Lista de personagens da série Sorrow de Castlevania

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cosplay do personagem principal da série, Soma Cruz.

Esta é uma lista de personagens dos jogos de aventura/ação/plataforma Castlevania: Aria of Sorrow e Castlevania: Dawn of Sorrow, parte da série Castlevania da Konami. Os jogos se passam nos anos de 2035 e 2036 respectivamente e a história de cada um deles se passa ao redor dos efeitos da morte do Dracula, o antagonista primário da série Castlevania, sobre o mundo. Aria of Sorrow traz em seu enredo a profecia de a reencarnação do Conde Dracula herdar todos os seus poderes, sendo esta a razão primária dos personagens do jogo estarem presentes no castelo do Conde. Dawn of Sorrow acontece um ano depois, com novos antagonistas tentando reviver o senhor das trevas já que tal não conseguiu fazê-lo em Aria of Sorrow.

O personagem principal primário e protagonista de ambos os jogos é Soma Cruz, um estudante transferido que possui um poder misterioso que é conectado à morte do Dracula. Os personagens secundários incluem Mina Hakuba, amiga íntima de infância de Soma e a miko do santuário Hakuba; Genya Arikado, um misterioso agente do governo especializado em eventos super-naturais; Julius Belmont, o último membro do clã Belmont apresentado que participa da série; Yoko Belnades, uma bruxa energética e positiva a serviço da Igreja Católica; e Hammer, um membro das Forças Armadas dos Estados Unidos da América que almeja tornar-se um vendedor de materiais militares. Em Aria of Sorrow, o antagonista é Graham Jones, um missionário que acredita que ele seja a reencarnação do Lorde Dracula e almeja herdar seus poderes. Em Dawn of Sorrow, os antagonistas são Celia Fortner, Dmitrii Blinov, e Dario Bossi, membros de um culto que desejava criar um novo lorde das trevas na ausência do Dracula.

Em Aria of Sorrow, os designs dos personagens foram feitos por Ayami Kojima de acordo com os desejos do produtor Koji Igarashi de tomar "uma rota diferente" a respeito da série em Aria of Sorrow.[1] Em Dawn of Sorrow, contudo, Ayami Kojima não fez parte do time de desenvolvimento e os personagens foram feitos num estilo anime,[2] o que foi altamente criticado por várias publicações de videogame.[3] Apesar disto, os personagens foram também elogiados por várias outras publicações de videogame. Apesar de muitos autores de matérias criticarem os papéis estereótipos dos personagens, outros autores deram nota de que o novo enredo que Aria of Sorrow e Dawn of Sorrow trazia deu um contexto melhor aos personagens e à série em si.[4] [5] A história de ambos os jogos foram também elogiados e foram comparados à do amplamente aclamado Castlevania: Symphony of the Night, devido às semelhanças entre os protagonistas, Soma Cruz e Alucard, e às semelhanças gerais do sistema dos jogos (como, por exemplo, o fato de o jogador poder comprar armas, equipamentos e itens de um vendedor).[6]

Concepção dos personagens[editar | editar código-fonte]

Os personagens de Aria of Sorrow foram desenhados por Ayami Kojima, que já tinha antes trabalhado em personagens de jogos de Castlevania, como Castlevania: Symphony of the Night e Castlevania: Harmony of Dissonance.[7] Os desenhos obscuros e góticos da artista usam bastante do estilo de arte bishōnen.[8] O produtor Koji Igarashi decidiu colocar o jogo para se passar no futuro porque ele queria explorar uma "rota diferente" para a série.[1] Mantendo a modificação de Igarashi de "rota diferente", a aparência dos personagens foi feita mais contemporâneas, sendo usadas roupas mais modernas em comparação às medievais em geral dos personagens dos jogos anteriores de Castlevania.[1]

