Anexo:Lista de campeões mundiais de xadrez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O título de "Campeão Mundial de Xadrez" é algo recente, e o primeiro campeão oficial de xadrez reconhecido como tal é Wilhelm Steinitz, que deteve o título de 1866 a 1894. Entretanto, existem jogadores de renome no Xadrez há bem mais tempo, e alguns deles são creditados como sendo os melhores de seu tempo, sendo considerados, de certa forma, campeões mundiais.

Veja na tabela abaixo os campeões mundiais até Viswanathan Anand

Campeão Período Duração
Ruy López 1570 - 1575 5 anos
Gioacchino Greco 1622 - 1634 12 anos
Philidor 1745 - 1795 50 anos
Louis de la Bourdonnais 1834 - 1840 6 anos
Howard Staunton 1841 - 1851 10 anos
Adolf Anderssen 1851 - 1858 7 anos
Paul Morphy 1858 - 1863 5 anos
Wilhelm Steinitz 1866 - 1894 28 anos
Emanuel Lasker 1894 - 1921 27 anos
José Raúl Capablanca 1921 - 1927 6 anos
Alexander Alekhine 1927 - 1935 8 anos
Max Euwe 1935 - 1937 2 anos
Alexander Alekhine 1937 - 1946 9 anos
Mikhail Botvinnik 1948 - 1957 9 anos
Vasily Smyslov 1957 - 1958 1 ano
Mikhail Botvinnik 1958 - 1960 2 anos
Mikhail Tal 1960 - 1961 1 ano
Mikhail Botvinnik 1961 - 1963 2 anos
Tigran Petrosian 1963 - 1969 6 anos
Boris Spassky 1969 - 1972 3 anos
Bobby Fischer 1972 - 1975 3 anos
Anatoly Karpov 1975 - 1985 10 anos
Garry Kasparov 1985 - 2000 15 anos
Vladimir Kramnik 2000 - 2006 6 anos (campeão mundial pela PCA)
Veselin Topalov 2005 - 2006 1 ano (campeão mundial pela FIDE)
Vladimir Kramnik 2006 - 2007 1 ano (unificado)
Viswanathan Anand 2007 - 2011 4 anos

Os diversos "campeonatos mundiais"[editar | editar código-fonte]

Em 1993, a Professional Chess Association (PCA) foi criada por Garry Kasparov, então campeão mundial pela FIDE, e Nigel Short para a organização e marketing da série de partidas pelo título mundial.

Kasparov e Short acusaram a FIDE de falta de profissionalismo e favoritismo. Além disso, os dois recusaram ceder 25% dos prêmios para a FIDE. A FIDE retirou o título de Campeão Mundial de Xadrez de Kasparov e negou a Short o direito de desafiar Kasparov.

Em Outubro de 1993, o duelo entre Kasparov e Short aconteceu no Savoy Theatre de Londres. Kasparov ganhou claramente 12.5-7.5 e tournou-se Campeão Mundial PCA. Como a FIDE expulsara Kasparov e Short, Anatoly Karpov jogou contra Jan Timman pelo título mundial da FIDE, onde Karpov triunfou. Pela primeira vez na história do Xadrez havia dois campeões do mundo, o campeão mundial da FIDE Karpov e o campeão mundial PCA Kasparov.

Em 1995, Kasparov defendeu seu título PCA contra o grande mestre indiano Viswanathan Anand no World Trade Center, num match iniciado em 1 de Setembro de 1995. Kasparov ganhou o match de 20 partidas 10.5 - 7.5. A PCA acabou por deixar de existir por falta de patrocínio, quando a Intel deixou de subvencionar a associação, e quando Kasparov enfrentou Vladimir Kramnik em 2000, em Londres, já era sob a tutela de Braingames.

Kramnik ganhou o match 8.5-6.5, e pela primeira vez em 15 anos Kasparov não era detentor de nenhum título mundial. Ele foi o primeiro enxadrista a perder uma disputa pelo campeonato mundial sem ter ganhado nenhuma partida desde a derrota de Lasker para Capablanca em 1921.

Após esses matches, Kramnik se tornou o campeão mundial chamado de clássico, pois ganhou de Kasparov, que foi o último campeão mundial unificado. Enquanto isso, a FIDE organizava torneios para decidir os campeãos mundiais pela FIDE. Um desses torneios foi ganho por Veselin Topalov, em 2005.

Depois disso, a FIDE organizou um match entre Kramnik e Topalov, para unificar o título mundial.