Cronologia da missão Cassini-Huygens

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta página lista a os eventos cronológicos que ocorreram ou espera-se que ocorram durante a missão da sonda Cassini-Huygens a Saturno e à sua lua Titã.

Imagem de Saturno tirada pela Cassini, Fevereiro 2004

1997[editar | editar código-fonte]

Lançamento ocorrido às 8:43 UTC em 15 de outubro, 1997, do Complexo de Lançamento Espacial 40 na Estação da Força Aérea do Cabo Canaveral, Florida.

15 de outubro — Cassini lançada ao espaço às 08:43 UTC.

1998[editar | editar código-fonte]

26 de abril 06:52 PDT — Sobrevôo de gravidade assistida por Vênus a 284 km, recebendo um incremento de velocidade de aproximadamente 7 km/s [1]

3 de dezembro 22:06 PDT – A Cassini acionou seu motor de foguete principal por 90 minutos, definindo o caminho da nave espacial para seu segundo sobrevôo a Vênus em 1999. A queima do motor desacelerou-a para aproximadamente 450 metros por segundo em relação ao Sol. A velocidade da sonda foi de 67,860 km/h no início da manobra a 66,240 k/h ao fim do acionamento do motor.[2]

1999[editar | editar código-fonte]

24 de Junho — Sobrevôo de gravidade assistida por Vênus a 623km.[3]

Foto da lua durante o sobrevôo

18 de Agosto 03:28 UTC — Sobrevôo de gravidade assistida pela Terra. Uma hora e 20 minutos antes da maior aproximação, a Cassini aproximou-se da Lua a 337.000 km, e tirou uma série de fotografias para calibração. A espaçonave passou pela Terra a uma distância de 1.171km por sobre a porção leste do Pacífico Sul (ponto mais próximo 23°30′S 128°30′O / 23.5°S 128.5°O). Recebeu um incremento de 5,5 km/s em velocidade. [4]

2000[editar | editar código-fonte]

23 de Janeiro — Sobrevôo do asteróide 2685 Masursky cerca das 10:00 UTC. A Cassini tirou fotos ([1]) 5 a 7 horas antes, a uma distância de 1,6 milhões de quilómetros e estimou o diâmetro do asteróide entre 15 a 20 km.

Imagem do sobrevôo de Júpiter

30 de Dezembro — Sobrevôo de gravidade assistida por Júpiter. A Cassini atingiu a sua maior proximidade (9,7 milhões de quilometros) com Júpiter nesta data, aproveitando para realizar diversas medições científicas[5] . Também proporcionou os mais detalhados retratos em cores de Júpiter já produzidos (à direita); os pormenores visíveis mais pequenos são do tamanho de 60 km.

2001[editar | editar código-fonte]

30 de maio – Durante a fase de costa entre Júpiter e Saturno, notou-se que uma "névoa" ficava visível nas fotos tiradas pela câmera de ângulo estreito da Cassini. Isso foi visto pela primeira vez quando uma foto da estrela Maia na Plêiades foi tirada depois de um período de aquecimento de rotina

2002[editar | editar código-fonte]

23 de julho – No final de janeiro, foi realizado, por meio de aquecimento, um teste para a remoção da "névoa" das lentes da câmera de ângulo estreito. A elevação da temperatura a 4°C por oito dias produziu resultados favoráveis. Mais tarde, o aquecimento foi estendido para 60 dias, e uma imagem da estrela Spica mostrou uma melhoria de mais de 90% em comparação com as imagens coletadas antes do aquecimento. Em 9 de julho, uma fotografia revelou que o procedimento havia sido completamente bem sucedido, o que foi anunciado em 23 de julho.[6]

2003[editar | editar código-fonte]

10 de outubro – A equipe de ciência da Cassini anunciou os resultados de um teste da teoria da gravidade de Einstein, realizado por meio do emprego de sinais de rádio da sonda. Os pesquisadores observaram uma alteração na frequência das ondas de rádio que saíam e voltavam para a sonda, uma vez que tais ondas viajavam próximas ao Sol. Testes anteriores estavam de acordo com as previsões teóricas com uma precisão de uma parte em mil. O experimento da Cassini melhorou tal valor para 20 partes por milhão, com os dados ainda apoiando a teoria de Einstein.

2004[editar | editar código-fonte]

Imagem de Saturno tirada pela Cassini, fevereiro de 2004

27 de fevereiro – Uma nova imagem em alta resolução de Saturno, tirada pela Cassini em 9 de fevereiro, foi publicada. Os cientistas da missão ficaram intrigados pelo fato de que nenhum "raio" nos anéis de Saturno é visível. Tais estruturas escuras na seção "B" section do anel haviam sido descobertas por imagens tiradas pela sonda Voyager em 1981.[7] Outra imagem, em infra-vermelho, tirada em 16 de fevereiro, mostra diferenças de altura nas nuvens e a mesma turbulência vista durante a década de 1990 pelo Telescópio espacial Hubble.[8]

12 de março – Fotografias tiradas em 23 de fevereiro mostram uma característica descoberta pela Voyager: Aglomerações no exterior do anel "F". O que não pôde ser verificado à época, era o tempo de vida exato desses aglomerados, e espera-se que a Cassini venha a fornecer dados conclusivos sobre esta questão. O primeiro conjunto de imagens mostram um grupo "blocos" que se deslocam ao longo do anel "F".[9]

26 de março – A equipe de cientistas da Cassini publicou a primeira sequência de fotos de Saturno, mostrando nuvens se movento em alta velocidade ao redor do planeta. Utilizando um filtro para melhor visualizar a névoa de água sobre a cobertura densa de nuvens. As movimentações nas regiões equatoriais e meridionais são claramente visíveis.[10] As fotografias foram tiradas entre 15 e 19 de fevereiro.