Em Dawn of Sorrow, Ayami Kojima ficou ausente no time de produção.[9] Isto aconteceu para que ela pudesse concentrar-se nos designs dos personagens de Castlevania: Curse of Darkness, que também estava em fase de desenvolvimento na época.[9] No lugar de seus desenhos, um estilo anime foi usado para os designs dos personagens.[2] Isto foi uma decisão feita pelo produtor Koji Igarashi, que queria levar a série a uma audiência mais jovem.[2] Numa entrevista, Igarashi disse que ele sentiu que o público ao qual o Nintendo DS era destinado era mais jovem do que o de outros consoles de videogame nos quais a série Castlevania vinha sido lançada e ele tinha como intenção chamar a atenção deste público com o design anime.[2] O uso do estilo anime era para ser um simples teste para que os desenvolvedores de futuros jogos de Castlevania tivessem consciência ao escolher usar ou não tal estilo nos gráficos.[10] Adicionalmente, Igarashi primeiramente queria introduzir um trabalhador japonês de colarinho branco como personagem principal no jogo.[11] Este personagem, a qual Igarashi referia-se como um "trabalhador japonês genérico", seria um gerente de uma firma japonesa e também teria uma família.[11] Apesar dos esforços de Igarashi, contudo, a insatisfação do time de produção do jogo fez com que Igarashi desistisse de tal idéia.[11]

Personagens comuns[editar | editar código-fonte]

Soma Cruz[editar | editar código-fonte]

Soma Cruz, conhecido no Japão como Sōma Kurusu (来須 蒼真, Kurusu Sōma?), é o protagonista e personagem primário jogável de ambos Aria of Sorrow e Dawn of Sorrow. O seiyuu dele em ambos os jogos é Hikaru Midorikawa e ele não possui um dublador inglês.[12] A presença de Soma em ambos os jogos de Castlevania, ao contrário à de muitos dos personagens de Castlevania, foi feita pelo produtor Koji Igarashi, que deu nota que uma das razões de ele ter feito Dawn of Sorrow foi para utilizar Soma Cruz em mais um jogo.[9]

Em ambos os jogos, ele é retratado como um estudante transferido estudando no Japão (ou simplesmente como um estudante japonês do ensino médio, na versão japonesa[13] ), vivendo uma vida pacífica com a sua amiga de infância Mina Hakuba.[14] Durante os eventos de Aria of Sorrow, Soma acorda no castelo do Dracula, onde ele aprende sobre o seu "poder de domínio", que o permite absorver as almas de monstros e usar seus poderes.[15] Ele se aventura pelo castelo do Dracula, tomando conhecimento de que o Dracula foi destruído anos atrás e sua reencarnação estava indo ao castelo naquele dia. A derrota de Graham Jones, quem vinha pensando que ele era a reencarnação do Dracula, faz com que Soma descubra que, de fato, ele é a verdadeira reencarnação do Dracula.[16] Com a ajuda de seus amigos, ele pôde escapar de seu destino ao derrotar a manifestação do caos do castelo.[17] Em Dawn of Sorrow, Soma retorna às batalhas para combater o culto de Celia Fortner, que tinha como objetivo matar Soma e ressuscitar o lorde das trevas. Soma consegue derrotá-los e percebe, no fim do jogo, que ele estava mais para livre para determinar seu destino do que tornar-se um novo Dracula inevitavelmente.[18]

Mina Hakuba[editar | editar código-fonte]

Mina Hakuba (白馬 弥那, Hakuba Mina?) é a amiga de infância de Soma Cruz e a única filha do sacerdote do santuário Hakuba.[19] Suas vestimentas em Aria of Sorrow refletem isto, já que ele é o tradicional usado por mikos.[20] Ela é transportada ao castelo do Dracula junto com Soma no começo de Aria of Sorrow e fica fora do castelo durante todo o jogo, oferecendo a Soma conselhos que ela adquire com Arikado.[1] Quando Soma descobre que ele é a reencarnação do Dracula, Mina é capaz de aceitar tal identidade e o oferece suporte moral.[21] Após Soma escapar de seu destino, Mina retorna ao santuário Hakuba com ele. Em Dawn of Sorrow, Mina está brevemente presente no jogo, estando presente somente nas cenas inicial e final. No começo de Dawn of Sorrow, ela e Soma são quase mortos por Celia Fortner, quem é afugentada por Soma e Arikado. Mina então começa a ser protegida pelos subordinados de Arikado, enquanto que Soma vai ao castelo do Dracula novamente, mas manda uma carta com um talismã para Soma em certo ponto do jogo.[22] [23]

