Botafogo de Futebol e Regatas na Copa Libertadores da América

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Botafogo de Futebol e Regatas participou até hoje de 3 edições da Copa Libertadores da América: 1963, 1973 e 1996. O Clube chegou ainda a classificar-se para a edição de 1969 (através da conquista da Taça Brasil de 1968), mas o Brasil, assim como a Argentina, não inscreveu times nesta edição da competição, por discordar de aspectos do regulamento do torneio.

Ano Torneio Fase Máxima Último adversário Jogos Vits Emps Drts GP GC Artilheiro da Equipe N° de Gols
1963 Copa Libertadores Semifinal Brasil Santos 6 4 1 1 7 6 Amarildo, Jairzinho e
Antoninho
2 gols cada
1973 Copa Libertadores Grupo 2 das Semifinais Paraguai Cerro Porteño e
Chile Colo-Colo
11 6 2 3 25 18 Dirceu 5 gols
1996 Copa Libertadores Oitavas-de-final Brasil Grêmio 8 2 2 4 11 13 Bentinho 4 gols
  • Legendas: Vits: Vitórias; Emps: Empates; Drts: Derrotas; GP: Gols Pró; GC: Gols Contra.

Copa Libertadores de 1963[editar | editar código-fonte]

A melhor participação do Botafogo na competição foi nesta edição, em que o Clube foi eliminado nas semifinais do torneio pelo Santos, que se sagraria bicampeão na final contra o Boca Juniors.

A equipe de Garrincha, Nilton Santos e Jairzinho classificou-se para o Toneio ao ser Vice-Campeão da Taça Brasil de 1962, perdendo na final para o Santos. Pelo regulamento, apenas o Campeão da Taça Brasil garantia vaga para a Copa Libertadores, mas como o Santos havia sido campeão da Libertadores de 1962 e já tinha sua vaga na edição de 1963 assegurada, o Botafogo também classificou-se para a competição.

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

O Botafogo ficou no Grupo 1, ao lado de Alianza Lima, do Peru, e Millonarios, da Colômbia. Obteve 100% de aproveitamento nos 4 jogos que realizou, e classificou-se para as semifinais.

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Brasil Botafogo 8 4 4 0 0 5 1 4
2 Peru Alianza Lima 3 4 1 1 2 2 3 -1
3 Colômbia Millonarios 1 4 0 1 3 0 3 -3
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
30 de Junho de 1963
Alianza Lima Peru 0–1 Brasil Botafogo Lima
Élton Gol marcado
7 de Julho de 1963
Millonarios Colômbia 0–2 Brasil Botafogo Bogotá
Amarildo Gol marcado
Antoninho Gol marcado
21 de Julho de 1963
Botafogo Brasil *ver nota* Colômbia Millonarios Rio de Janeiro
24 de Julho de 1963
Botafogo Brasil 2–1 Peru Alianza Lima Rio de Janeiro
Jairzinho Gol marcado
Nilton Santos Gol marcado
  • Nota: O Botafogo ganhou os pontos do jogo contra o Millonarios, não realizado por desistência do clube colombiano, que já estava eliminado.

Semi-Finais[editar | editar código-fonte]

O Botafogo enfrentou o Santos nas semifinais, revivendo assim a final da Taça Brasil do ano anterior, quando perdeu para o time de Pelé.

Apesar do empate no jogo de ida, realizado em São Paulo, o Botafogo acabou por perder a vaga para a final em pleno Maracanã, ao ser goleado por 4x0.

22 de Agosto de 1963
Santos Brasil 1–1 Brasil Botafogo São Paulo
Jair Bala Gol marcado
Botafogo Brasil 0–4 Brasil Santos Rio de Janeiro

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores de 1973[editar | editar código-fonte]

O Botafogo classificou-se para esta edição após ser vice-campeão do Campeonato Brasileiro de 1972 e ficou no Grupo B, que era disputado por clubes brasileiros e uruguaios.