8 de abril – A primeira observação "a longo prazo" da dinâmica de nuvens na atmosfera de Saturno foi publicada pelos cientistas da missão. Um conjunto de imagens mostra duas tempestades nas latitudes meridionais se fundirem durante o período de 19 a 20 de março. Ambas tinham um diâmetro de cerca de 1.000 km antes de se fundiram

Anel "F" e satélites pastores

15 de abril – A NASA anunciou que duas luas descobertas pela Voyager 1 foram novamente avistadas pela Cassini nas fotos tiradas em 10 de março. São a Prometeu e a Pandora. Elas não são satélites comuns, e seus nefeitos gravitacionais no anel "F" fez com que os cientistas as chamassem "luas pastores". Elas fascinam todos os pesquisadores interessados na dinâmica do sistema de anéis, uma vez que suas órbitas são tão próximas que interagem uma com a outra de maneira caótica. Esses satélites têm histórico de desafiar as previsões de suas órbitas e uma das missões da Cassini's será monitorar o movimento desses corpos de perto.

18 de maio – A Cassini entrou no sistema de Saturno e a força gravitacional desse planeta começou a ultrapassar a influência do Sol.

Titã vista da Cassini

20 de maio – A primeira foto da Titã, com melhor resolução do que qualquer observação feita da Terra, foi publicada. Foi tirada em 5 de maio a uma distância de 29,3 milhões de quilômetros.

27 de maio – A TCM-20, uma aproximação à lua Phoebe para correção de trajetória foi executada às 22:26:00 UTC. Para isso, o motor foi acionado por 5 minutos e 56 segundos, pela primeira vez desde dezembro de 1998. Isso serviu como um "ensaio geral" para o acionamento de 96 minutos que ocorreria para a inserção na órbita de Saturno. Entretanto, a TCM-20 foi projetada principalmente para alterar a velocidade da Cassini em 34,7 m/s, resultando num sobrevoo à lua Phoebe em 11 de junho.

Essa imagem da lua de Saturno Phoebe foi tirada pela espaçonave Cassini às 16:10 UT em 11 de junho de 2004

11 de junho – Cassini sobrevoou a lua Phoebe as 19:33 UT no Tempo de Eventos da Espaçonave a 2068 quilometros de distância. Todos os onze instrumentos a bordo operaram como o esperado e todos os dados foram adquiridos. Os cientistas esperam usar esses dados para criar um mapa global da lua cheia de crateras, e determinar a composição, a massa e a densidade da Phoebe.

16 de junho – Ocorreu a TCM-21, com um acionamento de 38 segundos do motor principal. Foi planejada como a última correção de trajetória de Cassini, antes da entrada na órbita de Saturno. Alguns dias depois, a TCM-22, programada para 21 de junho, foi cancelada.

1 de julho – O acionamento para a Inserção na Órbita de Saturno foi bem sucedido. Às 19:11 PDT (22:11 EDT), a Cassini cruzou o anel planetário, entre as seções F e G. A sua antena foi orientada para a frente, agindo como um escudo contra partículas pequenas do anel. Às 19h36 PDT (22:36 EDT), a espaçonave começou um acionamento crítico de 96 minutos do motor, para cortar sua velocidade em 626 metros por segundo. Logo após esse acionamento, fotografias do anel foram tiradas e enviadas aos cientistas da missão, a medida que a sonda se aproximava dos 19.980 quilômetros do topo das nuvens.[11]

Borda do anel, vista da Cassini

Os cientistas ficaram surpresos com a claridade dos detalhes nas imagens e levarão bastante tempo para analisá-las. "Nós não veremos todo o quebra-cabeças, somente algumas peças, mas o que estamos vendo é dramático," disse a Dra. Carolyn Porco, chefe da equipe de imagem da Cassini, Instituto de Ciência Espacial, , Boulder, Colorado. "As imagens são incompreensível, simplesmente incompreensível. Eu tenho trabalhado nesta missão há 14 anos e não deveria estar surpresa, mas é notável o quão surpreendente é ver essas imagens pela primeira vez."

2 de julho – O primeiro sobrevoo da Cassini a Titã foi executado, e as primeiras imagens tiradas de perto foram enviadas à Terra. Devido ao planejamento da órbita inicial, a Cassini estava passando sobre o pólo sul do satélite a uma distância maior do que nos sobrevoos posteriores. Entretanto, durante a coletiva de imprensa de 3 de junho, os cientistas da missão apresentaram imagens que já estavam os forçando a repensar as teorias anteriores. Aparentemente, as características mais escuras ou mais brilhante do albedo da superfície representam diferentes materiais. Ao contrário do esperado, as regiões de gelo parecem ser mais escuras do que as áreas onde outro material (possivelmente matéria orgânica) está misturado ao gelo.

16 de agosto – Os cientistas anunciaram a descoberta de duas novas luas de Saturno e, com isso, o sucesso de um dos programas da Cassini: localizar satélites pequenos e até então desconhecidos. Mais tarde batizadas "Methone" (S/2004 S 1) e "Palene" (S/2004 S 2), esses objetos são pequenos em comparação a outras luas, e orbitam entre Mimas e Encélado.