Julius Belmont[editar | editar código-fonte]

Julius Belmont (ユリウス・ベルモンド, Yuriusu Berumondo?) é o último membro do clã Belmont que participou de um jogo da série Castlevania, sendo o mais "moderno" deles.[19] Membros do clã Belmont vêm sendo protagonistas da maioria dos jogos de Castlevania e o papel de Julius como personagem secundário é incomum à série.[24] Em ambos Aria of Sorrow e Dawn of Sorrow, Julius é um personagem jogável através do "Modo Julius".[25] [26] Enquanto que o "Modo Julius" em Aria of Sorrow só traz Julius como personagem jogável, em Dawn of Sorrow Yoko Belnades e Alucard podem ser destravados para serem escolhidos como personagens jogáveis neste modo alternativo de jogo.[26]

Inicialmente em Aria of Sorrow, Julius está presente no castelo do Dracula como "J", um homem com amnésia que esqueceu sua identidade depois de derrotar o Dracula antes do começo do jogo.[27] [28] Ele encontra-se com Soma Cruz e os seus poderes das trevas traz de volta as memórias de Julius. Mais tarde, Julius enfrenta Soma após saber que ele é a reencarnação do Dracula. Julius, recusando-se de usar todo o seu poder, deixa ser derrotado por Soma.[29] Após Soma escapar de seu destino de tornar-se outro lorde das trevas, Julius manda seus agradecimentos.[30] Após os eventos de Aria of Sorrow, Julius começa a trabalhar para a Igreja Católica junto com Yoko Belnades.[19] Em Dawn of Sorrow, ele viaja para a base do culto de Celia Fortner, para procurar por ela, com Yoko. Mais tarde, Julius enfrenta Dario Bossi, um dos "candidatos para lorde das trevas" e braço direito de Celia, e é derrotado pelo fato de não poder usar Magic Seals.[31] Após Celia e Dmitrii Blinov, o último candidato, fugirem nas profundidades do castelo, Julius usa de todo o seu poder para quebrar a barreira que protegia a viagem deles.[32] Ele fica altamente enfraquecido como resultado e não participa da batalha final; apesar de ele aparecer nas cenas finais do jogo.[33]

Genya Arikado[editar | editar código-fonte]

Genya Arikado (有角 幻也, Arikado Gen'ya?) é um membro de uma misteriosa organização do governo japonês relacionado à segurança nacional.[19] Na verdade, ele é Alucard, o filho do Dracula, melhor conhecido como protagonista do altamente aclamado jogo Castlevania: Symphony of the Night.[34] Durante os eventos de Aria of Sorrow, ele vai ao castelo do Dracula para certificar-se de que o lorde das trevas não reencarnasse. Ele instrui Soma Cruz para procurar pela sala do trono no castelo do Dracula, com esperança de que Soma absorvesse os poderes do Dracula. A absorção é um sucesso e Soma quase se torna o lorde das trevas. Contudo, Arikado revela a Soma que se ele destruir o fluxo de caos do castelo, ele será capaz de escapar de seu destino. Após Soma conseguir, Arikado o parabeniza.[35]

Em Dawn of Sorrow, Arikado batalha contra o culto de Celia Fortner, que almejava reviver o lorde das trevas. Arikado salva Soma da morte certa após as tentativas de Celia de matá-lo pessoalmente e diz a Soma para não persegui-la. Soma o ignora e parte viagem à base do culto. Mais tarde, Arikado o encontra e lhe dá uma carta e um talismã de Mina.[23] Um pouco mais à frente, Arikado aparece para impedir que Celia use o doppelgänger para forçar Soma a tornar-se o lorde das trevas, mas é forçado a deixá-la ir após o ressuscitado Dmitrii Blinov ter cuidado da vida de Soma. Arikado viaja pelo porão do castelo e tenta parar Dmitrii. Dmitrii usa Celia como sacrifício para selar os poderes de Arikado, deixando Soma para batalhar contra ele.[36] Após Soma ser vitorioso, Arikado revela que ele não é o predestinado a ser o lorde das trevas e diz que alguém virá para isso se necessário.[18] Arikado torna-se personagem jogável como Alucard se o jogador desbloquear o "Modo Julius".[26]

