Anexo:Lista de personagens de Shakugan no Shana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo lista os personagens da série japonesa Shakugan no Shana.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Humanos e Mystes[editar | editar código-fonte]

Yuji Sakai (坂井 悠二, Sakai Yūji?) (Mystes, Senhor de Guze)

Yuji, o personagem principal da história, é um estudante do colegial como qualquer outro. Entretanto, sua vida é virada de cabeça pra baixo quando ele descobre que já está morto, e que não falta muito tempo para ele desaparecer. Felizmente, Yuji é um Mystes que contém um tesouro conhecido como Reiji Maigo (零時迷子?). Direfententemente das outras tochas, o tesouro dentro dele restaura seu Poder de Existência toda noite à meia-noite.
Com o Reiji Maigo, Yuji tem a possibilidade de viver como um humano normal, desde que se certifique que o seu Poder de Existência não se esgote antes da meia-noite. Devido ao Reiji Maigo, ninguém sabe se ele morrerá, assim como um humano, ou se será imortal. Desde que foi descoberto o Reiji Maigo, ele vem treinando para usá-lo na esperança de poder lutar junto a Shana. Na segunda temporada do anime, é mencionado que a quantidade de Poder de Existência de Yuji, devido a certos acontecimentos, é equivalente a de um Rei de Guze.
Mesmo quando Yuji não sabia que possuía o Reiji Maigo nos primeiros episódios da primeira temporada, ele desenvolve algum tipo de otimismo, um ponto de vista fatalístico da sua vida. Até quando ele acreditou que estava destinado a perecer como uma Tocha, Yuji aceitou o fato depois do choque inicial, e não pareceu perturbado ou melancólico com a ideia de que todos iriam simplesmente esquecê-lo. Entretanto, seus atos de heroísmo, demonstrados durante a série, são justificados pela sua crença de que mesmo que sua existência desapareça, seu sacrifício será uma prova de que ele existiu um dia.
Mesmo com a falta de treinamento e disciplina de uma Flame Haze, Yuji demonstra uma quantidade admirável de inteligência e pensamento lógico, pensando além da situação e resolvendo enigmas que os outros não conseguem (apesar de ele não fazer ideia de que Shana o ama e que ela sente muito ciúme quando qualquer garota se aproxima demais dele). Enquanto muitas Flame Hazes e Reis de Guze ficariam confusos com o uso de feitiços incomuns, Yuji é capaz de deduzir rapidamente e detectar o ponto fraco, mesmo com a sua falta de convivência com magia, permitindo aos seus aliados, geramente Shana, atingir o núcleo do oponente. Além disso, juntamente com o início da segunda temporada, o treinamento de Yuji o permite prever e desviar da maioria dos ataques vindos de Flame Hazes experientes como Shana e Wilhelmina, e ele também ganhou a capacidade de convocar Poderes Irrestritos, além de poder empunhar a Blutsauger e direcionar seu próprio poder para ela. Ele também pode criar sua própria chama, prateada, para usá-la contra os oponentes.
Duas entidades estão trancaads dentro do Tesouro. Uma é o Johan, o namorado de Pheles, a criadora do Reiji Maigo. A outra é o Sairen no Hebi (祭礼の蛇? lit. "Serpente do Festival"), o Rei de Guze com a chama negra e sombra prateada, um dos verdadeiros deuses do Reino de Guze e o fundador/verdadeiro líder do Bal Masqué. Ele é regenerado e fudido ao Yuji, o qual ele reverencia pedindo ao seu subordinado para chamá-lo de "Sairei no Hebi" Yuji Sakai" (「祭礼の蛇」坂井悠二? lit. "Serpente do Festival" Sakai Yūji), diferentemente dos outros Reis que usam nomes de anjos, deuses ou demônios mitológicos. Qaundo Yuji ativa o Fuuzetsu pela primeira vez, a presença da chama prateada indica o presságio da volta de "A Serpente do Festival" para o mundo, já a chama prateada foi uma ferramenta criada pelo próprio "Deus da Criação" (創造神, Sōzōshin?) para coletar os elementos necessários para sua ressureição. Depois, a segunda tentativa de Pheles de libertar Johan acarretou no despertar do deus do Bal Masqué.
Yuji é o tipo de pessoa que coloca os outros antes de si mesmo. Isso provoca muita confusão e aborrecimento na Shana, já que as tochas anteriores as quais Shana já lidou demonstravam atitudes egoístas. Simultaneamente, a compaixão de Yuji planta a semente da atração entre ele e Shana.
Na gravidez de Chigusa, foi revelado por Kantaro que Yuji havia tido um irmão gêmeo que morreu ao nascer. Assim, em memória do primeiro bebê e pelo desejo dos pais, o segundo bebê foi nomeado Yuji, que significa "segunda (criança) que viverá por muito tempo".

Kazumi Yoshida (吉田 一美, Yoshida Kazumi?)

Kazumi é uma garota de 15 anos e colega de Yuji. Ela é apaixonada por ele, mas é muito tímida para dizer diretamente. Na primeira temporada, ela passa a maior parte do tempo sem saber da real natureza de Shana e da sua relação com o Yuji. Quando Shana torna-se sua rival na disputa pelo Yuji, ela promete confessar seus sentimentos para ele e deixá-lo decidir entre ela e Shana.
Esse estado, entretanto, mudou após o eventual encontro com o Khamsin Nbl'w, um Flame Haze, que pediu sua ajuda para corrigir a distorção na cidade. Após revelar a verdade do mundo para ela, Khamsin, ao perceber que ela estava com medo de Yuji ser uma Tocha, dá a Kazumi um monóculo capaz de detectar Tochas. Ela, então, decide testá-lo no Yuji durante o Festival de Misago, e ficou horrorizada ao ver que Yuji era realmente uma Tocha. Porém, depois da batalha contra o Bal Masqué, Yuji revelou que, com o Reiji Maigo, ele não desapareceria, e Kazumi aceitou o fato no final da temporada.
Kazumi carrega consigo uma pequena relíquia dada por Khamsin durante o primeiro encontro, que permite a ela mover-se dentro de um Fuuzetsu. Yuji tomou consciência disso na segunda temporada. Além disso, é revelado que Pheles a presenteou com um Hougu em forma de cruz, cuja função seria a de invocar Pheles se houvesse algum problema com o Yuji/Johan. Porém, se ela usasse o Hougu, seu Poder de Existência seria consumido por completo.

Keisaku Satou (佐藤 啓作, Satō Keisaku?)