23 de agosto – A uma distância de 9 milhões de quilômetros de Saturno, o último grande acionamento do motor principal ocorreu para ajustar a aproximação seguinte e evitar as partículas do anel planetário. O acionamento de 51 minutos aumentou a velocidade da sonda em 325 metros por segundo, movendo o ponto de periastro cerca de 300.000 km mais distante de Saturno do que a menor distância durante a inserção na órbita do planeta. Ao mesmo tempo, o novo curso colocaria a Cassini muito próxima de Titâ durante o sobrevoo sequinte. [12]

14 de setembro – A verificação final da sonda Huygens foi concluída com êxito. A separação da sonda permaneceu agendada para 25 de dezembro, com a aterrissagem antecipada para 14 de janeiro de 2005.

Imagem em cores falsas da Titã

26 de outubro – O segundo sobrevoo da Titã (chamado "Titan-A") foi executado com sucesso. Os dados começaram a chegar no centro da missão às 01:30 UTC, em 27 de outubro, e incluíram a foto de mais alta resolução tirada da superfície do Satélite. Incluíram também a primeira imagem em espectro infra-vermelho de alta resolução da atmosfera e da superfície. A espaçonave atravessou com sucesso a atmosfera nebulosa de Titã, chegando a 1.176 quilômetros da superfície do satélite. O sobrevoo foi mais próximo de Titâ do que o de qualquer outra espaçonave. Os dados das imagens, do espectro e do radar revelaram uma superfície complexa e intrigante. A análise dos dados ainda persiste. A única falha durante o evento "Titan-A" envolveu o instrumento CIRS. Durante a reprodução, a equipe de instrumento observadou dados corrompidos, e foi tomada a decisão de desligar o instrumento para reinicializá-lo. O instrumento CIRS foi religado em 24 horas e, atualmente, permanece em seu estado nominal.

23 de novembro – A última avaliação em vôo da sonda Huygens antes da separação foi concluída com êxito. Todos os sistemas estão prontos para a abertura da sonda à tempo.

13 de dezembro – O sobrevoo "Titan-B" foi executado com êxito e os dados coletados foram avaliados pelos cientistas da missão.

25 de dezembro – A sonda Huygens é separada da Cassini às 02:00 UTC.

Huygens é liberada e segue ruma à Titâ.

27 de dezembro – A NASA publicou uma foto da Huygens tirada da Cassini dois dias após a liberação da sonda, reportando que a análise da imagem demonstrou que a sonda está no curso correto, dentro da margem de erro esperada. Essas avaliações foram necessárias para colocar o orbitador na orientação correta, de forma a receber os dados da sonda quando esta adentrar a atmosfera de Titã.

26 de dezembro – A OTM-10 foi executada às 03:00 UTC no Tempo de Eventos da Espaçonave. Essa manobra, tambpem chamda ODM (Manobra de Defleção de Órbita), retirou a Cassini da trajetória de colisão com Titã, colocando-a em uma trajetória de sobrevoo com altitude necessária para receber os dados da Huygens a medida que a sonda adentrava Titã.


31 de dezembro – O sobrevoo da Cassini a Jápeto ocorreu às 18:45:37 UTC, a uma altitude de 122.645 quilômetros. As primeiras imagens brutas ficaram disponíveis no dia seguinte.

2005[editar | editar código-fonte]

14 de janeiro – A Huygens entrou na atmosfera de Titã às 09:06 UTC e aterrissou suavemente na superfície aproximadamente 2 horas depois. Esse evento foi confirmado pela recepção da portadora emitida pela sonda durante o processo. às 16:19 UTC, o orbitador Cassini começou a retransmitir para a Terra os dados científicos recebidos da sonda. A primeira imagem foi liberada às 19:45 UTC, mostrando uma vista a aproximadamente 16 km acima da superfície. Uma segunda imagem tirada pela sonda, já sobre a superfície, foi liberada pouco tempo depois. A análise dessas imagens continua em progresso.

15 de fevereiro – Sobrevoo bem sucedido a Titã, com novas regiões da sua superfície escaneadas por radar. O radar de mapeamento da Cassini adquiriu imagens que mostram uma grande cratera no satélite, com um diâmetro estimado de 440 km.[13]

Primeira imagem em close-up da Encélado

17 de fevereiro – O primeiro sobrevoo próximo à Encélado foi realizado, e as imagens foram enviadas à Terra. O sobrevoo ocorreu a uma distância de aproximadamente 1180 km.

9 de março – O segundo sobrevoo a Encélado foi realizado, e a Cassini passou pelo satélite a uma distância mínima de 500 km.

17 de março – A sonda da Cassini revelou que a lua de Saturno Encélado possui atmosfera, que foi descrita como "substancial" por seus descobridores.

31 de março – O quarto sobrevoo planejado à Titã, a uma distância mínima de 2400 km do satélite, foi realizado. As imagens e demais dados desse evento ainda estão sob análise.[14]

Diagrama da atmosfera de Titã

16 de abril – O quinto sobrevoo planejado a Titã, a uma distância mínima de cerca de 1025 km, foi realizado às 19:12 UTC. Foi o sobrevoo mais próximo até hoje registrado, e forneceu a oportunidade de obter dados mais detalhados acerca da constituição na porção superior da atmosfera de Titã. Uma primeira análise dos dados revelou uma grande proporção de moléculas complexas de carbono. Em 25 de abril, foi publicado um diagrama demonstranto a existância de tais moléculas.

3 de maio – A Cassini da início a experimentos de ocultação nos anéis de Saturno, na tentativa de determinar a distribuição do tamanho de suas partículas, na escala de centímetros.

