Anexo:Lista de países por Índice de Desenvolvimento Humano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa-múndi indicando o Índice de Desenvolvimento Humano (baseado em dados de 2013, publicados em 24 de julho de 2014)[1]
  acima de 0,900
  0,850–0,899
  0,800–0,849
  0,750–0,799
  0,700–0,749
  0,650–0,699
  0,600–0,649
  0,550–0,599
  0,500–0,549
  0,450–0,499
  0,400–0,449
  0,350–0,399
  0,300–0,349
  abaixo de 0,300
  Sem dados
Mapa-múndi indicando o Índice de Desenvolvimento Humano (2013):
  Muito alto
  Alto
  Médio
  Baixo
  Sem dados

Esta é uma lista de países ordenada por Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) como incluída no Relatório de Desenvolvimento Humano de 2014 do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), da Organização das Nações Unidas (ONU), compilado com base em dados de 2013 e publicada no dia 24 de julho de 2014.[1] Cobre 185 Estados-membros das Nações Unidas (dentre os 192), além de Hong Kong (que é região administrativa especial da República Popular da China) e da Autoridade Nacional Palestina (que é um Estado observador da organização). Alguns países-membros da Organização das Nações Unidas não são incluídos devido à falta de dados. Os índices médios dos continentes, regiões e grupos de países são incluídos igualmente para comparação.

O Índice de Desenvolvimento Humano é uma medida comparativa de riqueza, alfabetização, educação, esperança de vida, natalidade e outros fatores para os diversos países do mundo. É uma maneira padronizada de avaliação e medida do bem-estar de uma população, especialmente bem-estar infantil. É usado para distinguir se o país é desenvolvido, em desenvolvimento ou subdesenvolvido, e para medir igualmente o impacto de políticas econômicas na qualidade de vida. O índice foi desenvolvido em 1990 pelo economista paquistanês Mahbub ul Haq[2] e pelo economista indiano Amartya Sen.[3]

Lista completa dos países[editar | editar código-fonte]

  • Aumento = aumento;
  • Estável = estável;
  • Baixa = perda;
  • Os valores similares do IDH na lista atual não conduzem a relações classificatórias, já que a classificação do IDH é realmente determinada usando valores do IDH ao sexto ponto decimal.
  • A revisão do índice foi divulgada em 24 de julho de 2014, com dados referentes ao ano de 2013;
  • Os números colocados entre parênteses representam a diferença entre as posições relativas aos dados de 2012. Os dados de referência para 2012 são diferentes dos publicados no relatório anterior devido à mudança na forma de cálculo do índice. Assim, os dados publicados anteriormente para 2012 não podem ser diretamente comparados com os dados de 2012 do último relatório. A comparação é feita entre os dados de 2012 e de 2013 constantes no último relatório.[4] [1]

Desenvolvimento humano muito alto[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento humano alto[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento humano médio[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento humano baixo[editar | editar código-fonte]

Lista de países por continentes[editar | editar código-fonte]

África[editar | editar código-fonte]

América[editar | editar código-fonte]

Ásia e Oceania[editar | editar código-fonte]

Europa[editar | editar código-fonte]

Lista de países por regiões não-continentais[editar | editar código-fonte]

Liga Árabe[editar | editar código-fonte]

União Europeia[editar | editar código-fonte]

Leste Asiático e Pacífico[editar | editar código-fonte]

América Latina[editar | editar código-fonte]

Oriente Médio e Norte da África[editar | editar código-fonte]

Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico[editar | editar código-fonte]

Organização dos Países Exportadores de Petróleo[editar | editar código-fonte]

IDH por regiões e grupos[editar | editar código-fonte]

Países que não constaram no último relatório[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Como a ONU não reconhece a República da China (ROC) como um Estado, o relatório do IDH não inclui dados de "Taiwan, Província da China" (o termo usado pela ONU para se referir ao domínio da República Popular da China; ver o estatuto da República da China). O governo da ROC seu IDH é calculado a partir de 2005 a 0,932 com base nos seguintes dados: a expectativa de vida de 77,4 anos, taxa de alfabetização de adultos de 97,3%, taxa de escolarização bruta combinada dos 100%, e o PIB per capita (PPP) de US$ 28.552.[8]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD): Human Development Report 2014 (em inglês) (24 de julho de 2014). Página visitada em 24 de julho de 2014.
  2. História do Relatório do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Página visitada em 26 de março de 2009.
  3. About HDRO (em inglês) Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2006). Página visitada em 2006-10-30.
  4. Frequently Asked Questions (FAQs) about the Human Development Index (HDI) - Perguntas 1 e 6
  5. 2011 Human Development Report United Nations Development Programme. Página visitada em 2 de novembro de 2011.
  6. The 2013 Human Development Report – "The Rise of the South: Human Progress in a Diverse World" 144–147 pp. HDRO (Human Development Report Office) United Nations Development Programme. Página visitada em 2 de março de 2013.
  7. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an Filling Gaps in the Human Development Index, United Nations ESCAP, February 2009
  8. National Statistics, R.O.C. (Taiwan) (PDF) (em chinês) Directorate General of Budget, Accounting and Statistics, Executive Yuan, R.O.C. (2006). Página visitada em 24 de fevereiro de 2008.
  9. A ONU não calcula o IDH de Macau. O governo de Macau calcula seu próprio IDH.Macau in Figures, 2013
  10. Human Development Report - Kosovo 2012 UNDP (2012). Página visitada em 14 de dezembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • [[1] Ranking do IDH] Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2010). Página visitada em 4 de novembro de 2010.