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Brasil Botafogo 9 6 4 1 1 15 9 6
2 Brasil Palmeiras 9 6 4 1 1 10 6 4
3 Uruguai Nacional 4 6 1 2 3 8 9 -1
4 Uruguai Peñarol 2 6 0 2 4 4 13 -9
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
17 de Fevereiro de 1973
Palmeiras Brasil 3–2 Brasil Botafogo São Paulo
Dirceu Gol marcado
Marinho Chagas Gol marcado
24 de Fevereiro de 1973
Botafogo Brasil 3–2 Uruguai Nacional Rio de Janeiro
Marinho Chagas Gol marcado Gol marcado
Jairzinho Gol marcado
01 de Março de 1973
Botafogo Brasil 4–1 Uruguai Peñarol Rio de Janeiro
Roberto Gol marcado
Jairzinho Gol marcado
Fischer Gol marcado
Ferretti Gol marcado
10 de Março de 1973
Botafogo Brasil 2–0 Brasil Palmeiras Rio de Janeiro
Roberto Gol marcado Gol marcado
14 de Março de 1973
Peñarol Uruguai 2–2 Brasil Botafogo Montevideu
Marinho Chagas Gol marcado
Fisher Gol marcado
17 de Março de 1973
Nacional Uruguai 1–2 Brasil Botafogo Montevideu
Roberto Gol marcado
Jairzinho Gol marcado
  • Como Botafogo e Palmeiras obtiveram o mesmo número de pontos, foi realizado um jogo extra entre os dois clubes para definir quem seria o classificado para a próxima fase:
29 de Março de 1973
Botafogo Brasil 2–1 BrasilPalmeiras Rio de Janeiro
Luís Pereira (contra) Gol marcado
Jairzinho Gol marcado

Triangular Semi-Final[editar | editar código-fonte]

No Triangular Semifinal se classificava apenas o primeiro do grupo.

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Chile Colo Colo 5 4 2 1 1 10 9 1
2 Paraguai Cerro Porteño 4 4 2 0 2 8 7 1
3 Brasil Botafogo 3 4 1 1 2 8 7 1
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
6 de Abril de 1973
Botafogo Brasil 1–2 Chile Colo Colo Rio de Janeiro
Ferreti Gol marcado
26 de Abril de 1973
Cerro Porteño Paraguai 3–2 Brasil Botafogo Assunção
Dirceu Gol marcado
Zequinha Gol marcado
8 de Maio de 1973
Colo Colo Chile 3–3 Brasil Botafogo Rio de Janeiro
Dirceu Gol marcado Gol marcado
Fischer Gol marcado
15 de Maio de 1973
Botafogo Brasil 2–0 Paraguai Cerro Porteño Assunção
Dirceu Gol marcado
Fischer Gol marcado

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores de 1996[editar | editar código-fonte]

O Botafogo conseguiu classificação para esta edição do Torneio através da conquista do Campeonato Brasileiro de 1995.

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Brasil Corinthians 13 6 4 1 1 13 6 7
2 Chile Universidad de Chile 10 6 3 1 2 7 7 0
3 Brasil Botafogo 7 6 2 1 3 10 10 0
4 Chile Universidad Católica 4 6 1 1 4 6 13 -7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
13 de Março de 1996
Corinthians Brasil 3–0 Brasil Botafogo São Paulo
26 de Março de 1996
Botafogo Brasil 4–1 Chile Universidad Católica Rio de Janeiro
Dauri Gol marcado
Túlio Gol marcado Gol marcado
Bentinho Gol marcado
3 de Abril de 1996
Botafogo Brasil 1–1 Brasil Corinthians Rio de Janeiro
Dauri Gol marcado
9 de Abril de 1996
Universidad CatólicaChile 2–1 Brasil Botafogo Santiago
Bentinho Gol marcado
12 de Abril de 1996
Universidad do Chile Chile 2–1 Brasil Botafogo Santiago
Jefferson Gol marcado
19 de Abril de 1996
Botafogo Brasil 3–1 Chile Universidad do Chile Rio de Janeiro
Bentinho Gol marcado Gol marcado
Dauri Gol marcado

Oitavas de Final[editar | editar código-fonte]

1 de Maio de 1996
Botafogo Brasil 1–1 Brasil Grêmio Rio de Janeiro
Jamir Gol marcado
8 de Maio de 1996
Grêmio Brasil 2–0 Brasil Botafogo Porto Alegre

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Desempenho Total[editar | editar código-fonte]

Jogos 25
Vitórias 12
Empates 5
Derrotas 8
Gols Pró 42
Gols Contra 37
Saldo de Gols +5

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Artilheiro
Nac. # Gols Nome Ano
Brasil 1. 5 Jairzinho 1963 e 1973
Brasil 2. 5 Dirceu 1973
Argentina 3. 4 Fischer 1973
Brasil 4. 4 Marinho Chagas 1973
Brasil 5. 4 Roberto 1973
Brasil 6. 4 Bentinho 1996
Brasil 7. 3 Dauri 1996
Brasil 8. 2 Ferreti 1973
Brasil 9. 2 Túlio 1996
Brasil 10. 1 Amarildo 1963
Brasil 11. 1 Antoninho 1963
Brasil 12. 1 Élton 1963
Brasil 13. 1 Jair Bala 1963
Brasil 14. 1 Nilton Santos 1963
Brasil 15. 1 Zequinha 1973
Brasil 16. 1 Jefferson 1996
Brasil 17. 1 Jamir 1996

Fontes[editar | editar código-fonte]