10 de maio – No início de um experimento de observação focada de período do anel planetário, At the beginning of a period focussed observation of the ring system of Saturn, slated para durar até setembro, os cientistas da missão anunciaram a descoberta de uma nova lua na Keeler gap, dentro da seção "A" do anel. Provisioriamente batizada S/2005 S 1 e mais tarde renomeada Dafne, foi vista pela primeira vez em uma sequência de imagens tiradas em 1 de maio. Os cientistas de imagem haviam previsto a existência da nova lua e sua distância orbital de Saturno após o avistamento, em julho, de um conjunto com características peculiares na margem exterior da Keeler gap.

14 de julho – O sobrevoo mais próximo da Encélado, a uma distância de 175 km, foi conduzido com êxito. As primeiras imagens foram publicadas.

22 de agosto – Sobrevoo de Titã, a uma distância mínima de 3669 km.[15]

7 de setembro – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 1075 km. Os dados coletados foram parcialmente perdidos devido a um problema de software.

24 de setembro – Sobrevoo de Tétis, a uma distância de 1500 km.

26 de setembro – Sobrevoo de Hipérion, a uma distância de 1010 km, o mais próximo e único sobre esse satélite durante a missão primária.

11 de outubro – Sobrevoo de Dione, a uma distância de 500 km.

28 de outubro – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 1400 km.

26 de novembro – Sobrevoo de Reia, a uma distância de 500 km.

26 de dezembro – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 10410 km.[16]

2006[editar | editar código-fonte]

Um eclipse de Saturno, com os anéis visíveis, 2006

15 de janeiro – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 2040 km.[17]

2 de fevereiro – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 4390 km.[18]

18 de março – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 1950 km.[19]

20 de maio – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 1880 km.[20]

2 de julho – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 1910 km.[21]

27 de julho – A NASA confirma a presença de lagos de hidrocarbonetos na região polar norte de Titã.

23 de setembro – Sobrevoo de Titã, a uma distância de 960 km.[22]

Uma das imagens de Saturno publicadas pela NASA em 1 de março de 2007. Essa imagem foi tirada em 19 de janeiro desse mesmo ano.

2007[editar | editar código-fonte]

1 de março – A NASA publica várias imagens notáveis de Saturno, tiradas sob ângulos que não são possíveis da Terra.[23]

10 de setembro – Sobrevoo de Jápeto, a uma distância de 1600 km.

2008[editar | editar código-fonte]

12 de março — A Cassini é programada para um sobrevoo frontal imprecedente da lua Encélado.[24]

28 de maio – A Cassini completa seu 43º sobrevoo de Titã, finalizando sua missão primária. Rebatizada "Missão de Equinócio", a Cassini observará Saturno durante seu período de verão.[25] A sonda também é capaz de realizar pelo menos mais uma missão além dessa, a chamada "Missão de Solstício".

Missão de Equinócio da Cassini[editar | editar código-fonte]

Anéis vistos de cima, com Saturno no recorte

11 de agosto, 9 e 31 de outubro – Com aprõximações de 50, 25, e 200 km, respectivamente, os três últimos sobrevoos de Encélado em 2008 empregaram uma nova técnica de fotografia chamada "tiro ao alvo", de forma a adquirir imagens de altíssima resolução. Os sobrevoos também permitiram que a Cassini fotografasse diretamente aos plumas criovulcânicas do satélite.

3 e 14 de novembro, 5 e 21 de dezembro – Sobrevoos 46 a 49 de Titã. Esse último permitiu o escaneamento por radar do Ontario Lacus, um dos maiores lagos de metano de Titã.

2009[editar | editar código-fonte]

Foram programados para esse ano 15 sobrevoos a Titã e 2 sobrevoos próximos de Encélado. De junho a outubro, é observado Saturno durante o equinócio, período no qual o Sol está diretamente sobre o equador do planeta. [26]

2010[editar | editar código-fonte]

Em 2 de Novembro desse ano, a Cassini foi colocada num modo de stand by de proteção, após a ter ocorrido a perda de uma instrução importante. A NASA anunciou a interrupção do processo científico em 8 de novembro. [27] Entretanto, nessa data, algumas das funcionalidades da espaçonave já haviam sido parcialmente restauradas.[28] Os instrumentos foram reiniciados com êxito em 10 de novembro.[29] [30] A Cassini foi reativada em 24 de novembro e voltou a funcionar perfeitamente, e a tempo para os sobrevoos programados de Encélado.[31] A essa altura, não havia ocorrido divulgação [32] sobre perdas de dados relacionadas ao sobrevoo de 11 de novembro.

A Cassini fez dois sobrevoos próximos de Encélado em dezembro.

Missão de Solstício da Cassini (2010-2017)[editar | editar código-fonte]

Em 3 de fevereiro de 2010, a NASA anuncious que havia sido financiada a segunda extensão da missão, até maio de 2017, alguns meses após o financiamento da missão do solstício de verão. O cronograma inclui 155 órbitas adicionais, com 54 sobrevoos de Tiã, 11 de Encélado,[33] 2 de Reia e 3 de Dione. Um dos sobrevoos de Titã adentrará na ionosfera.

Cassini flew by Saturn's little moon Methone in May 2012

Marcos de viagem da Cassini[editar | editar código-fonte]

Tempo de Evento da Espaçonave Distância de Saturno
22-Mar-2004 07:42:14 50.000.000 km
12-Abr-2004 19:35:12 40.000.000 km
04-Mai-2004 02:59:09 30.000.000 km
25-Mai-2004 02:40:06 20.000.000 km
14-Jun-2004 11:15:22 10.000.000 km

Cronologia detalhada da missão Huygens[editar | editar código-fonte]

Ver o artigo princial da sonda Huygens.

