Anexo:Lista de deuses mitológicos na DC Comics

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este anexo ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde março de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.

O universo fictício dos quadrinhos da DC Comics, especialmente os relacionados a Mulher-Maravilha, apresentam alguns correspondentes de deuses mitológicos, que são catalogados abaixo, junto com suas proezas dentro do Universo DC. Note que nem sempre eles se comportam ou são retratados na DC como suas contrapartes na mitologia. Se procura saber sobre a ação de deuses e entidades com história e enredo ligado unicamente ao Universo DC veja Anexo:Lista de deuses fictícios e entidades na DC Comics

Panteão grego[editar | editar código-fonte]

Titãs[editar | editar código-fonte]

Os Titãs são responsáveis pelo treinamento de Donna Troy. Tróia, quando Moça-Maravilha, batizou seu grupo de Novos titãs em homenagem a estes Titãs. Os Titãs lendários são:

  • Oceano, a personificação dos mares;
  • Céos, titã da inteligência;
  • Krios, representação os seres marítimos;
  • Hiperião, personificação do sol;
  • Jápeto, titã que teve filhos mortais;
  • Cronos, a divindade suprema, antecessor de Zeus;
  • Teia;
  • Reia, esposa de Cronos que com ele gerou os Deuses olímpicos;
  • Têmis, a titânide da Justiça;
  • Mnemósine, titânide da memória;
  • Febe, a personificação da lua;
  • Tétis, a personificação a fecundidade da água, que alimenta os corpos e forma a seiva da vegetação;
  • Atlas, concede sua resistência ao Capitão Marvel.
  • Selene, no Pré-Crise, concedia sua graça a Mary Marvel.
  • Hécate: A deusa da bruxaria foi esposa para Hades até que este a trocou por Perséfone. Circe ganhou os poderes de Hécate após a deusa ter desistido do Olimpo, dadas suas humilhações perante seu ex-marido Hades, que havia tomado Perséfone. Circe ficou com o poder de Hécate e sua imortalidade, e a deusa desapareceu.

Panteão olímpico[editar | editar código-fonte]

As deusas do Olimpo são responsáveis pela criação das amazonas, o povo da Mulher-Maravilha.

Pouco tempo depois do evento Lendas, O panteão deixou o Monte Olimpo original e retirou-se para criar um novo lar em outra dimensão; nesse meio tempo, Darkseid tentou conquistar o Olimpo, mas foi frustrado por Mulher-Maravilha e Superman. As leis físicas da Terra não se aplicam ao Olimpo: lá, a gravidade age de modo estranho, então você pode tranquilamente andar nas paredes e teto; Superman viu as próprias costas quando tentou usar visão raio-x no Olimpo. O Olimpo original foi destruído pelo próprio Panteão, que refletiu seu poder nos braceletes de Mulher Maravilha.

  • Zeus: tentou seduzir em vão a Mulher-Maravilha; é um dos deuses que formam a palavra SHAZAM; o poder de Zeus que é um dos atributos do Capitão Marvel. Consegue se fundir a Júpiter, Ares, Izaya, o Pai Celestial e Odin a fim de se tornar a entidade conhecida como o Uno. É o pai de Cassandra Sandsmark.
  • Hera: esposa de Zeus e deusa do casamento, vista recentemente discutindo com o marido sobre suas traições.
  • Hades: durante a Crise nas Infinitas Terras aliou-se a Ares e o Antimonitor a fim de tentar destruir os deuses do Olimpo; no Pós-Crise, é representado por George Pérez como um deus calmo, de aparência comum.
  • Héstia: uma das deusas que criaram as amazonas.
  • Deméter: uma das deusas que criaram as amazonas.
  • Poseidon: deus dos mares.
  • Afrodite: No final de Crise nas Infinitas Terras, a Mulher-Maravilha recebeu uma rajada do Antimonitor, que involuiu seu corpo de modo que retornou no tempo, voltando a ser barro da Ilha Paraíso. Um último tributo a Mulher-Maravilha Pré-Crise foi vista em Legend of Wonder Woman, mini-série escrita por Kurt Busiek, 1986. Nesta saga, as amazonas se reúnem perante Hipólita, que conta uma aventura de Diana que houve antes de sua "morte". Ao final, a deusa Afrodite aparece, e diz que estava usando seu poder para manter esta versão pré-crise da Ilha Paraíso e suas habitantes a parte das mudanças causadas pela Crise nas Infinitas Terras; Hipólita diz que não deseja isso. Afrodite então atende seu pedido, eliminando os escudos místicos sobre a ilha. A ilha e as amazonas pré-crise começam a se dissolver, como se nunca tivessem existido. Como um último súplicio, Afrodite as transforma em estrelas. Todas as memórias e existência desta versão da Ilha-Paraíso, assim como a Mulher-Maravilha do Pré-Crise, deixam de existir…

