Anexo:Lista de palavras do vocabulário Jeje-Ewe-Fon-Mina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Distribuição da língua fon, em lilás

Lista de palavras do vocabulário Jeje-Ewe-Fon-Mina ajiosan

EWE[editar | editar código-fonte]

A ortografia usa o alfabeto seguinte:

língua ewe (jeje)
A a B b D d Ð ɖ E e Ɛ ɛ F f Ƒ ƒ G g Ɣ ɣ H h I i J j K k L l M m N n Ŋ ŋ O o Ɔ ɔ P p R r S s T t U u ũ V v Ʋ ʋ W w X x Y y Z z

achólupêle - soldados, guerreiros
agrusa - porco
Ahougan - sacerdote feito de Vodum
ahuan - guerra, batalha
Ayidohwedo ( aidô-ruêdo) - ARCO-ÍRIS
aigry (aigri) - pedras que representam o excremento de Dan e são deixadas por ele no chão, à sua passagem; di­zem que elas valem peso de ouro. Um mito nos conta que os excrementos de Dan transformam os grãos de milho em bú­zios.
aikungumã - terra (aiye)
akututos - ancestrais, egungum
arã-sêssê - ÁLCOOL
ason (assôm) - chocalho feito com uma cabaça e com as vertebras de cobra.
atinçá - arvores, folhas
Avun - cachorro

Bakonos - sacerdote de Fa
bakuxé - prato de barro
bejereçu cerimônia de matança
bò - cabra ou cabrito
Bochiô - forma, escultura

catraio - galinha da angola
có - barro

dahun - conjunto de 3 tambores brancos paramentados com rafia lilás.
Dan Wedo - Deus do arco-íris, arco-íris
Degi - ar
Djenukom - céu (orum)
djóom - vento
Djidji (djídjí) - abaixar
djizônukon - tempestade
Duwe - dança

eché - passaro
Eku - Deus da Morte
ekúchomê - cemitério
esin - água
Ekùs - alma, egum
Ete - que
ezim - água

Gan guhi (gam gurri) - amolar a faca
Guhê - sol
Guhê-du - sol negro
Guhemê - meio-dia

humahuan - campo de batalha (guerra)
Humahuane - guerra, campo de batalha
hou - mar
Husi - cauda

Ifé (ifé) - amor
Iku - morte
Iwa (iuá) - ajoelhar

jeçuçu - doce
jevivi - salgada
jo - deixar
Johon - vento

yan - fio de contas

Lam (lãm) - animal, carne

Mikan - salve!
Moli (môli) - argolas, aros

Na - uma (artigo)
Nhû - corpo físico
nivu - bezerro

Oku - morto, cadáver
ôtan - lago, lagoa

Kanlin (canlim) - animal
klamklam - borboleta (pronuncia-se kunlamkunlam)
Klamklamle - borboletas
kôkôlo - galinha
Kolomen (côlômem) - armadilha
kpame - doentes, enfermos
kpe-izó - pedra de fogo
kpo - pote
kuentó - kuentó

ronco - quarto sagrado de iniciação
runbono - primeiro filho iniciado na Casa Jeje
rundeme - quarto onde fica os Voduns
runjebe - colar de contas sagrado de jeje dado na iniciação

sabaji - quarto sagrado onde fica os assentos dos Voduns
sarapocã - cerimônia feita 07(sete) dias antes da festa pública de apresentação do(a) iniciado(a) no Jeje
sidagã - auxiliar da Dagã na Cerimônia a Legba
Sofo - sacerdotisa feita de Vodum
sum - lua

takara - arma que Dan tras nas mãos, parecendo um pequena espada, com feitio próprio.
tó - banho
tódôum - rio
Touboumé - reino
traken ou draka - ferramenta pequena que Dan tras nas mãos

uhui - peixe

Vodunos - sacerdotes
vodunsis - feitos de Voduns (yao)

zandro - cerimônia Jeje
zerrin - ritual fúnebre Jeje
zó ou izó - fogo

FON[editar | editar código-fonte]

língua fon (jeje)
achólupêle - soldados, guerreiros
agrusa - porco
Ahougan - sacerdote feito de Vodum
ahuan - guerra, batalha
Ayidohwedo ( aidô-ruêdo) - ARCO-ÍRIS
aigry (aigri) - pedras que representam o excremento de Dan e são deixadas por ele no chão, à sua passagem; di­zem que elas valem peso de ouro. Um mito nos conta que os excrementos de Dan transformam os grãos de milho em bú­zios.
aikungumã - terra (aiye)
akututos - ancestrais, egungum
arã-sêssê - ÁLCOOL
ason (assôm) - chocalho feito com uma cabaça e com as vertebras de cobra.
atinçá - arvores, folhas
Avun - cachorro

Bakonos - sacerdote de Fa
bakuxé - prato de barro
bejereçu cerimônia de matança
bò - cabra ou cabrito
Bochiô - forma, escultura

catraio - galinha da angola
có - barro

dahun - conjunto de 3 tambores brancos paramentados com rafia lilás.
Dan Wedo - Deus do arco-íris, arco-íris
Degi - ar
Djenukom - céu (orum)
djóom - vento
Djidji (djídjí) - abaixar
djizônukon - tempestade
Duwe - dança

eché - passaro
Eku - Deus da Morte
ekúchomê - cemitério
esin - água
Ekùs - alma, egum
Ete - que
ezim - água

Gan guhi (gam gurri) - amolar a faca
Guhê - sol
Guhê-du - sol negro
Guhemê - meio-dia

humahuan - campo de batalha (guerra)
Humahuane - guerra, campo de batalha
hou - mar
Husi - cauda

Ifé (ifé) - amor
Iku - morte
Iwa (iuá) - ajoelhar

jeçuçu - doce
jevivi - salgada
jo - deixar
Johon - vento

yan - fio de contas

Lam (lãm) - animal, carne

Mikan - salve!
Moli (môli) - argolas, aros

Na - uma (artigo)
Nhû - corpo físico
nivu - bezerro

Oku - morto, cadáver
ôtan - lago, lagoa

Kanlin (canlim) - animal
klamklam - borboleta (pronuncia-se kunlamkunlam)
Klamklamle - borboletas
kôkôlo - galinha
Kolomen (côlômem) - armadilha
kpame - doentes, enfermos
kpe-izó - pedra de fogo
kpo - pote
kuentó - kuentó

ronco - quarto sagrado de iniciação
runbono - primeiro filho iniciado na Casa Jeje
rundeme - quarto onde fica os Voduns
runjebe - colar de contas sagrado de jeje dado na iniciação

sabaji - quarto sagrado onde fica os assentos dos Voduns
sarapocã - cerimônia feita 07(sete) dias antes da festa pública de apresentação do(a) iniciado(a) no Jeje
sidagã - auxiliar da Dagã na Cerimônia a Legba
Sofo - sacerdotisa feita de Vodum
sum - lua

takara - arma que Dan tras nas mãos, parecendo um pequena espada, com feitio próprio.
tó - banho
tódôum - rio
Touboumé - reino
traken ou draka - ferramenta pequena que Dan tras nas mãos

uhui - peixe

Vodunos - sacerdotes
vodunsis - feitos de Voduns (yao)

zandro - cerimônia Jeje
zerrin - ritual fúnebre Jeje
zó ou izó - fogo