Distância entre a Huygens e Titã[34]

Marcos de viagem da sonda Huygens[editar | editar código-fonte]

Tempo de Eventos da Espaçonave Descrição
2004-Dez-25 02:00 UTC Huygens se separa da Cassini
2004-Dez-25 06:07 UTC 5 km da Cassini
2004-Dez-25 10:13 UTC 10 km da Cassini
2004-Dez-28 01:17 UTC 100 km da Cassini
2004-Dez-28 12:20 UTC 1,000 km da Cassini
2004-Dez-29 00:02 UTC 2,000 km da Cassini
2004-Dez-29 11:39 UTC 3,000 km da Cassini
2004-Dez-29 23:11 UTC 4,000 km da Cassini
2004-Dez-30 10:36 UTC 5,000 km da Cassini
2005-Jan-03 20:01 UTC 4,658,661 km da Titã (maior distância)
2005-Jan-06 23:40 UTC 4,000,000 km da Titã
2005-Jan-09 01:26 UTC 3,000,000 km da Titã
2005-Jan-10 18:37 UTC 2,000,000 km da Titã
2005-Jan-12 11:20 UTC 1,000,000 km da Titã
2005-Jan-12 15:36 UTC 900,000 km da Titã
2005-Jan-12 19:56 UTC 800,000 km da Titã
2005-Jan-13 00:19 UTC 700,000 km da Titã
2005-Jan-13 04:48 UTC 600,000 km da Titã
2005-Jan-13 09:21 UTC 500,000 km da Titã
2005-Jan-13 13:59 UTC 400,000 km da Titã
2005-Jan-13 18:43 UTC 300,000 km da Titã
2005-Jan-13 23:31 UTC 200,000 km da Titã
2005-Jan-14 04:23 UTC 100,000 km da Titã
2005-Jan-14 04:53 UTC 90,000 km da Titã
2005-Jan-14 05:22 UTC 80,000 km da Titã
2005-Jan-14 05:52 UTC 70,000 km da Titã
2005-Jan-14 06:21 UTC 60,000 km da Titã
2005-Jan-14 06:50 UTC 50,000 km da Titã
2005-Jan-14 07:20 UTC 40,000 km da Titã
2005-Jan-14 07:49 UTC 30,000 km da Titã
2005-Jan-14 08:18 UTC 20,000 km da Titã
2005-Jan-14 08:48 UTC 10,000 km da Titã
2005-Jan-14 08:51 UTC 9,000 km da Titã
2005-Jan-14 08:54 UTC 8,000 km da Titã
2005-Jan-14 08:57 UTC 7,000 km da Titã
2005-Jan-14 08:59 UTC 6,000 km da Titã
2005-Jan-14 09:02 UTC 5,000 km da Titã
2005-Jan-14 09:06 UTC A Huygens adentra a atmosfera de Titã
2005-Jan-14 11:24 UTC Huygens impacta com a superfície de Titã

Fenômenos celestes vistos na data da aterrissagem em Titã[editar | editar código-fonte]

O dia da aterrissagem incia em 2005-Jan-08 04:05:08 UTC e termina em 2005-Jan-24 03:26:14 UTC.

De acordo com a trajetória descendente prevista para a Huygens, a sonda foi programada para aterrissar a 10.2936° Sul e 163.1775° Leste. Antes do pouso, a localização não podia ser determinada com exatidão, já que a sonda seria influenciada pelo vento na atmosfera de Titã.