Keisaku é um garoto de 15 anos, estudante do colegial, amigo e colega de Eita. Quando Margery Daw veio à cidade de Misaki, ela escolheu aleatoriamente Keisaku e Eita para serem seus guias na cidade. Quando ele e Eita encontram o Haridan, um mapa mágico da cidade que Friagne esteve usando até a sua morte, os dois oferecem suporte à Margery. Sendo uma pessoa independente e membro de uma família rica, sua casa torna-se a morada de Margery. Ele e Eita gostam de Margery, mas Keisaku esconde seus sentimentos, contudo quando ele é traído por Margery, demonstra sentimentos mais fortes do que os de Eita. Keisaku escolheu Yuji como seu rival, especialmente quando soube que este estava sendo treinado pelas Flame Hazes, Shana e Wilhelmina. Entretanto, após vários acontecimentos, ele aceitou o fato de que não precisa ser igual ao Yuji. Ao invés disso, ele decide estudar bastante para terminar a escola e, talvez, trabalhar na Outlaw para apoiar Margery sem ser nas batalhas.

Eita Tanaka (田中 栄太, Tanaka Eita?)

Eita é um estudante do colegial, de 15 anos de idade e colega de Keisaku. Quando Margery Daw veio à cidade de Misaki, ela escolheu aleatoriamente os dois para serem seus guias na cidade. Quando ele e Keisaku encontram o Haridan, um mapa mágico da cidade que Friagne esteve usando até a sua morte, os dois oferecem suporte à Margery. Eita, assim como Keisaku, demonstra respeito, admiração e afeição para com Margery, dirigindo-se a ela como uma "ane-san" (irmã mais velha), mas seus sentimentos são mais aparentes do que os de Keisaku. Entretanto, eita demosntra um afeto para com Matake Ogata. Assim como Keisaku, ele é amigo de Yuji desde o início da série. Depois de um incidente no festival da escola, Eita decide se afastar dos eventos relativos à Guze e se separa de Keisaku e Margery.

Chigusa Sakai (坂井 千草, Sakai Chigusa?)

Chigusa é a mãe de Yuji. Ela pode parecer meiga, mas é forte e muito inteligente. Seu marido, Kantaro, trabalha fora do país. Chigusa permanece sem saber da verdadeira natureza de Shana e Yuji, mas torna-se uma fonte de conselhos para Shana quanto à assuntos que Alastor não sabe aconselhá-la. O próprio Rei de Guze toma conhecimento e submete-se à sua sabedoria depois de um telefonema entre eles. Descrita como uma molher que pode aceitar qualquer coisa, parece não sustentar nenhum problema quanto ao fato de Shana visitar Yuji com o pretexto de "treiná-lo".
À medida que a afeição de Shana pelo Yuji cresce, esta começa a procurar Chigusa para aconselhá-la. Geralmente, esses se expressam na vontade dela de aprender a fazer um bento, já que ela é muito cuimenta quanto ao fato da Kazumi preparar um como almoço para o Yuji. Chigusa também a ensina passo a passo, apesar da sua óbvia, se não perigosa, falta de progresso. Chigusa tem muito mais trabalho para ensinar Wilhelmina, uma cozinheira ainda mais desastrosa, o que resulta numa confusão muito maior.
Ficou subentendido nos últimos volumes que ela está grávida. Além disso, Kantaro menciona o seu passado, onde ela parece ter sido criada num orfanato.

Hayato Ike (池 速人, Ike Hayato?)

Hayato, conhecido principalmente como Ike, é um estudante de 15 anos de idade e tem sido amigo de Yuji desde o ensino fundamental. Ele tem uma afeição secreta pela Yoshida. Porém, como amigo fiel de Yuji, ele é quem a ajuda a demonstrar seus sentimentos pelo Yuji. Ele também aconselha Kazumi. Ele raramente compete com o Yuji pela afeição dela, exceto por uma vez quando ele convida Kazumi para ajudá-lo nos encontros do conselho estudantil. Ike é notavelmente inteligente e está sempre indisponível por causa dos estudos ou atendendo à outras turmas da escola. Durante o festival da escola, ele esteve constantemente sendo cobrado por Fujiota, uma colega do conselho estudantil. Ike enjoa ao pensar em transportes, e fica pálido ao ver um ônibus. Ele não consegue andar na montanha-russa, nem em brinquedos para crianças, mas ele conseguiu ir na roda gigante quando estava no jardim de infância.
Ike é notavelmente mais consciente das suas emoções do que Yuji. Enquanto a vontade de Yuji é de ajudar qualquer garota, ele não parece perceber que isso é a fonte de angústia para muitas outras, especialmente Shana e Kazumi, e geralmente é o Ike que ressalta isso para o Yuji. Isso causou um leve problema quando é revelado que o Ike também tem sentimentos pela Kazumi. No final da primeira temporada, Ike decide não se conter quanto a ela. Ele até a convidou para sair na véspera de Natal e confessou que a amava. Kazumi não retribuiu seu amor ainda.

Matake Ogata (緒方 真竹, Ogata Matake?)

Matake é uma colega de Yuji. Ela é uma garota ativa que tem muita força de vontade, e é muito levada também. Ela é muito boa no vôlei. Ela também tem sentimentos pelo Eita, e se preocupa com ele. Ogata às vezes sente ciúmes de Margery, devido à sua proximidade de Eita.

Kantaro Sakai (坂井 貫太郎, Sakai Kantarō?)

Kantaro é o pai de Yuji. Sua primeira aparição foi no volume 9 do romance. Ele reside fora do Japão, mas gosta de fazer visitas repentinas ao seu lar. Apesar de sua aparência magra, ele foi capaz de revidar um pontapé voador vindo de Shana sem sofrer um arranhão, quando foi confundido cmo um inimigo (se bem que houve um pouco de sorte na sua defesa). Suas habilidades de perseguição e investigação são excelentes, tão boas que nem mesmo Shana conseguiu seguí-lo. Ele come uma quantidade incrível de comida, e seus hábitos de refeição são absurdos.

Yukari Hirai (平井 ゆかり, Hirai Yukari?)

Yukari foi uma colega de Yuji. Ela tinha cabelos negros, dispostos em dois rabos-de-cavalo. Ela tem uma personalidade otimista, e é gentil e rápida para ajudar os outros, mas é muito melancólica e calada quando é uma Tocha. No anime, ela amava Hayato Ike (no romance, dá a entender que ela era apaixonada pelo Yuji ao invés disso), mas morre quando um Rinne aparece no caminho de casa dela. Shana faz uma Tocha de Yukari no mesmo dia. Infelizmente, sua chama acaba no dia seguinte e consequentemente ela desaparece. Antes dela desaparecer, Yuji se esforçou para este ser o melhor dia da vida dela, e persuadiu Ike a acompanhá-la. Eles tiraram uma foto juntos, mas a imagem de Yukari desapareceu assim que a sua chama se apagou. O último momento de vida dela foi quando estava sentada num morro vendo o pôr-do-sol, sua paisagem favorita. Seu desaparecimento gradual deu a Yuji várias lições tanto sobre o mundo a sua volta, quanto sua incapacidade de mudá-lo. Shana usa a existência remanescente de Yukari para tomar seu lugar na percepção dos outros (alguns até reconhecem Shana como Yukari Hirai, como se Shana estivesse ali o tempo todo).