Yoko Belnades[editar | editar código-fonte]

Yoko Belnades (ヨーコ・ヴェルナンデス, Yōko Verunandesu?) é uma bruxa a serviço da Igreja Católica. Ela é uma membra do clã Belnades, cujos membros são adeptos a magia, uma característica que seu clã herdou de sua antecessora, Sypha Belnades.[19] Yoko vai ao castelo do Dracula durante os eventos de Aria of Sorrow para parar Graham Jones, quem ela acreditava que era o herdeiro dos poderes do Dracula. Ela solicita a ajuda de Soma Cruz mas é esfaqueada por Graham quando ele a encontra novamente. Ela é salva por Arikado e, mais tarde, agradece a Soma por salvá-la, expressando sua surpresa quanto ao fato de ele ser a verdadeira reencarnação do Dracula.[37]

Yoko retorna em Dawn of Sorrow como uma aliada de Julius Belmont.[19] Contudo, Julius rapidamente a abandona para vasculhar o castelo. Yoko ensina a Soma a usar um Magic Seal e oferece aumentar o poder de suas armas através da fusão entre elas e as almas que estão sob domínio dele. Apesar de Hammer estar apaixonado por ela, ela aparenta ou não perceber ou não se importar com seus sentimentos. Ela aparece durante a última cena no fim do jogo. Yoko é uma personagem jogável no jogo através do "Modo Julius".[26]

Hammer[editar | editar código-fonte]

Hammer (ハマー, Hamā?) é um membro das Forças Armadas dos EUA que vai ao santuário Hakuba sob ordens de seus superiores. Ele rapidamente abandona a missão quando é teletransportado ao castelo do Dracula e, quando encontrando-se com Soma, ele torna-se seu vendedor particular, servindo como loja de armas, equipamentos e itens do jogo.[38] Durante isso, ele se apaixona por Yoko Belnades, que não retribui seus afetos.[19] Após Soma derrotar a manifestação do caos no castelo, ele expressa seus agradecimentos à Soma e lhe diz que ele irá desistir de seu papel nas Forças Armadas para perseguir sua ambição de tornar-se um vendedor.[39]

Após deixar o castelo, Hammer começa seu trabalho como um vendedor independente e age como um mediador de informações através de seus "contatos obscuros de negócio".[19] É através dele que Soma descobre a localização da base de Celia Fortner em Dawn of Sorrow. Hammer chega à base e promete a Soma ser seu vendedor particular novamente. Ele estabelece sua loja na direção oposta à de Yoko e constantemente fala sobre ela a Soma e sobre sua paixão por ela ao longo do jogo. Ele aparece com outros personagens no fim do jogo durante a última cena.

Aria of Sorrow[editar | editar código-fonte]

Graham Jones[editar | editar código-fonte]

Graham Jones (グラハム・ジョーンズ, Gurahamu Jōnzu?) é o antagonista primário de Aria of Sorrow. Ele nasceu no mesmo dia da morte do Dracula, o que lhe deu poderes super-naturais. Ele encontrou uma seita religiosa que seguia profecias apocalípticas e agiu como seu principal missionário. Graham chega ao castelo do Dracula em Aria of Sorrow acreditando que ele iria receber os poderes do Dracula pelo fato de ele ser a reencarnação do mesmo.[40] Ele é forçado a lutar contra Yoko Belnades e Julius Belmont, que tinham chegado ao castelo para prevenir que os poderes do Dracula caíssem em mãos erradas. Graham encurrala e esfaqueia Yoko, e começa a aumentar seus poderes através da absorção da energia do castelo. Mais tarde, ele luta contra Soma Cruz, transformando-se numa criatura demoníaca. Soma manifesta os poderes do Dracula e, no fim, é capaz de derrotar Graham.[41] Sua morte força Soma a absorver a energia que ele vinha coletando do castelo e Graham percebe que ele não era a verdadeira reencarnação do Dracula.[16]

