Lista de unidades federativas do Brasil por incidência da pobreza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa dos estados brasileiros por porcentagem de extrema pobreza em 2010.
  até 6%
  + 6%
  + 12%
  + 18%
  + 24%
  + 30%

Este anexo contém uma lista de unidades federativas do Brasil por incidência da pobreza, índice que representa o percentual de habitantes que estavam abaixo da linha de pobreza, que é igual a R$ 70,00 per capita ao mês, com base no valor proposto pelo Banco Mundial.[1] [2]

O Brasil é uma república federativa formada pela união de 26 estados federados, além do Distrito Federal. Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010 o estado com a menor incidência de pobreza extrema era Santa Catarina, com apenas 1,7% da população vivendo abaixo da linha de pobreza. Em contrapartida, está o Maranhão, o estado com maior incidência, com mais de 26% de sua população vivendo na pobreza.[1]

Nas últimas décadas houve no Brasil uma evolução positiva dos indicadores sociais do país, especialmente em relação ao aumento da expectativa de vida, queda da mortalidade infantil, acesso a saneamento básico, coleta de lixo e diminuição da taxa de analfabetismo. Apesar da melhora desses índices, há nítidas diferenças regionais, especialmente em relação ao nível de renda.[3]

Unidades federativas do Brasil por incidência da pobreza[editar | editar código-fonte]

Posição UF Extrema

pobreza
(%)[1]

País

comparável

1  Santa Catarina 1,7%  Chile
2  Distrito Federal 1,9%  Uruguai
3  São Paulo 2,7%  Albânia
4  Rio Grande do Sul 2,9%  Moldávia
5  Paraná 3,0%  Moldávia
6  Goiás 3,7%  Argentina
7  Rio de Janeiro 3,9%  Argentina
8  Espírito Santo 4,3%  Arménia
9  Minas Gerais 4,7%  México
10  Mato Grosso do Sul 5,0%  Trinidad e Tobago
11  Mato Grosso 5,9%  República Dominicana
12  Rondônia 7,9%  El Salvador
13  Tocantins 11,9%  Guiana
14  Amapá 12,8%  Peru
15  Rio Grande do Norte 13,0%  Panamá
16  Sergipe 15,3%  Guatemala
17  Pernambuco 16,1%  Geórgia
18  Paraíba 16,3%  Geórgia
19  Bahia 17,7%  Colômbia
20  Roraima 17,9%  Colômbia
21  Ceará 18,4%  Nicarágua
22  Acre 18,9%  China
23 Pará Pará 19,2%  Honduras
24  Amazonas 19,3%  Honduras
25  Alagoas 20,5%  Santa Lúcia
26  Piauí 21,6%  Filipinas
27  Maranhão 26,3%  África do Sul

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c O Globo (3 de maio de 2011). Bahia tem 2,4 milhões de pessoas em extrema pobreza, diz governo. Visitado em 16 de maio de 2013. Cópia arquivada em 16 de maio de 2013.
  2. Cláudia Andrade (3 de maio de 2011). Governo define linha de pobreza abaixo dos R$ 70 por mês Jornal do Brasil. Visitado em 16 de maio de 2013. Cópia arquivada em 16 de maio de 2013.
  3. Vasconcellos, Marco Antonio Sandoval de; Gremaud, Amaury Patrick; Toneto Júnior, Rudinei Toledo. Economia Brasileira Contemporânea. 3ª edição. São Paulo: Atlas, 1999. p.66-81

Ligações externas[editar | editar código-fonte]