Tempo solar aparente local Tempo de eventos da espaçonve Descrição
03:06 2005-Jan-10 05:43 UTC Nasce Júpiter
03:21 2005-Jan-10 09:43 UTC A lua Phoebe se põe
03:55 2005-Jan-10 18:47 UTC Nasce Plutão
04:56 2005-Jan-11 10:54 UTC Nasce a Cassini
05:03 2005-Jan-11 12:52 UTC Nasce a Huygens
05:06 2005-Jan-11 13:29 UTC Nasce Marte
05:29 2005-Jan-11 19:36 UTC Nasce Vênus
05:31 2005-Jan-11 20:19 UTC Nasce Mercúrio
05:35 2005-Jan-11 21:22 UTC Nasce Jápeto
05:43 2005-Jan-11 23:20 UTC Nasce o Sol
05:44 2005-Jan-11 23:39 UTC Nasce a Terra
05:44 2005-Jan-11 23:40 UTC Nasce a Lua
06:52 2005-Jan-12 17:54 UTC Nasce Netuno
07:47 2005-Jan-13 08:32 UTC Nasce Urano
08:26 2005-Jan-13 18:46 UTC A Terra transita entre o Sol e saturno - 1º contato
08:26 2005-Jan-13 18:53 UTC A Terra transita entre o Sol e saturno - 2º contato
08:35 2005-Jan-13 21:20 UTC A Lua transita entre o Sol e Saturno (1° contato)
08:36 2005-Jan-13 21:22 UTC A Lua transita entre o Sol e Saturno (2° contato)
08:48 2005-Jan-14 00:34 UTC A Terra transita entre o Sol e saturno (o maior)
08:58 2005-Jan-14 03:13 UTC A Lua transita entre o Sol e saturno (o maior)
09:09 2005-Jan-14 06:15 UTC A Terra transita entre o Sol e Saturno (3° contato)
09:09 2005-Jan-14 06:23 UTC A Terra transita entre o Sol e Saturno (4° contato)
09:12 2005-Jan-14 07:10 UTC A Cassini transita o meridiano
09:20 2005-Jan-14 09:03 UTC A Lua transita entre o Sol e Saturno (3° contato)
09:20 2005-Jan-14 09:05 UTC A Lua transita entre o Sol e Saturno (4° contato)
09:20 2005-Jan-14 09:06 UTC A Huygens adentra a atmosfera
09:28 2005-Jan-14 11:11 UTC Júpiter transita o meridiano
09:28 2005-Jan-14 11:24 UTC A Huygens atinge a superfície
09:35 2005-Jan-14 13:08 UTC A Cassini se põe
10:11 2005-Jan-14 22:41 UTC Plutão transita o meridiano
10:23 2005-Jan-15 01:48 UTC Hipérion se põe
11:14 2005-Jan-15 15:27 UTC Jápeto transita o meridiano
11:26 2005-Jan-15 18:36 UTC Marte transita o meridiano
11:48 2005-Jan-16 00:36 UTC Vênus transita o meridiano
11:50 2005-Jan-16 01:09 UTC Mercúrio transita o meridiano
11:59 2005-Jan-16 03:26 UTC A Terra transita o meridiano
11:59 2005-Jan-16 03:27 UTC A Lua transita o meridiano
12:00 2005-Jan-16 03:44 UTC O Sol transita o meridiano
13:05 2005-Jan-16 21:02 UTC Netuno transita o meridiano
13:56 2005-Jan-17 10:39 UTC Urano transita o meridiano
15:49 2005-Jan-18 16:41 UTC Júpiter se põe
16:26 2005-Jan-19 02:24 UTC A lua Phoebe nasce
16:26 2005-Jan-19 02:36 UTC Plutão se põe
17:46 2005-Jan-19 23:42 UTC Marte se põe
17:55 2005-Jan-20 02:08 UTC Jápeto se põe
18:08 2005-Jan-20 05:35 UTC Vênus se põe
18:10 2005-Jan-20 06:06 UTC Mercúrio se põe
18:14 2005-Jan-20 07:20 UTC A Terra se põe
18:14 2005-Jan-20 07:21 UTC A Lua se põe
18:17 2005-Jan-20 08:09 UTC O Sol se põe
19:18 2005-Jan-21 00:10 UTC Netuno se põe
20:05 2005-Jan-21 12:46 UTC Urano se põe
21:31 2005-Jan-22 11:44 UTC Phoebe transita o meridiano


Cronologia do procedimento de aterrissagem da Huygens[editar | editar código-fonte]

Tempo de eventos da espaçonave Descrição
2005-Jan-11 12:00 UTC O orbitador nasce à leste, conforme visto do local de aterrissagem
2005-Jan-14 06:50 UTC O orbitador liga os receptores de conexão de sinais de rádio
2005-Jan-14 07:02 UTC Orbitador começa a voltar os receptores em direção a Titã
2005-Jan-14 07:14 UTC O orbitador está completamente voltado para Titã, 3 minutos mais tarde a conexão para download da banda X do orbitador é desativada.
2005-Jan-14 08:29 UTC Saturno é ocultado por Titã, conforme visto da Huygens
2005-Jan-14 08:38 UTC Os anéis de Saturno são ocultados por Titã, conforme visto da Huygens
2005-Jan-14 08:44 UTC A sonda liga os transmissores
2005-Jan-14 09:06 UTC A Huygens adentra a atmosfera de Titã
2005-Jan-14 09:09 UTC Huygens feels maximum deceleration
2005-Jan-14 09:10 UTC O canal piloto é implementado
2005-Jan-14 09:10 UTC Cobertura à popa é liberada
2005-Jan-14 09:10 UTC O pára-quedas principal é acionado
2005-Jan-14 09:11 UTC Início da transmissão do orbitador Cassini
2005-Jan-14 09:11 UTC Escudo frontal liberado; os transmissores trocam para modo de alta potência; os instrumentos são configurados para a descida; as medições têm início
2005-Jan-14 09:25 UTC O pára-quedas principal se separa; a rampa de ancoragem para estabilização é acionada
2005-Jan-14 09:42 UTC O sensor de proximidade da superfície é ativado
2005-Jan-14 09:49 UTC Ocorrem possíveis efeitos de congelamento na sonda
2005-Jan-14 09:50 UTC Cromatógrafo a gas - espectrômetro de massas começa a amostrar a atmosfera
2005-Jan-14 11:12 UTC O orbitador realisa seu sobrevoo mais próximo de Titã, a uma altitude de 59996 km, a uma velocidade de 5401 metros por segundo
2005-Jan-14 11:23 UTC É ligada a lâmpada para tomada de imagens de descida
2005-Jan-14 11:24 UTC Huygens atinge a superfície de Titã
2005-Jan-14 13:11 UTC O orbitador se põe a oeste
2005-Jan-14 13:37 UTC O orbitador pára a coleta de dados da sonda

Encontros da Cassini com as luas de Saturno[editar | editar código-fonte]

Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes.

