Lista de campeões mundiais de xadrez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O título de "Campeão Mundial de Xadrez" é algo recente, e o primeiro campeão oficial de xadrez reconhecido como tal é Wilhelm Steinitz, que deteve o título de 1866 a 1894. Entretanto, existem jogadores de renome no Xadrez há bem mais tempo, e alguns deles são creditados como sendo os melhores de seu tempo, sendo considerados, de certa forma, campeões mundiais.[1]

Veja na tabela abaixo os campeões mundiais até Viswanathan Anand

Campeão Período Duração
Ruy López 1570 - 1575 5 anos
Gioacchino Greco 1622 - 1634 12 anos
Philidor 1745 - 1795 50 anos
Louis de la Bourdonnais 1834 - 1840 6 anos
Howard Staunton 1841 - 1851 10 anos
Adolf Anderssen 1851 - 1858 7 anos
Paul Morphy 1858 - 1863 5 anos
Wilhelm Steinitz 1866 - 1894 28 anos
Emanuel Lasker 1894 - 1921 27 anos
José Raúl Capablanca 1921 - 1927 6 anos
Alexander Alekhine 1927 - 1935 8 anos
Max Euwe 1935 - 1937 2 anos
Alexander Alekhine 1937 - 1946 9 anos
Mikhail Botvinnik 1948 - 1957 9 anos
Vasily Smyslov 1957 - 1958 1 ano
Mikhail Botvinnik 1958 - 1960 2 anos
Mikhail Tal 1960 - 1961 1 ano
Mikhail Botvinnik 1961 - 1963 2 anos
Tigran Petrosian 1963 - 1969 6 anos
Boris Spassky 1969 - 1972 3 anos
Bobby Fischer 1972 - 1975 3 anos
Anatoly Karpov 1975 - 1985 10 anos
Garry Kasparov 1985 - 2000 15 anos
Vladimir Kramnik 2000 - 2006 6 anos (campeão mundial pela PCA)
Veselin Topalov 2005 - 2006 1 ano (campeão mundial pela FIDE)
Vladimir Kramnik 2006 - 2007 1 ano (unificado)
Viswanathan Anand 2007 - 2011 4 anos
Magnus Carlsen 2012 - 2014 2 anos

Os diversos "campeonatos mundiais"[editar | editar código-fonte]

Em 1993, a Professional Chess Association (PCA) foi criada por Garry Kasparov, então campeão mundial pela FIDE, e Nigel Short para a organização e marketing da série de partidas pelo título mundial.

Kasparov e Short acusaram a FIDE de falta de profissionalismo e favoritismo. Além disso, os dois recusaram ceder 25% dos prêmios para a FIDE. A FIDE retirou o título de Campeão Mundial de Xadrez de Kasparov e negou a Short o direito de desafiar Kasparov.

Em Outubro de 1993, o duelo entre Kasparov e Short aconteceu no Savoy Theatre de Londres. Kasparov ganhou claramente 12.5-7.5 e tournou-se Campeão Mundial PCA. Como a FIDE expulsara Kasparov e Short, Anatoly Karpov jogou contra Jan Timman pelo título mundial da FIDE, onde Karpov triunfou. Pela primeira vez na história do Xadrez havia dois campeões do mundo, o campeão mundial da FIDE Karpov e o campeão mundial PCA Kasparov.

Em 1995, Kasparov defendeu seu título PCA contra o grande mestre indiano Viswanathan Anand no World Trade Center, num match iniciado em 1 de Setembro de 1995. Kasparov ganhou o match de 20 partidas 10.5 - 7.5. A PCA acabou por deixar de existir por falta de patrocínio, quando a Intel deixou de subvencionar a associação, e quando Kasparov enfrentou Vladimir Kramnik em 2000, em Londres, já era sob a tutela de Braingames.

Kramnik ganhou o match 8.5-6.5, e pela primeira vez em 15 anos Kasparov não era detentor de nenhum título mundial. Ele foi o primeiro enxadrista a perder uma disputa pelo campeonato mundial sem ter ganhado nenhuma partida desde a derrota de Lasker para Capablanca em 1921.

Após esses matches, Kramnik se tornou o campeão mundial chamado de clássico, pois ganhou de Kasparov, que foi o último campeão mundial unificado. Enquanto isso, a FIDE organizava torneios para decidir os campeãos mundiais pela FIDE. Um desses torneios foi ganho por Veselin Topalov, em 2005.

Depois disso, a FIDE organizou um match entre Kramnik e Topalov, para unificar o título mundial.

Referências

  1. Online Chess Database, Chessgames.com, acessado em 24 de novembro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.