Lista de clássicos da literatura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de livros clássicos da literatura, relacionando de forma cronológica obras que influíram e influem na cultura mundial ao longo do tempo, figurando dentre as que maior destaque obtiveram nas letras.[1] [2]

Um livro denominado clássico é aceito como tal ao ser considerado exemplar, seja ao ser listado em quaisquer cânones ocidentais ou através da opinião pessoal de um leitor. O termo "livro clássico" em si relaciona-se intimamente ao Cânone Ocidental e a várias listas de leituras básicas de colégios e universidades. O questionamento do que torna um livro um clássico, e por que livros clássicos devem ser lidos, foi abordado por autores como Italo Calvino, Mark Twain, Charles Augustin Sainte-Beuve , Ezra Pound e Schopenhauer.[3] [4] [5]

Antiguidade Clássica[editar | editar código-fonte]

Literatura greco-romana:[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Ilíada Homero c. séc.VIII a.C.
Odisseia Homero c. séc. VIII a.C.
Histórias Heródoto de Halicarnasso c. 440 a.C.
História da Guerra do Peloponeso Tucídides
Édipo Rei Sófocles 427 a.C.
A República Platão c. séc.III a.C.
Ética a Nicômaco Aristóteles
Satiricon Petrônio 60
Metamorfoses Ovídio 14
A Arte de Amar Ovídio 1 a.C. - 1
Vidas Paralelas Plutarco
Eneida Virgílio

Literatura oriental:[editar | editar código-fonte]

Índia[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Ramayana Valmiki c. 100
Mahabharata Vyasa 540 a 300 a.C.

China[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Tao Te Ching Lao Tzu c. 600 a.C.
Analectos Confúcio
Arte da Guerra Sun Tzu

Japão[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Kojiki ou Furukotofumi Ō no Yasumaro 680
Nihonshoki Toneri Shinnō et allii. 720

Idade Média e Renascença[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Confissões Agostinho de Hipona 397-398
Suma Teológica Tomás de Aquino Século XIII
Decamerão Boccaccio 1348 a 1353
A Divina Comédia Dante Alighieri 1307 a 1321
O Príncipe Maquiavel 1512
Dom Quixote Cervantes 1605 e 1615
Hamlet Shakespeare c. 1600-02
Elogio da Loucura Erasmo de Roterdã 1509

Clássicos pós-Renascença[editar | editar código-fonte]

Com a difusão da imprensa, e o aumento da produção literária, a partir do século XVII, diversas obras foram publicadas, revelando gênios da literatura dentre os vários povos. As principais obras, desde então, por país:

Alemanha[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Os Sofrimentos do Jovem Werther Goethe 1774
A montanha mágica Thomas Mann 1912
Sidarta Hermann Hesse 1922

França[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
O pequeno príncipe Antoine de Saint-Exupéry 1943
Madame Bovary Gustave Flaubert 1857
O Vermelho e o Negro Stendhal 1830
Em busca do tempo perdido Marcel Proust 1913 a 1927
O Corcunda de Notre-Dame Victor Hugo 1831
Os Miseráveis Victor Hugo 1862
Os Trabalhadores do Mar Victor Hugo 1866
Os Três Mosqueteiros Alexandre Dumas (pai) 1844
O Conde de Monte Cristo Alexandre Dumas (pai) 1844
As Flores do Mal Charles Baudelaire 1857
Cândido ou O Otimismo Voltaire 1635
Zadig Voltaire 1747
A Comédia Humana Honoré de Balzac 1842

Rússia[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Crime e castigo Fiódor Dostoiévski 1866
Os Irmãos Karamazov Fiódor Dostoiévski 1880
Os Demônios Fiódor Dostoiévski 1872
Memórias do Subsolo Fiódor Dostoiévski 1864
O Idiota Fiódor Dostoiévski 1869
Almas Mortas Nikolai Gogol 1842
Eugene Onegin Alexander Pushkin 1825 a 1832
Guerra e Paz Liev Tolstói 1865 a 1869
Ana Karênina Liev Tolstói 1877