Tenmoku Ikko (天目 一個?)(Mystes)

Tenmoku Ikko é um Mystes conhecido como "o pior Mystes da história" ou "monstro Tocha". Ele é um homem enorme vestido com uma armadura de samurai e uma máscara de Oni de um olho só. Tenmoku Ikko era um velho fabricante de espadas que se tornou Mystes por conta própria para poder encontrar o ser mais poderoso para o qual ele confiaria o tesouro Nietono no Shana, a espada mais poderosa que ele já havia fabricado com a ajuda de um Rei de Guze, que compartilhou um desejo de criar uma espada única, sem precedentes. Ironicamente Tenmoku Ikko reverte a ordem comum das coisas, consumindo Guze no Tomogaras para tornar-se mais forte - ou simplesmente para acabar com interferências na sua busca pelo "ser mais poderoso". Após Shana derrotá-lo com um ataque ousado, ela recebe a Nietono no Shana.

Johan (ヨーハン, Yōhan?) (Mystes)

O Mystes criador do Reiji Maigo. Quando ele ela criança, Pheles torturou seu pai que tentou sacrificar Johan para uma Magia Irrestrita inútil que o concederia juventude eterna. Pheles fugiu com Johan e viajou pelo mundo afora junto a ele desde então. À medida que Johan ia crescendo, Pheles achou que o coração dele seria corrompido assim como o do pai quando ele alcançasse os seus desejos. Pareceu por acaso que quando Johan ficou mais maduro, ele perguntou por uma coisa que atingiu Pheles em cheio: ela mesma, um indício de que Johan havia se apaixonado por ela. Após o início do relacionamento amoroso entre eles, o Reiji Maigo foi criado para assegurar a vida eterna a Johan, e Pheles parou de consumir humanos. Após o seu renascimento como Mystes, ele treinou a si mesmo e tornou-se um poderoso mestre em Magias Irrestritas, acrescido da sua habilidade de sentir Poder de Existência.

Flame Hazes e Reis de Guze[editar | editar código-fonte]

Shana (シャナ?) / "Caçadora de Olhos e Cabelos Flamejantes" (「炎髪灼眼の討ち手」, "Enpatsu Shakugan no Uchite"?) (Flame Haze)

Shana é a principal personagem feminina da série e uma Flame Haze. Ela já foi uma humana (mas como afirmado no romance e no mangá, que uma vez que um humano faz um contrato com um Rei de Guze, eles se tornam uma Flahe Haze e vivem para sempre). Inicialmente, ele é concentrada exclusivamente na sua missão de Flame Haze, indo tão longe quanto não possuir um nome. Ela vê o Yuji apenas como uma Tocha, um objeto, mas um pouco interessante pelo seu estado de Mystes. Porém, ela vai se abrindo aos poucos para o Yuji, começando a vê-lo como uma pessoa, esquecendo ser uma Tocha, e eventualmente começou a amá-lo. Yuji, na sua necessidade de "humanizá-la", escolhe chamá-la "Shana". Até ela cnohecer o Yuji, era identificada apenas pelo seu título de Flame Haze "Caçadora dos Cabelos em Chamas e Olhos Flamejantes", ou pela sua espada, Nietono no Shana (贄殿遮那?).
Shana tem o hábito de dizer "Urusai! Urusai! Urusai!", que quer dizer "Cale-se! Cale-se! Cale-se!", toda vez que Yuji questiona ou faz comentários que perturbam o ponto de vista inicial dela. Mas na verdade eles se preocupam um com o outro. Ela é aficionada por pão de melão. Shana se mostra bastante inteligente na série, obtendo pontuações excelente em todos os exames. Porém, ela se mostra ingênua quanto a questões sociais como, por exemplo, "como os bebês são feitos".
É evidente que Shana é uma poderosa Flame Haze, conhecida e temida pela maioria dos Tomogaras, apenas na menção do seu título. Isso a permitiu derrotar muitos Tomogaras poderosos durante a série, e concede-na variadas habilidades, incluindo sua prificiência com a Nietono no Shana, a habilidade de manusear fogo, manipular o Poder de Existência e voar com asas de fogo. A sua conduta inicialmente a fazia indiferente qunto à vida humana, mas através da influência de Yuji, Shana foi se abrindo aos poucos, apesar de se manter confusa e irritada com algumas peculiaridades humanas as quais ela considera inúteis, embora uma parte disso seja para mascarar o ciúme do seu tão desejado monopólio do Yuji.
Apesar de ser a personagem-título do anime, Shana tem poucas relações de caráter com muitos dos personagens da série. Seu principal interesse social é o Yuji, quem ela vê como seu interesse amoroso, embora ela nunca admita isso (a não ser por uma vez no final da primeira temporada). Sua relação com o Yuji é uma das forças motrizes da série. Shana recebe ordens e conselhos do Rei de Guze ao qual ela está vinculada, Alastor, e possui uma mentora e guardião na forma de Wilhelmina Carmel. Kazumi é a sua rival na disputa pelo amor do Yuji, e Shana a trata com desprezo e desdém. Ela trata a maioria dos personagens com ignorância e indiferença, com exceção de Chigusa Sakai, a quem ela recorre para resolver certos problemas quando Alastor ou Wilhelmina não o conseguem. Shana eventualmente começa a se abrir para os outros personagens, especialmente no que diz respeito à sua relação com a Kazumi ter se tornado mais amigável.
No 16º volume do light novel, Shana é derrotada pelo Yuji e atualmente presa no Seireiden. Entretanto, no 17º volume, Shana recupera seus poderes antes que ela e várias outras Flame Hazes persigam o Yuji Serpente do Festival no 19º volume.

Alastor (アラストール, Arasutōru?) / "Chama dos céus" (「天壌の劫火」, "Tenjō no Gōka"?) (Rei de Guze)

Ele é o Rei de Guze vinculado a Shana. Ele se manifesta através de um receptáculo divino chamado Cocytus, que (no caso de Shana) toma a forma de um pingente. Atualmente o seu nome é o nome de um demônio na mitologia. Alastor é considerado o mais forte de todos os Reis de Guze, sendo de fato um dos verdadeiros Deuses do Reino de Guze. Mesmo assim, ele tenta impedir os Tomogaras de consumir Poder de Existência. Diferentemente dos outros reis que possuem Flame Hazes, seu contratante pode executar um método chamado Destruição da terra vinda dos céus (天破壌砕, Tenpa Jyōsai?), que requer muito Poder de Existência e manifestará sua existência como o Deus da Redenção (天罰神, Tenbatsushin?) na forma de um minotauro gigante para consumir todos dos Tomogaras ao redor. Esse método é o último recurso da Flame Haze e, antes e Shana, nenhuma sobreviveu ao método.