Dawn of Sorrow[editar | editar código-fonte]

Celia Fortner[editar | editar código-fonte]

Celia Fortner (セリア・フォルトゥナ, Seria Forutuna?) é uma dos antagonistas de Dawn of Sorrow. Ela é a líder do culto que tinha como objetivo reviver o lorde das trevas.[19] Apesar de ela falar que deseja reviver o lorde das trevas para fazer com que Deus torne-se um ser totalmente do bem, ela quer um senhor das trevas para prevenir a perda de seus poderes mágicos.[19] Ela recruta Dmitrii Blinov e Dario Bossi, os "candidatos à lorde das trevas", os quais podem tornar-se o novo lorde das trevas através da destruição da alma do Dracula.[42] Para fazê-lo, ela tenta matar Soma Cruz. Suas primeiras tentativas foram em vão por causa de Genya Arikado e, mais tarde, seus discípulos são derrotados por Soma. Numa última tentativa, ela usa um dopplegänger imitando Mina Hakuba, a amiga de infância de Soma, e o "mata" para induzir Soma a tornar-se o lorde das trevas por si mesmo. Apesar disto não funcionar, Dmitrii, cuja alma Soma absorveu ao derrotá-lo, escapa para dentro do dopplegänger.[43] Ela ajuda a Dmitrii a aumentar seus poderes mas ele a usa como sacrifício para selar os poderes de Arikado.[36] [44]

Dmitrii Blinov[editar | editar código-fonte]

Dmitrii Blinov (ドミトリー・ブリノフ, Domitorī Burinofu?) é um dos antagonistas de Dawn of Sorrow. Ele é um dos "candidatos a lorde das trevas" ou um daqueles que nasceram no mesmo dia que o Dracula morreu, dando-o a habilidade de copiar poderes mágicos.[19] [42] Ele junta-se ao culto de Celia Fortner com o objetivo de encontrar o significado por trás de seus poderes ao tornar-se o novo lorde das trevas, apesar de ele mostrar lealdade à Celia.[45] Ele é derrotado por Soma, que sem chance de evitar, absorve a alma de Dmitrii. Dmitrii usa esta oportunidade para copiar o "poder de domínio" de Soma, sua habilidade de usar os poderes de monstros que ele derrota.[46] Dmitrii consegue escapar do corpo de Soma após a tentativa de Celia de transformar Soma no novo lorde das trevas falhar.[43] Ele vai embora com Celia, que invoca monstros para aumentar seu poder. Então, Dmitrii sacrifica Celia para selar os poderes de Genya Arikado.[36] Antes de ele começar sua batalha com Soma, o poder de domínio de Soma cobriu a alma de Dmitrii e ele morre quando os monstros sob seu controle escapam de seu corpo.[47]

Dario Bossi[editar | editar código-fonte]

Dario Bossi (ダリオ・ボッシ, Dario Bosshi?) é um antagonista de Dawn of Sorrow. Semelhante à Dmitrii Blinov, Dario é um dos "candidatos a lorde das trevas", nascido no mesmo dia que o Dracula morreu.[42] Isto lhe dá poderes sobrenaturais, especialmente pirocinese.[19] Isto é relacionado com a sua personalidade já que ele age por seus instintos e é fácil de ficar bravo.[19] Ele é um criminoso procurado, responsável por vários incidentes de "inexplicáveis" incêndios.[48] Ele junta-se ao culto de Celia Fortner, tendo como objetivo tornar-se o novo lorde das trevas matando Soma Cruz. Soma o derrotou em combate e é salvo pela intervenção de Celia. Celia então funde um poderoso demônio de fogo chamado Aguni à sua alma, o que aumenta seus poderes. Dario enfrenta Julius Belmont e o derrota, já que Julius não pode impedir que Dario se recupere de todo o seu dano recebido pelo fato de não poder usar Magic Seals. No fim, Soma derrota Aguni, excluindo todo o poder de Dario.[49]