(projecção Junho/04)

Orbita Lua Data de encontro Altitude
           0 Febe Jun. 11, 2004 1997 km  
           A Titã Out. 26, 2004 1200 km  
           B Titã Dez. 13, 2004 2358 km  
           B Sonda Huygens largada  Dez. 24, 2004
           
           C Jápeto Jan. 1, 2005 65 000 km  
           C Titã Jan. 14, 2005 60 000 km  
           3 Titã Fev. 15, 2005 950 km  
           3 Encélado Fev. 17, 2005 1179 km  
           4 Encélado Mar. 9, 2005 500 km  
           5 Titã Mar. 31, 2005 2523 km  
           6 Titã Abr. 16, 2005 950 km  
          11 Encélado Jul. 14, 2005 1000 km  
          12 Mimas Ago. 2, 2005 45 100 km  
          13 Titã Ago. 22, 2005 4015 km  
          14 Titã Set. 7, 2005 950 km  
          15 Tétis Set. 24, 2005 33 000 km  
          15 Hipérion Set. 26, 2005 990 km  
          16 Dione Out. 11, 2005 500 km  
          17 Titã Out. 28, 2005 1446 km  
          18 Reia Nov. 26, 2005 500 km  
          19 Titã Dez. 26, 2005 10 429 km  
           
          20 Titã Jan. 15, 2006 2042 km  
          21 Titã Fev. 27, 2006 1812 km  
          22 Titã Mar. 18, 2006 1947 km  
          23 Titã Abr. 30, 2006 1853 km  
          24 Titã Mai. 20, 2006 1879 km  
          25 Titã July 2, 2006 1911 km  
          26 Titã Jul. 22, 2006 950 km  
          28 Titã Set. 7, 2006 950 km  
          29 Titã Set. 23, 2006 950 km  
          30 Titã Out. 9, 2006 950 km  
          31 Titã Out. 25, 2006 950 km  
          35 Titã Dez. 12, 2006 950 km  
          36 Titã Dez. 28, 2006 1500 km  
           
          37 Titã Jan. 13, 2007 950 km  
          38 Titã Jan. 29, 2007 2776 km  
          39 Titã Fev. 22, 2007 953 km  
          40 Titã Mar. 10, 2007 956 km  
          41 Titã Mar. 26, 2007 953 km  
          42 Titã Abr. 10, 2007 951 km  
          43 Titã Abr. 26, 2007 951 km  
          44 Titã Mai. 12, 2007 950 km  
          45 Titã Mai. 28, 2007 2425 km  
          46 Titã Jun. 13, 2007 950 km  
          47 Tétis Jun. 27, 2007 16 200 km  
          47 Titã Jun. 29, 2007 1942 km  
          48 Titã Jul. 19, 2007 1302 km  
          49 Reia Ago. 30, 2007 5100 km  
          49 Titã Ago. 31, 2007 3227 km  
          49 Jápeto Set. 10, 2007 1000 km  
          50 Titã Out. 2, 2007 950 km  
          52 Titã Nov. 19, 2007 950 km  
          53 Titã Dez. 5, 2007 1300 km  
          54 Titã Dez. 20, 2007 953 km  
           
          55 Titã Jan. 5, 2008 949 km  
          59 Titã Fev. 22, 2008 959 km  
          61 Encélado Mar. 12, 2008 995 km  
          62 Titã Mar. 25, 2008 950 km  
          67 Titã Mai. 12, 2008 950 km  
          69 Titã Mai. 28, 2008 1316 km  

Missão estendida de Equinócio[editar | editar código-fonte]

Corpo celeste Data (UTC) Altitude (km)
Titã 2008 Jul 31 02:13 1.613
Encélado 2008 Ago 11 21:06 54
Encélado 2008 Out 9 19:07 25
Palene 2008 Out 17 02:58 29.000
Encélado 2008 Out 31 17:15 197
Titã 2008 Nov 3 17:35 1.100
Titã 2008 Nov 19 15:56 1.023
Titã 2008 Dez 5 14:26 960
Titã 2008 Dez 21 13:00 970
Titã 2009 Fev 7 08:51 960
Titã 2009 Mar 27 04:44 960
Titã 2009 Abr 4 01:48 4.150
Titã 2009 Abr 20 00:21 3.600
Titã 2009 Mai 5 22:54 3.244
Titã 2009 Mai 21 21:27 965
Titã 2009 Jun 6 20:00 965
Titã 2009 Jun 22 18:33 955
Titã 2009 Jul 8 17:04 965
Titã 2009 Jul 24 15:34 955
Titã 2009 Ago 9 14:04 970
(Equinócio) 2009 Ago 11 (O Sol ilumina o lado norte
dos anéis)
Titã 2009 Ago 25 12:52 970
Titã 2009 Out 12 08:36 1.300
Encélado 2009 Nov 2 07:42 99
Encélado 2009 Nov 21 02:10 1.603
Titã 2009 Dez 12 01:03 4.850
Titã 2009 Dez 28 00:17 955
Titã 2010 Jan 12 23:11 1.073
Calipso 2010 Fev 13 11:45 21.000
Reia 2010 Mar 2 17:41 101
Helene 2010 Mar 3 13:41 1.823
Dione 2010 Abr 7 05:16 503
Encélado 2010 Abr 28 00:11 99
Encélado 2010 Abr 28 00:11 198
Titã 2010 Abr 28 00:11 1.400
Titã 2010 Jun 5 02:26 2.044
Titã 2010 Jun 21 01:27 880 (abaixo da ionosfera)
Titã 2010 Jul 07 1.005
Kiviuq 2010 Jul 15 9,3 milhões
Albiorix 2010 Jul 31  ?? milhões
Encélado 2010 Ago 13 2.554

Missão de Solstício[editar | editar código-fonte]

A segunda extensão da missão está programada para 12 de outubro de 2010 até o solstício de verão de Saturno, em maio de 2017, seguida por uma dúzia de órbitas proximais de saturno e dos anéis. A missão Cassini terminará em 15 de setembro de 2017, quando espera-se que a aeronave seja imersa pela atmosfera de Saturno.