Margery Daw (マージョリー・ドー, Mājorī Dō?) / "Poetisa das Elegias" (「弔詞の詠み手」, "Chōshi no Yomite"?) (Flame Haze)

Margery é uma Flame Haze alta, bem-dotada e madura, com um hábito de se embebedar. Ela usa o livro Grimoire, que é o receptáculo divino pelo qual Macosias, a quem ela é vinculada, expressa-se. sua especialidade aparenta ser Poder de Existência, e seus poderes principais são focados em feitiços e em tornar-se um lobisomem. Ela lança feitiços cantando um "Poema Improvisado de Carnificina" (屠殺の即興詩, Tosatsu no Sokkyōshi?). Eita e Keisaku seguem-na porque ela salvou a vida deles, e agem como subordinados. A razão dela ter se tornado uma Flame Haze é para se vingar do Tomogara com a chama prateada (que é, de alguma forma, alguém ligado ao Reiji Maigo dentro de Yuji). Mesmo depois de ela ter se tornado uma Flame Haze, ela vive apenas para vingar-se. Ela já foi uma filha de um senhor de terras na Era Medieval, mas após incontáveis traições, seu pai foi morto e ela foi parar num bordel. Ela ganhou uma chace de vingar-se pela sua miséria e humilhação nos seus inimigos, apenas para vê-los destruídos pelo Prateado. Sua fúria por ter sido roubada a sua última razão de viver atraiu a atençao de Marcosias. No anime, o foco de Margery muda de simplesmente erradicar Guze no Tomogara para lutar pelo equilíbrio do mundo. Nas light novels, Margery não só encara o Prateado numa batalha perdida, como também percebe mais tarde que o Prateado tem atuado no seu desejo de vingar-se da sua vida de miséria antes de ela tornar-se uma Flame Haze antes dela ser quase morta pelo Sairen no Hebi Sakai Yuji. Margery eventualmente volta ao normal quando Keisaku a beija e confessa seu amor por ela, dando um novo sentido à vida antes de retribuir o beijo.

Marcosias (マルコシアス, Marukoshiasu?) / "Garras e Presas da Violação" (「蹂躙の爪牙」 "Jūrin no Sōga"??)) (Rei de Guze)

Marcosias é o Rei de Guze ao qual a Margery é vinculada. Ele se expressa através do receptáculo divino chama do Grimoire, que tem a forma de um livro. Ele fala descontroladamente, faz comentários sem remorso, e até caçoa de Margery, recebendo em troca um soco. Ele realmente se preocupa com ela, entretanto, não como um amigo, mas como um parceiro de batalha. A dinâmica entre a relação deles é bem diferente da entre Shana e Alastor; Marcosias serve como veículo para Margery, e ocasionalmente sofre abusos nas mãos dela, mas parecem ter os mesmos objetivos. No anime, Marcosias almeja as batalhas mais do que proteger o equilíbrio do mundo. Ele tem um "último ataque" chamado "Chama da Ilusão", que invoca uma forma parecida com unm dragão em torno da sua Flame Haze ao invés da sua forma usual de lobisomem; forma essa poderosa o bastante para danificar o Fuuzetsu. No anime, quando Margery torna-se apática por um tempo, Marcosias demonstra ao menos um pouco de sabedoria e compreensão para a situação dela. Contudo, ele rapidamente anima Margery, para ambos continuarem na luta contra os Tomogaras.

Wilhelmina Carmel (ヴィルヘルミナ・カルメル, Viruherumina Karumeru?) / "Manipuladora das Dez Mil faixas" (「万条の仕手」, "Banjō no Shite"?) (Flame Haze)

Wilhelmina é uma jovem que usa um uniforme de empregada todo o tempo. Ela é vinculada a Tiamat, a qual reside no receptáculo divino chamado Persona, que muda de forma entre uma fita de cabelo e uma máscara quando em batalha. Durante a grande guerra, a forma da Persona era uma tiara. O significado do seu título faz alusão a um jogador (no xadrez) que pode prever vários movimentos a frente.
Ela é uma das grandes Flame Hazes da época da grande guerra, lutando ao lado da sua amiga, Mathilde Saint-Omer (a "Caçadora de Olhos e Cabelos Flamejantes" anterior). Juntas, elas são como as sósias da combinação de "Par de Asas" entre os Reis de Guze Merihim e Illuyankas. Sua habilidade é a de controlar uma quantidade infinita de faixas que aparecem ao seu redor. Wilhelmina, que sempre fala demasiado formal e de maneira polida, praticamente não tem sentimentos. Ela é muito habilidosa em várias coisas, como cantar e trabalhsos domésticos, e é quem toma conta de Shana durante o treinamento dela no Tendōkyū. Cozinhar, entretanto, é uma das suas fraquezas; ese fato fica mais evidente na segunta temporada, depois da sua tentativa malsucedida na cozinha de Chigusa.
Wilhelmina não gosta de Yuji assim como uma mãe protetora pode não gostar do namorado da sua filha, e refere-se a ele constantemente como "o Mystes", mas depois de algum tempo, ela ocasionalmente refere-se a ele pelo próprio nome dele. Provavelmente isso é por causa do seu próprio desejo de ganhar a afeição de Shana. Wilhelmina, no anime, tentou matá-lo para mater o Reiji Maigo fora do alcance do Bal Masqué, mas foi impedida duas vezes por Shana. Na segunda temporada do anime, Wilhelmina começou a aceitar a presença do Yuji.
Na light novel, Yuji ataca e quase mata Wilhelmina com a Blutsauger, por ela ter feito Shana desistir à força de Yuji. Nesse momento, Tiamat a chamou de "Princesa", sugerindo que Wilhelmina nasceu numa família nobre. Wilhelmina sempre usa de arimasu, a forma contraída de desu encontrada normalmente na escrita, para terminar suas frases.

Tiamat (ティアマトー, Tiamatō?) / "Tira dos Sonhos e Ilusões" (「夢幻の冠帯」, "Mugen no Kantai"?) (Rainha de Guze)

Tiamat é a Rainha de Guze à qual Wilhelmina é vinculada. Ela é descrita pela sua própria Flame Haze como uma entidade altamente insociáve; ela é calada e direta, não dizendo nada além do necessário, normalmente num tom monótono e sem emoção.

Khamsin Nbh'w (カムシン・ネブハーウ, Kamushin Nebuhāu?) / "Mobilizador do Equipamento Cerimonial" (「儀装の駆り手」, "Gisō no Karite"?) (Flame Haze)

Khamsin é o Flame Haze contratado por Behemoth. Enquanto ele é um dos mais velhos Flame Hazes da história, talvez até milhares de anos, ele carrega consigo a aparência de um menino de 10 anos de idade. Enquanto Flame Haze, a sua função principal não é a de lutar contra Tomogaras, mas agir como um "afinador", removendo as distorções causadas pelas batalhas entre Flame Hazes e Tomogaras. Fora isso, Khamsin também pode participar de um combate, e tem a habilidade de criar e mover criaturas de pedra parecidas com golems e controlar pedras. Ele é muito poderoso, mas é mais conhecido pela sua precisão, ou melhor, a falta dela, nos seus ataques. No anime, Khamsin e Behemoth são chamados de "os esquisitos" por Margery Daw. Ele já foi um príncipe que tinha o sonho de se tornar um grande guerreiro, mas quando ele se tornou um Flame Haze para se afastar de Guze, ele foi esquecido por todos, preço a pagar pelo contrato.