No Pós-crise, porém, o papel de Afrodite relegou-se a ser uma das deusas que criaram as amazonas. É dito que Mulher Maravilha tem a beleza de Afrodite.

  • Apolo: deus das artes.
  • Ares: principal antagonista da Mulher Maravilha, já tentou destruir a humanidade por meio da guerra. No Pré-Crise, era representado como barbado; no Pós-crise, ele tem um elmo sombrio com chifres que só permite enxergar seus olhos.
  • Ártemis: uma das deusas que criaram as amazonas.
  • Atena: uma das deusas que criaram as amazonas. É dito que Mulher-Maravilha tem uma parcela da sabedoria de Atena.
  • Hermes: age como um arauto entre o Olimpo e as amazonas; foi capturado e torturado por Darkseid quando este invadiu o antigo Olimpo. Teve seus poderes temporariamente extirpados certa vez, sendo um alvo do herói louco Rastejante. É dito que Mulher-Maravilha tem uma parcela da velocidade de Hermes.
  • Hefesto: ferreiro dos deuses; confeccionou o laço e os braceletes da Mulher Maravilha a partir do cinturão de Gaia.
  • Dionísio: mostrado como um deus alegre, sempre distribuindo bebida.
  • Héracles: tendo dominado e estuprado Hipólita, a mãe da Mulher Maravilha, para tomar-lhe o cinto, foi condenado a tornar-se pedra no Hades; Mulher Maravilha o libertou, mas este ainda ficou sustentando a Ilha Paraíso como punição. Mulher Maravilha e os deuses do Olimpo por fim o libertaram e ele acendeu ao Olimpo. É dito que Mulher-Maravilha tem uma parcela da força de Herácles.

Divindades olímpicas menores[editar | editar código-fonte]

Heróis e vilões gregos[editar | editar código-fonte]

Panteão romano[editar | editar código-fonte]

No Universo DC, os panteões grego e romano COEXISTEM.

A maioria dos deuses romanos emprestam seus poderes a John Man, conhecido como O Filho de Vulcano.

Panteão egípcio[editar | editar código-fonte]

  • Amon: a força de Amon é um dos atributos de Adão Negro.
  • Aton: o poder de Aton é um dos atributos de Adão Negro.
  • Shu: sua resistência é um dos atributos de Adão Negro.
  • Hórus (ou Heru): sua velocidade é um dos atributos de Adão Negro.
  • Tot (ou Zehuti): sua sabedoria é um dos atributos de Adão Negro.
  • Bes: visto na saga Estação das brumas, de Sandman, onde os deuses egípcios também almejavam a Chave do Inferno.
  • Bastet: vista na saga Estação das brumas, de Sandman, onde os deuses egípcios também almejavam a Chave do Inferno. Bastet quis negociar a Chave com Morfeus por tentar revelar o paradeiro de Destruição, um dos Perpétuos.
  • Ísis: concede poderes a heroína Ísis.
  • Anúbis: visto na saga Estação das brumas, de Sandman. Um dos artefatos do Sr. Destino é o amuleto de Anúbis. O herói tomou o artefato de Khalis, um sacerdote de Anúbis que anos mais tarde retornaria como uma múmia para se vingar.