Recepção na mídia[editar | editar código-fonte]

Os personagens de Aria of Sorrow receberam elogios e críticas de várias publicações de videogame. A RPGamer mostrou-se satisfeita quanto à profundidade dos personagens e a ênfase usada em suas personalidades e o bom desenvolvimento dos personagens secundários; ao contrário dos outros jogos da série Castlevania, os quais desenvolvimento dos personagens e as personalidades dos mesmos eram focados mais no protagonista.[5] A IGN elogiou a modificação do enredo convencional de Castlevania, onde geralmente um personagem membro do clã Belmont derrota o Dracula com a ajuda de alguns personagens secundários.[24] A GameSpy elogiou os "intrigantes" personagens secundários que faziam parte do "poderoso e complexo cenário" de Aria of Sorrow. Eles também elogiaram os gráficos dos personagens, citando "boa animação em sprites facilmente visíveis".[4] Contudo, GameSpy criticou a presença do estereótipo de uma "mulher fraca que necessita de proteção" e um "homem de aparência afeminada que faz todo trabalho sujo de matar", que está presente em muitos títulos de Castlevania, mas, para compensar, disse que a "natureza interessante" dos diálogos do jogo ajudou a retirar esta falha.[4] Numa entrevista, Koji Igarashi disse que uma das razões de ele ter desenvolvido Dawn of Sorrow foi para continuar a história de Soma Cruz encontrada em Aria of Sorrow.[9]

Em Dawn of Sorrow, autores de matérias sobre videogame misturaram opiniões sobre os personagens. A RPGamer retratou os novos personagens como "individuais, interessantes e, na maioria das vezes, complexos".[50] A RPGFan citou que os papéis aos quais os personagens possuíram eram "clichês", mas também disse que o Dawn of Sorrow mostrou o maior desenvolvimento de personagem em toda a série Castlevania, desde Castlevania: Symphony of the Night.[6] Vários elementos incorporados em Dawn of Sorrow, principalmente o uso do estilo anime, em contraste ao gótico e obscuro estilo de Ayami Kojima, foi bastante criticado pelos redatores. A GameSpy deplorou as "imagens de anime rasas, sem vida" usadas para os personagens, e a ausência de Kojima no time de produção.[3] A IGN classificou as imagens usadas como "abaixo do nível de qualidade de 'animes de manhãs de sábados'".[51] A RPGFan disse que a modificação dos designers dos personagens perdeu "algo que fazia com que os personagens fossem visualmente atraentes".[6] Apesar das críticas, o estilo anime usado em Dawn of Sorrow foi mais tarde usado em Castlevania: Portrait of Ruin.[52]