Behemoth (ベヘモット, Behemotto?) / "Ponta Afiada e Aguçada" (「不抜の尖嶺」, "Fubatsu no Senrei"?) (Rei de Guze)

Behemoth é o Rei de Guze que reside no bracelete de Khamsin. Sua voz é como a de um homem velho. Com seu Flame Haze, sua missão não parece ser proteger o equilíbrio do mundo caçando Tomogaras, mas sim sintonizar os lugares cuja distorção é muito grande, como a cidade de Misaki, onde Friagne criou várias tochas na sua preparação para a Destruição da Cidade.

Yuri Chvojka (ユーリイ・フヴォイカ, Yurī Fuvoika?) / "Líder dos Espíritos" (「魑勢の牽き手」, "Chisei no Hikite"?) (Flame Haze)

Yuri é um menino de 16 anos de idade e um Flame Haze inexperiente, que usava um par de óculos desnecessários. Ele tem o poder de controlar pequenos animais e insetos, usando-os como mensageiros, espiões, e para medições, ou então abrigar-se dentro deles e voar como um bala de canhão. Ele era um imigrante ucraniano, cujo navio foi atacado por um dos Krakens (Tomogaras ligados ao mar) durante sua viagem à América. Já prestes a morrer, ele faz o contrato com Valac e derrotou o Tomogara, mas não conseguiu salvar sua família e os outros passageiros. Quando chegou à América, ele trabalhou para o East Edge. Desde que Yuri completou sua vingança rapidamente, ele não pôde desenvolver o ódio ou a paixão vital pela causa da Flame Haze e ele necessitava da frieza e racionalidade necessárias para a sobrevivência. Ele até desejou proteger outras pessoas com a sua própria vida, atitude essa considerada perigosa pelas outras Flame Hazes. Ele encontrou Margery, que teve seu primeiro contato com Annaberg e Sydonay, e quis ajudá-la, mas foi rejeitado. Mesmo assim, ele entrou na batalha, salvando Margery e derrotando Annaberg. Com pouca energia restante, ele tentou lutar com Sydonay, mas recebeu um golpe fatal, e foi pego no fogo cruzado entre ele e Margery, morrendo logo em seguida.

Valac (ウァラク, Waraku?) / "Presidenta dos Répteis" (「虺蜴の帥」, "Kieki no Sui"?) (Rainha de Guze)

Valac é a Rainha de Guze que se expressa através do receptáculo divino com a forma de uma faca, a Goverla. Ela tem uma voz cansada, além de se dirigir ao Yuri com carinho. Ela teve muitos parceiros antes dele, os quais muitos eram poderosos, mas suicidas vingativos que não viverm por muito tempo.

East Edge (イーストエッジ, Īsuto Ejji?) / "Convocador do Rio Estrelado" (「星河の喚び手」, "Seiga no Yobite"?) (Flame Haze)

East Edge é um Flame Haze nativo americano que coordena a Outlaw disfarçada como uma agência de notícias em Nova Iorque e que cuidou de Yuri. Ele desprezou o termo "Novo Mundo" criado pelos europeus. Ele é um das quatro Flame Hazes chamadas "Os Quatro Deuses da Terra", que protegeu o continente por séculos. No século XIX, os Quatro Deuses e seus colegas tramaram destruir o governo dos EUA para libertar seus companheiros nativos que sofreram com a invasão do povo branco. Muitas Flame Hazes tentaram impedir a trama, travando uma guerra civil entre dois grupos de Flame Hazes, mas isso custou caro já que o equilíbrio do mundo entrou em colapso e os Tomogaras causaram estragos à vontade. Os Quatro Deuses não tiveram escolha a não ser abandonar o plano, juntamente com o desejo de proteger o mundo que se expandiu sacrificando seus companheiros e a Terra. Com a sugestão de um afinador, cada um deles fundou uma das quatro Outlaws das quatro maiores cidades das Américas do Norte e do Sul.

Quetzalcóatl (ケツアルコアトル, Ketsuarukoatoru?) / "Tempestade de Ecos da Iluminação" (「啓導の籟」, "Keidō no Fue"?) (Rei de Guze)

Quetzalcóatl é o Rei de Guze que foi contratado pelo East Edge. Ele se expressa através de um medalhão esculpido em pedra com uma fala curta, mas grave e forte. Durante a guerra civil, ele concordou com a destruição dos EUA juntamente com o seu parceiro.

Rinnes e Guze no Tomogaras[editar | editar código-fonte]

Friagne (「狩人」フリアグネ, "Kariudo" Furiagune?) (Senhor de Guze)

Friagne, conhecido também como "Torturador de Flame Hazes", têm no significado do seu nome o seu trabalho, "caçador de tesouros". Ele é um Tomogara poderoso vestido num manto de um branco impecável. Diferentemente dos outros Tomogaras, ele não participa de nenhuma organização, como o Bal Masqué. Ele tem uma relação muito íntima com a sua boneca favorita, Marianne. Ele veio à cidade de Misaki para executar um notório Poder Irrestrito "Devoração da Cidade" para ganhar Poder de Existência suficiente para transformar Marianne numa existência independente, ao invés de um Rinne que depende do seu mestre para sobreviver. Friagne coletou muitos hougus (vide Terminologia), uma alusão à uma montanha de tesouros de uma história extra em Guren, os quais todos são inúteis. Essa é também a razão de ele ter a maior coleção de hougus: muitos deles não são usados em batlhas. Mais tarde ele encontra seu fim nas mãos de Shana. Em todas as versões da série exceto o anime, ele foi queimado pela ira de Alastor, que se materializou quando quando Friagne, furioso, acertou Shana com o Triggerhappy, golpe fatal que matou várias outras Flame Hazes, exceto Shana.

Marianne (マリアンヌ?) (Rinne)

Marianne é uma das Rinner servas de Friagne. Este aparenta estimá-la mais do que a sua própria saúde. Ela normalmente assume a forma de uma boneca. A fim de ganhar tempo para completar a sequência da "Devoração da Cidade", ela luta contra Shana e explode pelo amor do seu mestre.