Literatura da língua inglesa[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data País
Walden Henry David Thoreau 1854 EUA
Entrevista com o vampiro Anne Rice 1976 EUA
Ulisses James Joyce 1922 Irlanda
O Retrato de Dorian Gray Oscar Wilde 1890 Irlanda
O Velho e o Mar Ernest Hemingway 1952 EUA
Paris é uma festa Ernest Hemingway 1964 EUA
O Grande Gatsby F. Scott Fitzgerald 1925 EUA
As Aventuras de Tom Sawyer Mark Twain 1876 EUA
Huckleberry Finn Mark Twain 1885 EUA
Moby Dick Herman Melville 1851 EUA
Admirável Mundo Novo Aldous Huxley 1932 Inglaterra
Orgulho e Preconceito Jane Austen 1813 Inglaterra
1984 George Orwell 1948 Inglaterra
A Revolução dos Bichos George Orwell 1945 Inglaterra
A ilha do tesouro Robert Louis Stevenson 1883 Inglaterra
Robinson Crusoé Daniel Defoe 1719 Inglaterra
O Senhor dos Anéis J. R. R. Tolkien 1954 a 1955 Inglaterra
O Hobbit J. R. R. Tolkien 1937 Inglaterra
As Crônicas de Nárnia C. S. Lewis 1950 a 1956 Inglaterra
O Senhor das Moscas William Golding 1954 Inglaterra
O Apanhador no Campo de Centeio J. D. Salinger 1951 EUA
Laranja Mecânica Anthony Burgess 1962 Inglaterra
Fahrenheit 451 Ray Bradbury 1953 EUA

Outros[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data País
Gitanjali Rabindranath Tagore Índia
O Processo Franz Kafka 1925 República Checa
O Aleph Jorge Luís Borges 1949 Argentina
A Peste Albert Camus 1947 Argélia
O Diário de Anne Frank Anne Frank 1945 Holanda

Literatura da língua portuguesa[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Auto da Barca do Inferno Gil Vicente 1517
Os Lusíadas Camões 1572
Eurico, o Presbítero Alexandre Herculano 1844
Viagens na Minha Terra Almeida Garrett 1846
Os Maias Eça de Queirós 1878
Sonetos Antero de Quental 1886
Amor de Perdição Camilo Castelo Branco 1862
Mensagem Fernando Pessoa 1934
Sermões Pe. António Vieira 1654
Memorial do Convento José Saramago 1982

Brasil[editar | editar código-fonte]

Título Autoria Data
Memórias de um sargento de milícias Manuel Antônio de Almeida 1852
Iracema José de Alencar 1865
Dom Casmurro Machado de Assis
Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis
Triste Fim de Policarpo Quaresma Lima Barreto
Os Sertões Euclides da Cunha 1902
Libertinagem Manuel Bandeira 1930
Grande Sertão: Veredas Guimarães Rosa 1956
Macunaíma Mário de Andrade 1928
Vidas Secas Graciliano Ramos 1938
O Quinze Rachel de Queiroz 1930
O Tempo e o Vento Érico Verissimo 1949 a 62
A Paixão segundo G.H. Clarice Lispector 1964
Olhai os lírios do campo Érico Verissimo 1938


Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Nota: obras específicas sobre ciência, religião, filosofia, não se enquadram nesta lista - salvo as da Antigüidade, quando os temas não se diferenciavam.
  2. Originalmente, seguiu-se uma classificação sugerida na obra "50 Clássicos que não podem faltar na sua biblioteca", da editora e crítica Jane Gleeson-White, Verus Editora Conheça os 50 maiores clássicos da literatura mundial Folha de São Paulo (29/01/2010). Visitado em 19/6/2010.
  3. Calvino, The Uses of Literature: Essays (p. 128, p. 130) Harcourt, Brace & Company
  4. Twain, Mark Twain’s Speeches, p. 194
  5. Literary and Philosophical Essays - 1909–14 - Vol. 32 - The Harvard Classics

lembrando, c h u m b e muito mesmo


Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.