Panteão nórdico[editar | editar código-fonte]

O Universo DC também possui, assim como a Marvel Comics, seu correspondente do Panteão Nórdico, embora eles raramente apareçam. Diversos deuses nórdicos foram vistos em Last Days of Justice Society, numa duplicata do Ragnarok mais tarde sendo revelada como criada por Odin. Os Aesir desse simulacro foram incorporados pelos membros da Sociedade da Justiça.

  • Odin: criou uma duplicata de Ragnarok, dentro duma esfera. Odin foi visto na saga Estação das brumas, de Sandman, onde os deuses nórdicos também almejavam a Chave do Inferno. Odin quis negociar a Chave com Morfeus pela esfera do Ragnarok. Acontece que o Wesley Dodds estava preso dentro da esfera junto com outros membros da Sociedade da justiça, e Wesley Dodds tinha uma parcela da alma de Morfeus que ele não possuía.
  • Thor: visto na saga Estação das brumas, de Sandman, onde os deuses nórdicos também almejavam a Chave do Inferno. Thor foi retratado como um gigantesco guerreiro de cabelo e barba ruiva. Aparentemente, sua contraparte da Marvel é bem mais inteligente…
  • Valquírias: As Valquírias foram evocadas por Adolf Hitler usando a Lança do destino para destruir a Sociedade da Justiça. Uma delas, Gudra, ficou em nosso plano dimensional, onde fez parte do grupo vilanesco Eixo Amérika.
  • Loki: visto na saga Estação das brumas, de Sandman. Matou e tomou a aparência de Susano-o-no-mikoto, deus xintoísta das tempestades, tudo porque não gostava de "deuses tempestuosos". Loki também teve certo papel na morte do Morfeus, quando sequestrou Daniel, o filho de Lyta Trevor. Morfeus foi usado como bode expiatório e morto (uma espécie de) pelas Fúrias da mitologia.
  • Surtur: O gigante do fogo habita a duplicata do Ragnarok criada por Odin, e a Sociedade da Justiça passou anos o enfrentando.

Panteão hebreu[editar | editar código-fonte]

Humanos[editar | editar código-fonte]

anjos[editar | editar código-fonte]

  • Hoste dos touros: A hoste dos Touros era chefiada pelo anjo Asmodel, que rebelou-se.
  • Hoste das águias: Zauriel foi um anjo desta hoste.

demônios[editar | editar código-fonte]

  • Abaddon, o destruidor: evocado por Felix Fausto em Justice League of America (versão 1) #49 quando o mago acidentalmente criou uma duplicata de si. Capitão Marvel também enfrentou um Abaddon em World Finest Comics #?.
  • Belial: Um dos integrantes do triunvirato do Inferno e pai de Etrigan.
  • Belzebu: Um dos integrantes do triunvirato do Inferno.
  • Lúcifer: Um dos integrantes do triunvirato do Inferno, Lúcifer é um personagem ativo dentro do Universo DC/Vertigo. Para maiores detalhes, veja Lúcifer.

Panteão xintoísta[editar | editar código-fonte]

  • Susano'o-no-mikoto (também conhecido como Susanowo) visto na saga Estação das brumas, de Sandman, onde os deuses nipônicos também almejavam a Chave do Inferno. Foi aparentemente morto por Loki, que tomou sua aparência (Interessante que este mesmo deus aparece vivo, tempos depois, em história de Lúcifer).

Orixás[editar | editar código-fonte]

Alguns dos orixás apareceram em Guerra dos Deuses.

Panteão asteca/maia[editar | editar código-fonte]

Algumas das divindades astecas apareceram em Guerra dos Deuses.

  • Tezcatlipoca: combateu Mulher-Maravilha em Wonder Woman Vol. 1 #314.

Panteão babilônico[editar | editar código-fonte]

Panteão Celta[editar | editar código-fonte]