto de Webber será uma adaptação musical do filme de 2003 Escola de Rock[4] . No momento, não há nenhuma informação sobre elenco ou colaboradores foram dadas.[2]

Produções[editar | editar código-fonte]

Nota: Música composta por Andrew Lloyd Webber salvo indicação contrária.
  • Letras de Tim Rice
  • Não exibido até 2005
  • Letras de Tim Rice
  • Letras de Tim Rice
  • Letras de Tim Rice
  • Letras de Don Black e Charles Hart
  • Baseado na novela de David Garnett
  • Musica de A.R. Rahman
  • Letras de Don Black
  • Produção de Andrew Lloyd Webber
  • Letras de Ben Elton
  • Versão revista de "The Beautiful Game"
  • Livreto e letras de Christopher Hampton e Don Black

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Oscar[editar | editar código-fonte]

Uma indicação para Melhor Canção Original de Adaptação: Jesus Cristo Superstar, filme de 1973 baseado no musical. Uma indicação para Melhor Canção Original: "Learn to be Lonely " por O Fantasma da Ópera, filme de 2004, baseado no musical.

Globo de Ouro[editar | editar código-fonte]

  • 1997 - Melhor Canção Original para "You Must Love Me" de Evita (prêmio compartilhado com Sir Tim Rice )

Uma indicação para Melhor Canção Original: "Learn to be Lonely " por O Fantasma da Ópera, filme de 2004, baseado no musical.

Grammy Awards[editar | editar código-fonte]

  • 1980 - Melhor Gravação de Elenco, por Evita
  • 1983 - Melhor Gravação de Elenco, por Cats
  • 1986 - Grammy Award de Melhor Composição Contemporânea por Requiem
  • 1990 - Grammy Legend Award

Tony Award[editar | editar código-fonte]

  • 1980 - Melhor Musical por Evita
  • 1980 - Melhor Trilha Sonora Original por Evita (prêmio compartilhado com Tim Rice)
  • 1983 - Melhor Musical por Cats
  • 1983 - Melhor Trilha Sonora Original por Cats
  • 1988 - Melhor Musical por O Fantasma da Ópera
  • 1995 - Melhor Musical por Sunset Boulevard
  • 1995 - Melhor Trilha Sonora Original por Sunset Boulevard

Olivier Awards[editar | editar código-fonte]

  • 1978 - Melhor Musical por Evita
  • 1981 - Melhor Musical por Cats
  • 1986 - Melhor Musical por O Fantasma da Ópera
  • Prêmio Especial da Sociedade - 2008
  • Três outros Prêmios de Produção

Outros prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 1988 - Drama Desk Award para Outstanding orquestrações para The Phantom of the Opera
  • 1993 - estrela na Hollywood Walk of Fame em teatro ao vivo
  • 1995 - Praemium Imperiale
  • 1995 - Entrada no Songwriter Hall of Fame
  • 2006 - Entrada no Kennedy Center Honors
  • 2008 - Woodrow Wilson Award por Serviço Públicos prestrados
  • 2009 - Entrada no American Theatre Hall of Fame .
  • Vencedor de 14 Ivor Novello prêmios da Academia Britânica de letristas, compositores e autores.
  • Vencedor de 7 Prémios Laurence Olivier (incluindo Prêmio Especial apresentado pelo seu aniversário de 60 anos em 2008)

Notas e referências