Evolução do PIB do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Evolução do PIB brasileiro de 1995 a 2014:

Evolução do PIB brasileiro de 1995 a 2014
Ano PIB (nominal) Tamanho do Crescimento (real) * Posição na Economia Mundial Presidente
2014 R$ 5,521 trilhões[1] 0,1%[2] [3] [4] Dilma Rousseff
2013 R$ 5,158 trilhões[1] [3] 2,7%[2] [3] [5] Dilma Rousseff
2012 R$ 4,713 trilhões[1] [3] 1,8%[2] [3] [6] [7] Dilma Rousseff
2011 R$ 4,375 trilhões[1] [3] 3,9%[2] [3] [8] Dilma Rousseff
2010 R$ 3,887 trilhões[1] [3] [9] 7,6%[2] [10] Luiz Inácio Lula da Silva
2009 R$ 3,328 trilhões[1] [3] [11] -0,2%[2] [3] Luiz Inácio Lula da Silva
2008 R$ 3,108 trilhões[1] [3] [12] 5,0%[2] [13] Luiz Inácio Lula da Silva
2007 R$ 2,718 trilhões[1] [14] 6,0%[2] [15] 10° Luiz Inácio Lula da Silva
2006 R$ 2,410 trilhões[1] [16] 4,0%[2] [17] 10° Luiz Inácio Lula da Silva
2005 R$ 2,172 trilhões[1] [18] 3,1%[2] [19] 10° Luiz Inácio Lula da Silva
2004 R$ 1,959 trilhão[1] [20] 5,7%[2] [21] 13° Luiz Inácio Lula da Silva
2003 R$ 1,720 trilhão[1] [22] 1,2%[2] [23] 15°[24] Luiz Inácio Lula da Silva
2002 R$ 1,491 trilhão[1] [25] 3,1%[2] [26] 13° Fernando Henrique Cardoso
2001 R$ 1,316 trilhão[1] [27] 1,3%[2] [28] 11° Fernando Henrique Cardoso
2000 R$ 1,202 trilhão[1] [29] 4,4%[2] [30] 10° Fernando Henrique Cardoso
1999 R$ 1,092 trilhão[1] [31] 0,5%[2] [32] 10° Fernando Henrique Cardoso
1998 R$ 1,006 trilhão[1] [33] 0,4%[2] [34] Fernando Henrique Cardoso
1997 R$ 955,5 bilhões[1] [35] 3,4%[2] Fernando Henrique Cardoso
1996 R$ 857,9 bilhões[1] [36] 2,2%[2] [37] Fernando Henrique Cardoso
1995 R$ 731,1 bilhões[38] 4,3% Fernando Henrique Cardoso

* Nota: Ao dividir o PIB de um ano pelo ano anterior não resulta o valor do crescimento. Isto se deve a diferença entre o PIB nominal e o PIB real que desconta a inflação. O tamanho do crescimento é medido pelo PIB real que desconta a inflação.

Assim apesar de haver em vários anos um crescimento do PIB real muito baixo o PIB nominal ainda cresceu bastante devido a inflação alta que aumenta o valor nominal dos preços. Desta forma considerar apenas o PIB nominal para avaliar a saúde de uma economia inclui distorções.

Em março de 2015, o IBGE revisou a série histórica do PIB desde 1995, adotando nova metodologia de cálculo, aprimorando a medição. Com isso, as taxas de crescimento ou retração de anos anteriores sofreram modificações.[39]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s IBGE, Planilha "Tab_Compl_CNT_4T14.xls" (aba "Valores Correntes", coluna R ("PIB"), soma dos 4 trimestres de cada ano). Acesso em 28/03/2015.
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s IBGE, Planilha "Tab_Compl_CNT_4T14.xls" (aba "Tx. Acumulada ao Longo do Ano", coluna R ("PIB"), valor do quarto trimestre de cada ano). Acesso em 28/03/2015.
  3. a b c d e f g h i j k Produto Interno Bruto e taxas médias de crescimento - Banco Central do Brasil (21/01/2015 - valores antes da revisão de março de 2015)
  4. http://www.valor.com.br/brasil/3568788/pib-de-2013-e-revisado-de-crescimento-de-23-para-alta-de-25
  5. http://www.valor.com.br/brasil/3568788/pib-de-2013-e-revisado-de-crescimento-de-23-para-alta-de-25
  6. http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/03/130301_pib_brasil_ru.shtml
  7. http://veja.abril.com.br/noticia/economia/pib-de-2012-confirma-queda-do-brasil-no-ranking-das-maiores-economias
  8. http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/03/economia-brasileira-cresce-27-em-2011-mostra-ibge.html
  9. http://oglobo.globo.com/economia/pib-brasileiro-fecha-2010-com-crescimento-de-75-maior-desde-1986-aponta-ibge-2815938
  10. http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/03/economia-brasileira-cresce-75-em-2010-mostra-ibge.html
  11. http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,pib-do-brasil-fecha-2009-com-retracao-de-02-a-primeira-queda-anual-em-17-anos,8580,0.html
  12. http://www.brasil.gov.br/noticias/arquivos/2010/11/05/ibge-revisa-pib-de-2008-para-r-3-trilhoes
  13. http://www1.folha.uol.com.br/mercado/825935-ibge-revisa-pib-de-2008-e-eleva-crescimento-para-52.shtml
  14. http://oglobo.globo.com/economia/pib-brasileiro-cresceu-61-em-2007-mostra-ibge-3166801
  15. http://economia.uol.com.br/ultnot/2008/03/12/ult4294u1121.jhtm
  16. http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/ibge-revisou-cima-valor-pib-2006
  17. http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL7965-9356,00-ECONOMIA+DO+BRASIL+CRESCE+EM.html
  18. http://noticias.uol.com.br/economia/ultnot/2007/03/21/ult4294u384.jhtm
  19. http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2006-02-24/ibge-revela-que-economia-brasileira-fechou-2005-com-crescimento-de-23
  20. http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u94918.shtml
  21. http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u93876.shtml
  22. http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=265&id_pagina=1
  23. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi2802200402.htm
  24. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi0104200403.htm
  25. http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2003-03-27/pib-brasileiro-somou-r-132-trilhao-em-2002
  26. http://noticias.uol.com.br/ultnot/economia/2007/03/21/ult1767u89016.jhtm
  27. http://www.frigoletto.com.br/GeoEcon/pibbrasil2001.htm
  28. http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2002-12-11/ibge-anuncia-crescimento-do-pib-em-2001
  29. http://www.frigoletto.com.br/GeoEcon/pibbrasil.htm
  30. http://www.brasilnews.com.br/News3.php?CodReg=1227&edit=Economia&Codnews=999
  31. http://www.bcb.gov.br/pec/boletim/banual99/rel1999cap1p.pdf
  32. http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,AA1495867-9356,00.html
  33. http://www.seplan.go.gov.br/sepin/pub/serieEB/Port/Rev27/03-tab05.htm
  34. http://www.acionista.com.br/graficos_comparativos/pib.htm
  35. http://www.bcb.gov.br/pec/boletim/banual97/banualc1.asp#introducao
  36. http://www.bcb.gov.br/pec/boletim/Banual96/banualc1.asp#introducao
  37. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1997/3/09/dinheiro/8.html
  38. http://www.bcb.gov.br/pec/boletim/Banual96/banualc1.asp#introducao
  39. Entenda o novo cálculo que aprimora e muda o tamanho do PIB. G1 (27/03/2015). Acesso em 28/03/2015.