Corpo celeste Data (UTC) Altitude (km)
Encélado 2010 Nov 30 48
Encélado 2010 Dez 21 01:08 48
Reia 2011 Jan 11 04:53 76
Titã 2011 Fev 18 16:04 3.651
Telesto 2011 Mar 20 10.000
Titã 2011 Mai 8 22:54 1.873
Titã 2011 Jun 20 1.359
Palene 2011 Set 14 26.000
Encélado 2011 Out 1 99
Encélado 2011 Out 19 1.231
Encélado 2011 Nov 6 496
Dione 2011 Dez 12 09:39 99
Titã 2011 Dez 13 3.586
Titã 2012 Fev 19 3.803
Encélado 2012 Mar 27 74
Encélado 2012 Abr 14 74
Encélado 2012 Mai 2 74
Telesto 2012 Mai 20 11.000
Methone 2012 Mai 20-21 1900[35]
Titã 2012 Mai 22 955
Titã 2012 Jun 7 959
Titã 2012 Jul 24 1.012
Titã 2012 Set 26 14:36 956
Titã 2012 Nov 13 10:22 973
Titã 2012 Nov 29 08:57 1.014
Titã 2013 Fev 17 01:57 1.978
Reia 2013 Mar 9 18:17 997
Titã 2013 Abr 5 21:44 1.400
Titã 2013 Mai 23 17:33 970
Titã 2013 Jul 10 13:22 964
Titã 2013 Jul 26 11:56 1.400
Titã 2013 Set 12 07:44 1.400
Titã 2013 Out 14 04:56 961
Titã 2013 Dez 1 00:41 1.400
Titã 2014 Jan 1 22:00 1.400
Titã 2014 Fev 2 19:13 1.236
Titã 2014 Mar 6 16:27 1.500
Titã 2014 Abr 7 13:41 963
Titã 2014 Mai 17 16:12 2.994
Titã 2014 Jun 18 13:28 3.659
Titã 2014 Ago 21 08:09 964
Titã 2014 Set 22 05:23 1.400
Titã 2014 Out 24 02:41 1.013
Titã 2014 Dez 10 22:27 980
Titã 2015 Fev 12 17:08 1.200
Titã 2015 Fev 12 17:08 1.200
Titã 2015 Mar 16 14:30 2.274
Titã 2015 Mai 7 22:50 2.722
Dione 2015 Jun 16 20:12 516
Dione 2015 Ago 17 18:33 474
Titã 2015 Set 28 21:37 1.036
Encélado 2015 Out 14 10:42 1.839
Encélado 2015 Out 28 15:23 49
Epimeteu 2015 Dez 6 2.616
Prometeu 2015 Dez 6 21.000
Aegaeon 2015 Dez 19 2.556
Encélado 2015 Dez 19 17:49 5.000
Titã 2016 Fev 1 01:01 1.400
Titã 2016 Fev 16 23:52 1.018
Titã 2016 Abr 4 19:48 990
Titã 2016 Mai 6 17:01 971
Titã 2016 Jun 7 14:13 975
Titã 2016 Jul 25 10:05 976
Titã 2016 Set 27 04:23 1.736
Titã 2016 Nov 14 00:02 1.582
Órbitas proximais
Corpo celeste Data (UTC) Altitude (km)
Titã 2016 Nov 29 3.223
Pandora 2016 Dez 18 13.800
Dafne 2017 Jan 16 17.800
Pan 2017 Mar 7 25,000
Atlas 2017 Abr 12 14.800

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease19980426/
  2. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease19981203/
  3. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease19990624/
  4. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease19990817/
  5. http://www.physorg.com/news/2010-12-cassini-celebrates-years-jupiter-encounter.html
  6. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/press-releases-02/20020723-pr-a.cfm
  7. http://photojournal.jpl.nasa.gov/catalog/PIA05380
  8. http://photojournal.jpl.nasa.gov/catalog/PIA05381
  9. http://photojournal.jpl.nasa.gov/catalog/PIA05382
  10. http://photojournal.jpl.nasa.gov/archive/PIA05384.gif
  11. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease200406302/
  12. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease20040823/
  13. http://photojournal.jpl.nasa.gov/catalog/PIA07365
  14. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan4/index.cfm
  15. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20050822/index.cfm
  16. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20051226/index.cfm
  17. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20060115/index.cfm
  18. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20060227/index.cfm
  19. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20060318/index.cfm
  20. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20060520/index.cfm
  21. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20060702/index.cfm
  22. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/events/titan20060923/index.cfm
  23. http://www.nasa.gov/mission_pages/cassini/media/20070301.html
  24. http://www.nasa.gov/mission_pages/cassini/media/cassini-20080310.html
  25. http://www.nasa.gov/mission_pages/cassini/media/cassini-20080415.html
  26. http://saturn.jpl.nasa.gov/mission/saturntourdates/
  27. http://www.universetoday.com/77710/cassini-instruments-offline-until-nov-24
  28. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/significantevents/significantevents20101111/
  29. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease20101109/
  30. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/cassinifeatures/feature20101110/
  31. http://www.space.com/missionlaunches/casssin-spacecraft-revived-for-flyby-101124.html
  32. http://saturn.jpl.nasa.gov/mission/flybys/titan20101111
  33. http://saturn.jpl.nasa.gov/news/newsreleases/newsrelease20100203/
  34. http://ssd.jpl.nasa.gov/?horizons
  35. http://saturn.jpl.nasa.gov/mission/saturntourdates/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]