Referências

  1. a b c d Christian Nutt. Prévia da GameSpy sobre Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês) GameSpy.
  2. a b c d Brandon Sheffield. Whip Smart: Konami's Koji Igarashi On Mastering Castlevania (em inglês) Gamasutra.
  3. a b Justin Leeper. Matéria sobre Castlevania: Dawn of Sorrow (em inglês) GameSpy.
  4. a b c Benjamin Turner. Matéria sobre Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês) GameSpy.
  5. a b Bryan Boulette. RPGamer > Staff Retroview > Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês) RPGamer.
  6. a b c Damian Thomas. Matérias da RPGFan - Castlevania: Dawn of Sorrow (em inglês) RPGFan.
  7. Mark Bozon. IGN: Castlevania: A retrospectiva - Página 9 (em inglês) IGN.
  8. Creative Uncut - Perfil de Artista: Ayami Kojima (em inglês) creativeuncut.com.
  9. a b c d Nick Des Barres. TGS2005 - Koji Igarashi (em inglês) playonline.com.
  10. Ryan Payton. A new art style for Castlevania (em inglês) 1UP.com.
  11. a b c Billy Berghammer. Castlevania Mania: The Koji Igarashi (em inglês) Game Informer.
  12. Hikaru Midorikawa - IMDb (em inglês) Internet Movie Database.
  13. Castlevania Akatsuki no Menuett (em japonês) Konami (2003).
  14. Soma Cruz: My name is Soma Cruz, and I am a high school exchange student studying abroad in Japan. I live near the Hakuba shrine, an ancient shrine with strong ties to Japanese mythology. Mina Hakuba, the only daughter of the shrine's caretaker, is both my classmate and my only childhood friend. |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  15. Arikado: "So it has awakened." / Soma: "What? What has?" / Arikado: "The spirit of the creature you killed has just entered your body. You have the power to absorb the abilities of the monsters you kill." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  16. a b Soma: "Finally...I clearly understand...everything. I am...Dracula." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  17. From the Library Menu: Soma Cruz: The rebirth of Dracula, he has the ability to dominate the souls of monsters and use their powers as his own. A year ago, he learned that he was destined to become the dark lord. However, he overcame the chaos that raged within and escaped that fate. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  18. a b Soma Cruz: Then that means there will always be a need for a dark lord. All because I ducked out from becoming the next in line! / Genya Arikado: Don't misconstrue me! Perhaps there is a need for the dark lord...But there is no reason at all for you to become the dark lord. / Soma Cruz: But if it weren't for me, none of this would have happened! / Genya Arikado: You're neither a god nor a demon. You're only human. You have no chance at ever achieving perfection. Or are you saying you want to be the dark lord? / Soma Cruz: No...Of course not. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  19. a b c d e f g h i j k l m Site oficial de Castlevania (em inglês) Konami.
  20. RPGFan Pictures - Castlevania: Aria of Sorrow - Artwork - Mina (em inglês) RPGFan.
  21. Soma: "I bet they're all afraid of me..." / Mina: "No, not at all! At first we were shocked, but everyone believes you'll get through this. |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  22. Soma Cruz: Arikado! What are you doing here? I thought that you were protecting Mina... / Genya Arikado: Mina is fine. My colleagues are providing protection. Besides, keeping you under observation gets priority. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  23. a b Genya Arikado: Also, Mina entrusted me with this. It's for you. / Soma Cruz: What? A letter? And a talisman? |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  24. a b Craig Harris. Matéria sobre Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês) IGN.
  25. Sean Kepper. Guias: Walkthroughs de Castlevania Double Pack Guide (GBA), Castlevania: Harmony of Dissonance, Aria of Sorrow - Página 32 (em inglês) IGN.
  26. a b c d Adam Pavlacka. Matéria sobre Castlevania: Dawn of Sorrow — Nintendo DS Game Reviews (em inglês) Yahoo! Games.
  27. J: "I can't give you my name, but people call me J." / Soma: "People call you 'J'? Why hide your real name? Are you a criminal?" / J: "No. I have amnesia. I'm told that I was in an accident in 1999. When I woke up in the hospital, I had forgotten my name and my past." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  28. J: My real name is JULIUS BELMONT. I am a descendent of a clan that has fought against Dracula for ages. / Soma: And that person who destroyed Dracula in 1999 was... / Julius: Yes. It was me... |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  29. Soma: "You took it easy on me. I could tell. The strength of a Belmont...No...the strength of a vampire hunter is greater than this." / Julius: "...When I fought you, I felt the evil spirit within you. But there's more...I also sensed Soma's spirit. And that's more than enough to stop me." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  30. Julius: "You fought well. When I fled the castle, I felt the power from the vampire killer fading away. I don't know what it means but I won't have to do anything for the time being. Farewell, may we meet again." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  31. Julius Belmont: "Watch it. He's tough. Especially for me, since I can't use Magic Seals." |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  32. Julius Belmont: Break this barrier? It's definitely possible. But there's no guarantee that I'll have energy left to fight. / Genya Arikado: Without your power, it's impossible for us to get through. They have to be stopped, at all costs. / Julius Belmont: ...Well, I suppose this is an emergency...Fine. Stand back. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  33. Genya Arikado: There are people waiting for you. Don't break their hearts. / Soma Cruz: Everyone... / Julius Belmont: You kept your promise. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  34. Mike Whalen; Giancarlo Varanini. GameSpot: History of Castlevania - Page 11 (em inglês) GameSpot.