Lamis (「屍拾い」/「螺 旋の風琴」ラミー, "Shikabane Hiroi"/"Rasen no Fūkin" Ramis?) (Guze no Tomogara)

Lamis é a Tocha de um homem idoso sob o controle de um Guze no Tomogara com o propósito de viajar em segredo. Lamis coleta Poder de Existência deTochas que estão prestes a desaparecer e é um dos poucos Tomogaras que respeitam o equilíbrio do mundo. Assim como o apelido "Recuperador de Cadáveres" indica, ele apenas tira o poder de Tochas que pereceriam a qualquer momento. Lamis é um mestre mago, renomado pelos seus feitos passados de criação do mais notável Método Irrestrito, o Fuuzetsu. Ele é um velho conhecido de Alastor, mas não participa de batalhas.
O nome da Guze no Tomogara que reside em Lamis é a "Rasen no Fuukin (O Órgão Espiral)"; no passado, ela usou o nome "Leanan-sidhe", e assumiu a forma de uma jovem garota que se apaixonou por um humano pintor, o qual flagrou-a consumindo humanos, uma das possíveis razões que a fizeram parar de consumir humanos mais tarde. Ela foi capturada e aprisionada por um Rei de Guze por tantos anos que, ao ser libertada, foi procurar o pintor, que ainda a amava, e descobriu que ela havia morrido de velhice. Ele havia pintado um quadro da Rasen no Fuukin mas foi danificada fatalmente, e agora ela procura Poder de Existência suficiente para convocar um Método Irrestrito que restauraria a pintura.

Sorath (「愛染自」ソラト」, "Aisenji" Sorato?) (Guze no Tomogara)

Sorath é um garoto de aparência extravagante, continuamente perplexo diante do fato de ser o irmão mais velho de Tiriel, e é submetido à paixão e aos caprichos da sua irmã mais nova. Com a "Butsuyoku" (um hougu em forma de arma) ele usa "o senso olfativo do desejo" para procurar Poder de Existência. Ele é armado com a espada Blutsauger (sanguessuga em alemão), que é capaz de danificar qualquer coisa que toca se o usuário direcionar poder de existência para ela. Ele é obsessivo, e está procurando pela Nietono no Shana (a espada de Shana). Sua obsessão pela espada acarretou na sua eliminação.

Tiriel (「愛染他」ティリエル, "Aisenta" Teirieru?) (Guze no Tomogara)

Tiriel é a irmã mais nova de Sorath. Apesar de ser a mais nova, ela pensa e age de uma maneira muito mais madura e ensina tudo para seu irmão. A relação entre eles é mais como incestuosa; Tiriel afirmou que seu único objetivo na vida é satisfazer todos os desejos do seu 'onii-sama' e protegê-lo. Ela o faz sem pena, mesmo que isso signifique o sacrifício do seu Poder de existência ou até mesmo a própria vida. Mas ela também é uma garota muito ciumenta, estrangulando Sorath quando ele pronuncia o nome de outras mulheres, como "Hecate". Ela pode usar um Método Irrestrito chamado "Jardim da Infância" com a ajuda de um Hougu, que altera o Fuuzetsu para que a área seja uma vantagem para os irmãos. Shana tem aversão à forma de expressar o amor, ainda que tenha ficado comovida pelo auto-sacrifício de Tiriel, aprendendo com ela o "sentimento incontrolável".

Merihim aka Shiro (「虹の翼」メリヒ ム, "Niji no Tsubasa" Merihi System?) (Senhor de Guze)

Merihim é um dos nove lordes que se juntaram sob o Tomurai no Kane (とむらいの鐘?), a maior organização de tomogaras depois do Bal Masqué, fundada e liderada pelo lord "Hitugi no Orite" (「棺の織手」?) Asiz. Merihim e o lord em forma de dragão "Kōtetsuryū" (甲鉄竜?) Illuyanka foram temidos como o "Par de Asas", sendo os subordinados mais poderosos de Asiz. Foi aí que ele ganhou o título Niji no Kenshi (虹の剣士?). Wilhelmina o ama, mas Merihim é loucamente apaixonado por Mathilde, que por sua vez amava Alastor. Para cumprir a promessa feita entre ele e a sua amada, Merihim se transformou no esqueleto que Shana conhece como Shiro e treinou a sucessora do título "Caçadora dos Olhos e Cabelos Flamejantes". Sua promessa, entretanto, é a sua única motivação.

Dantalion (「探耽求究」ダン タリオン, "Tantankyūkyū" Dantarion?) (Senhor de Guze)

Dantalion é um famoso cientista maluco. Dantalion não é bem quisto, é até detestado pela maioria dos Tomogaras, e até entre o Bal Masqué, porque ele faz experimentos com a sua própria raça - e também é responsável por um experimento que criou algumas das Flame Hazes mais poderosas. Entre a Trindade, Bel Peol não gosta nem confia nele, e Sydonay o odeia, mas de alguma forma Hecate aparenta ser próxima dele, até chamando-o de ojisama (o cumprimento usando perante tios ou os mais velhos respeitáveis) e o protege a maior parte do tempo de se meter em confusões com o resto do pessoal. Ele não se importa com quem trabalha, seja ele Tomogara, humano ou até mesmo Flame Haze, desde que ele possa cumprir seu objetivo, podendo até aniquilá-los ao final. Ele criou vários dispositivos mecânicos, desde criaturas como o "Rinne" Cantate Domino 28 até grandes locomotivas. Ele também possui uma má fama por conduzir experimentos sem sentido, pelo bem da conduta dos experimentos, que ao final não serve a nenhum propósito a não ser causar alarme aos outros.

Pheles (「彩飄」フィレス, "Saihyō" Firesu?) (Senhora de Guze)

Outrora uma malandra que brincou com a vida de um alquimista maluco, Pheles é uma rainha que se apaixonou por um humano, Johan, o filho do alquimista. Para ficar com ele para sempre, esles criaram o tesouro mais precioso de Guze, o Hougu que pode conceder vida eterna ao Mystes que o possui: o Reiji Maigo. Graças ao Reiji Maigo, ela não precisa consumir existências humanas; ela pode obter o bastate para sobreviver através do Johan, sem o perigo de fazê-lo desaparecer. Devido a uma batalha contra o assassino do Bal Masqué, Sabrac, que feriu Johan gravemente, ela selou seu amor dentro do Reiji Maigo. Pheles, porém, não percebeu que Sabrac também colocou o Prateado simultaneamente dentro do Hougu. O Reiji Maigo foi então perdido, e agora ela o procura em toda parte usando o Método Irrestrito Kaze no Tenrin (風廼転輪?), uma cópia da própria que avisa quando o alvo é localizado. Johan toma o copo de Yuji à força para impedi-la de sacrificar o Mystes atual e trazê-lo de volta, e Pheles concorda com o desejo do seu amado. Antes de partir, ela dá a Yoshida um Hougu em forma de cruz chamado Giralda.
Pheles é amiga de Wilhelmina, a qual foi salva de uma armadilha feita pelo Tomogara Sabrac. Ela só aparece no final do episódio 20 da segunda temporada do anime, na sua busca pelo Reiji Maigo. Ela tenta libertar Johan na primeira vez, mas foi impedida por Margery, Wilhelmina e Shana. Na segunda vez que ela tenta libertá-lo, ela é atravessada pelo braço do Prateado, assim, inconscientemente, invocando Fecor, Konoe, e Hecate.