  35. Arikado: "The path you took was the most challenging one. You did well. For God to be good evil is an absolute necessity in this world. In the future someone may follow again in Dracula's dark footsteps. At that time, perhaps we'll meet again. Farewell...In my mother's name, I send thanks to you." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  36. a b c Soma Cruz: You killed your own ally? / Dmitrii Blinov: She had always dreamed of seeing the dark lord. She served me to the end in my becoming. She should feel honored. Not only that, she even helped me take care of that pesky Arikado. / Soma Cruz: ?! / Genya Arikado: He's right. His sacrifice reversed the flow of my dark power |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  37. Yoko: "Hello Soma congratulations. I've got to another job that I must attend to, so I have to go now. When I first heard that YOU were Dracula, I was shocked...I was just waking up you know If you think about it though everything turned out ok. Ha ha ha...I never forget your strength and courage. And I haven't thanked you yet for rescuing me so...thanks. You're like a younger brother to me. It was fun, and I hope we meet again Goodbye." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  38. Colin Moriarty. Guias: Castlevania: Aria of Sorrow (GBA) - Página 2 (em inglês) IGN.
  39. Hammer: "Hey there much obliged for your business at my shop. Back at the castle I realised my true calling. Fighting's not me. I think I'll quit the army and open up a shop sometime soon Promise me you'll come. I'll give ya a good deal." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  40. Graham: "I was born on the very day that Dracula was destroyed...so, in short, that means I AM DRACULA!" |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  41. Graham: I can't believe it...how did YOU come to possess those powers? / Soma: What do you mean by "those powers"? / Graham: I'm Dracula and you're not the one! |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  42. a b c Soma Cruz: "So those two are the dark lord's candidates..." / Celia Fortner: "Correct. They were born at the same time as Dracula's demise. They are inheritors of Dracula's dark powers." / Soma Cruz: "But that's no guarantee that they can become the dark lord." / Celia Fortner: "They can. By shattering Dracula's soul." |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  43. a b Dmitrii Blinov: I should thank my lucky stars for making good my escape. I managed to loosen myself when the boy's emotions shifted momentarily. / Celia Fortner: I thought you'd died... / Dmitrii Blinov: Shedding my former body was a desperate gamble. But it has worked out quite well. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  44. Dmitrii Blinov: Your dark power failed to overcome the power I gained from the sacrifice. Soma Cruz: Sacrifice? C-Celia! |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  45. Soma Cruz: Do you have any reason for going along with Celia's scheme? / Dmitrii Blinov: None whatsoever. / Soma Cruz: Well, then! / Dmitrii Blinov: However, I have this power. I wish to know the meaning of it, its significance. Is that not a natural desire? / Soma Cruz: And for that, you want to become the dark lord? / Dmitrii Blinov: Is that so wrong? Refining my power will finally provide me with answers. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  46. Genya Arikado: You copied the power of dominance from Soma? / Dmitrii Blinov: Ah, so you understand. I touched the boy's soul and copied his ability. And I have been doubly lucky in finding a suitable replacement for my body. / Celia Fortner: Y-You obtained the same power as Soma Cruz? / Dmitrii Blinov: When I fought the boy, I confirmed one thing. Dracula's heir need not be the inheritor of the dark lord's power. I only need to possess the same ability to become the true dark lord's heir. And of course, only I could gain that ability. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  47. Genya Arikado: The power of dominance isn't easily contained. He isn't like you. His soul can't withstand a power that intense. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  48. Yoko Belnades: Dario Bossi. He has the ability to create fires. He's been implicated in countless inexplicable fires. He's a wicked criminal who's wanted all around the globe. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  49. Dario Bossi: Wh-What did ya do, punk?! My power...It's gone... / Soma Cruz: I destroyed the demon that fused with your soul. And your power with it. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  50. Bryan Boulette. RPGamer > Staff Review > Castlevania: Dawn of Sorrow (em inglês) RPGamer.
  51. Craig Harris. IGN: Matéria sobre Castlevania: Dawn of Sorrow (em inglês) IGN.
  52. Ricardo Torres. Castlevania: Portrait of Ruin Updated Hands-On (em inglês) GameSpot.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]