Mare (「戯睡郷」メア, "Gisuikyō" Mea?) (Guze no Tomogara)

Mare é a antagonista no jogo de PlayStation 2 Shakugan no Shana. Mare tmbém aparece na segunda temporada do anime, onde ela usa um Hougu para colocar Yuji num mundo dos sonhos "transiente mas eterno", onde ele revive eventos do passado como se estivessem acontecendo novamente.

Annaberg (「穿徹の洞」アナ ベルグ, "Sentetsu no Hora" Anaberugu?) (Guze no Tomogara)

Annaberg é um Tomogara fascinado pela civilização humana e suas criações, ainda que tenha a tendência de destruí-la para acelerar a velocidade da evolução. Ele tem uma aparência única, já que sua cabeça é um pressostato, e veste uma capa de soldado e um chapéu liso. Ele pode criar vapor a partir das luvas, as quais escondem sua presença ou o Poder de Existência, ainda que essa habilidade possa dar errado permitindo ao inimigo fazer um ataque surpresa.
Ele apareceu em Nova Iorque na década de 1930, com o Sydonay como guarda-costas, planejando destruir o Empire State Building, mas foi impedido por Margery e derrotado por Yuri.

Sabrac (「壊刃」サブラク, "Kaijin" Saburaku?) (Senhor de Guze)

Sabrac é um poderoso Rei de Guze que ganhou várias lutas contra as Flame Hazes. Ele é literalmente um assassino, frequentemente recebendo pedidos para matar certos alvos. Ele gosta de fazer longos discursos, e enquanto ele é visto descontente várias vezes, é difícil acompanhá-lo quando está com raiva. Seu hobby é colecionar armas com lâminas, desde espadas a katanas, utilizando-as frequentemente nas batalhas. Ele e Dantalion se odeiam, devido a uma transfiguração que o cientista fez com a espada mais nova de Sabrac, a Hystorix, transformando-a, sem permissão, numa lâmina parecida com uma broca.
Durante o combate, seu primeiro ataque é famoso pela sua insensibilidade com seu inimigo, e este pode ser convocado em um número infinito de alvos com o poder máximo. Seu Método Irrestrito, Stigma, faz com que os ferimentos do seu adversário cresçam ao passar do tempo. Esse feitiço é fatal para a maioria dos oponentes, e mesmo que este seja forte, o seu destino é incerto, e mesmo que sobreviva, a quantidade de ferimentos acumulados eventualmente faz Sabrac vitorioso.
Atualmente, Sabrac é um Lord desequilibrado com um corpo gigante ridículo, além de ter um visão, audição, e outros sentidos mais aguçados do que os de um ser humano. Ele esconde seu corpo combinando-o com a área escolhida como campo de batalha, permitindo-o lançar um ataque surpresa sem ser notato. O Sabrac humanoide que aparece depois do primeiro ataque detém a consciência do Sabrac, porém é praticamente invulnerável porque aquele é apenas uma forma criada a partir de uma pequena porção do seu corpo. Assim, ele pode resistir ou se recuperar de qualquer ataque indefinidamente.
Contratado pelo Bal Masqué, ele caçou o Engage Link e convocou uma parte do "Salmo da Grande Ordem" dentro do Reiji Maigo. Ele foi contratado novamente por Bel Peol e foi à cidade de Misaki, ferindo gravemente as Flame Hazes executando um ataque surpresa, e pôs outra parte do "Salmo" no Yuji. Mas sua arrogância permitiu a Wilhelmia curar-se do Stigma, e a Yuji especular o segredo de Sabrac e elaborar um plano para detê-lo, rompendo a conexão entre a forma humanoide e o corpo do Sabrac, anulando seu poder de regeneração e seu poder de fuga. Assim, Sabrac foi derrotado pela equipe de Flame Hazes, embora tenha conseguido escapar para o Seireiden com o poder do Gordian Knot. Mais tarde, Sabrac é visto conversando com Bel Peol e declarando que não há mais motivos para sua base ser no Seireiden. No 19º volume, Sabrac é devorado pela Sairei no Hebi.

Bal Masqué[editar | editar código-fonte]

Uma organização de Tomogaras que mudou-se para o mundo humano há vários milênios sob o comando do Grande Mestre e do Deus da Criação, o Sairen no Hebi (「祭礼の蛇」?). Depois de ser derrotado por Flame Hazes, a organização é liderada pela poderosa Tríade. Desde então, o Bal Masqué permaneceu pequena e tornou-se uma organização que suporta os Tomogaras, assim como a Outlaw e as Flame Hazes. Seu objetivo é concluir a "Grande Ordem", da qual ainda não se sabe muitos detalhes; o Método Irrestrito chamado "Salmo da Grande Ordem" e o Reiji Maigo, que reside no Yuji, são chaves vitais para seu plano. Os membros subordinados do Bal Masqué são divididos basicamente em três funções: os combatentes, chamados "Wanderers"; os rastreadores e batedores, chamados "Jaegers"; e os mensageiros, chamados "Heralds".

Sydonai / "Senhen" Shudonai (「千変」シュドナイ, lit. Sydonai das "Milhões de Formas"?) (Senhor de Guze)

Sydonai é um dos membros da Tríade, intitulado "General". Por algum tempo, ele permaneceu fora da organização, porque queria ser livre para fazer o que quisesse, como servindo de guarda-costas para os Tomogaras. Ele também aprecia a civilização humana o bastante para gostar de fumar cigarros. Contudo, após encontrar o Reiji Maigo, ele retornou à sua posição inicial. Normalmente ele tem a forma de um homem alto, usando óculos de sol e vestes escuras, mas com a sua grande habilidade de transfiguração, ele pode se transformar em várias quimeras sem fazer uso de feitiços, como os outros Tomogaras. Além disso, enquanto está em serviço como o General, ele empunha um Hougu em forma de lança chamado "Shintetu Nyoi" (神鉄如意?), que muda de forma e tamanho conforme a vontade de Sydonay. Com essa arma em mãos, ele lidera um exército de Tomogaras e Senhores de Guze, destruindo as principais Outlaws da Europa e China. Sydonay e Margery já lutaram no passado, luta descrita por ele como uma "reunião". Fora da Tríade, ele tem o maior cuidado por Hecate, resgatando-a mesmo se estiver no meio de uma batalha.

Hecate (「頂の座」ヘカテー, Itadaki no Kura Hekatē?) (Senhora de Guze)

Hecate, intitulada "Sacerdotisa", é uma das integrantes da Tríade. Ela também controla os movimentos do Seireiden, a base de operações do Bal Masqué. Uma garota baixa e pálida que veste uma capa branca e chapéu - empunhando um Hougu em forma de bastão chamado Trigon, ela não é de falar muito. Aparentemente Sydonay preocupa-se bastante com ela. Bel Peol sempre diz que ela possui "existência eterna". Sua posição é muito importante no que diz respeito aos planos com o Reiji Maigo, já que ela é a única que pode lidar com o poder dele e enviá-lo para todas as outras partes do Seireiden.
Hecate é uma pessoa triste, quieta, que tem o hábito de rezar - apesar de ela não ter ninguém para quem rezar, e apesar de Bel Peol considerar isso uma coisa esquisita a se fazer - e frequentemente lamenta por ser "vazia". No light novel, é subentendido que Hecate reza para o deus do Bal Masqué, a Serpente do Festival Cerimonial. Em contrapartida com o anime, na light novel Hecate é uma líder fria e temida pelo Bal Masqué inteiro. Seu hobby é escalar montanhas, e odeia alpinistas que sujam seus lugares favoritos, matando os que estão no seu alcance. Ela é extremamente habilidosa nas batalhas usando o Aster, uma Magia Irrestrita que dispara feixes de energia como uma chuva de meteoros. Ela tem uma flauta que pode invocar dragões de corpos de chama azul. Ela também toca essa flauta para anunciar o fim do ancoramento do Seireiden.
No anime, Hecate sincronizou com o Yuji, permitindo-a obter seu senso de "ser" para preencher o vazio dentro dela. O propósito da sincronização, porém, foi mais sinistro; ao soar da meia noite, o Reiji Maigo tentou restaurar o poder de existência do seu dono. Já que Yuji e Hecate estavam sincronizados no momento, o Reiji Maigo começou a emanar uma quantidade infinita de poder na tentativa de preencher Hecate, cuja capacidade é infinita. Ela considera os sentimentos obtidos da sincronização como sendo seus e não de seu dono original. Hecate foi derrotada quando Yuji mostra que os sentimentos, memórias e o ser que ele estava revelando não eram dela, e sim dele. Quando ele diz que Hecate estava tão vazia quanto antes da sincronização, e que ela não poderia preencher a si mesma com a consciência dos outros, ela é forçada a encarar o vazio que jaz no seu interior e agoniza, perdendo o controle da sincronização, do Seireiden e de si mesma, descarregando toda a energia armazenada desde a sincronização, energia essa que poderia destruir uma cidade inteira.
Na segunda temporada do anime, Fumina Konoe, uma estudante transferida, tem praticamente a mesma aparência de Hecate, e seu crescimento vinculado ao Yuji fez com que a preocupação de Shana e Yoshida chegasse ao máximo, que vai reduzindo gradativamente depois de uma sessão de estudos. No episódio 15, é revelado que Fumina era de fato um recipiente falso criado pela Hecate, que foi enviado inicialmente para vigiar o Reiji Maigo e selar o Prateado se tentasse escapar. A função secundária era de coletar suas memórias da interação dela com o Yuji e os outros. No último episódio da segunda temporada, dá a impressão de que as memórias e sentimentos de Fumina deram à Hecate sentimentos humanos, fazendo-a hesitar quanto à atirar em Yuji no último momento. Isso faz com que Yuji e Shana derrotem o Taimei Shihen, deixando para trás uma Hecate confusa que imagina o que haveria acontecido para ela ter feito isso. Nesse episódio, ela é mostrada derramando lágrimas.

Bel Peol / Gyakuri no Saisha Beru Peoru (「逆理の裁者」ベルペオル?) (Senhora de Guze)

Bel Peol é uma das integrantes da Tríade do Bal Masqué, intitulada "Estrategista". Ela tem a forma de uma humana com três olhos, mas tem um tapa-olho cobrindo seu olho direito. É uma personagem intrigante que não tem medo de manipular seus subordinados fiéis e mandá-los para a morte. Aparentemente ela tem o dom de induzir fidelidade nos seus subordinados, como Vine, e também é capaz de induzi-los a fazer tarefas perigosas a seu favor. suas habilidades estratégicas são balanceadas com uma aptidão considerável para combate.

Fecor / Rantei Fekorū (「嵐蹄」フェコルー?) (Senhor de Guze)

Fecor é um Senhor que parece um homem de negócios de meia-idade com características demoníacas, como chifres, um par de asas de morcego e uma longa cauda. Ele normalmente age como um guia do Seireiden, cumprimentando Tomogaras e Senhores na entrada. Sendo polido e tímido, Tomogaras mais jovens como Vine o consideram apenas como um mero guia; mas na verdade, Fecor é o braço direito de Bel Peol, encarregado da defesa do Seireiden. Apesar da sua aparência e conduta, ele usa o Método Irrestrito defensivo poderoso e mortal chamado Magnesia, que cria uma tempestade de partículas pesadas, controladas de acordo com a vontade de Fecor e podendo variar desde pequenas partículas a grandes objetos.
Ele apareceu na cidade de Misaki como guarda-costas de Hecate, afastando as Flame Hazes dela usando seu poder.

Vine / Ryūgan Wine (「琉眼」ウィネ?) (Guze no Tomogara)

Vine é um Jaeger e subordinado de Bel Peol, descrito como um motociclista cujos olhos são a única parte visível do seu corpo, por causa da sua. Ele levou o Gordian Knot, que pode ativar uma Magia Irrestrita com poder de destruição de larga escala, ao Tendoukyuu para parar a exaltação da nova Enpatsu Shakugan no Uchite (no caso, Shana).

Orgon / Senseirei Orugon (「千征令」オルゴン?) (Senhor de Guze)

Orgon é um Wanderer e subordinado de Bel Peol. É mostrado com um corpo transparente vestindo um antigo traje real francês. Enviado para uma missão relacionada à de Vine, com objetivo diferente mas com mesmo destino (Tendoukyuu), apenas para encontrar o seu antigo rival, Merihim.

Zarovee / Shūsan no Tei Zarōbi (「聚散の丁」ザロービ?) (Guze no Tomogara)

Um Jaeger cuja aparência é a de um senhor com um sorriso gentil. Ele pode se dividir em cinco duplicatas, cada uma delas vestindo roupas vermelhas, azuis, amarelas, verdes e rosa, entretanto são muito fracas, possuindo tão pouco poder de existência que nem Yuji nem as Flame Hazes conseguiram notar sua presença.

Bifrons / Kōgōga Bifuronsu (「吼号呀」ビフロンス?) (Guze no Tomogara)

Um Wanderer com corpo de chaminé, patas de inseto e uma cabeça em chamas que lembra uma máquina de tortura, o que o faz parecer uma vela gigante e desfigurada. Ele é coberto pelo Hougu Tarnkappe, que o concede velocidade e mobilidade. É habilidoso em destruir inimigos a longa distância com projéteis parecidos com pedregulhos, disparados pelo seu corpo em forma de canhão. Normalmente ele trabalha com Zarovee, contactando-o por celular.