Anexo:Lista de primatas da América Central

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ateles geoffroyi é encontrado em todos os países da América Central.

Pelo menos sete espécie de macacos são nativos da América Central. Uma oitava espécie Alouatta coibensis é frequentemente reconhecida, mas alguns autores o consideram como subespécie de Alouatta palliata.[1] Uma nona espécie Ateles fusciceps também é frequentemente reconhecida, mas alguns autores consideram como subespécie de Ateles geoffroyi.[2] Taxonomicamente, todos os primatas centro-americanos são classificados como Macacos do Novo Mundo. Cinco espécies pertencem à família Atelidae, que incluem os bugios, macacos-aranhas, macacos-barrigudos e os muriquis. Duas espécies pertencem à subfamília Cebinae (família Cebidae), que incluem os macacos-pregos e macacos-de-cheiro. Uma espécie pertence à subfamília Callitrichinae, que são os saguis e micos-leões, e uma pertence à família Aotidae, que são os macacos-da-noite.

Ateles geoffroyi é o único macaco encontrado em todos os países centroamericanos, e também ocorre na Colômbia, Equador e México.[1] [3] Outras espécies com ampla distribuição na América Central são Alouatta palliata, encontrado em cinco países, e o macaco-prego-de-cara-branca (Cebus capucinus), encontrado em quatro países.[4] [5] A. coibensis, Ateles fusciceps, Aotus zonalis e Saguinus geoffroyi são encontrados apenas no Panamá.[6] [7] [8] [9] Saimiri oerstedii também possui distribuição restrita, vivendo na costa do Oceano Pacífico na Costa Rica e em uma pequena porção do Panamá.[10] El Salvador é o país com o menor número de espécies, e somente A. geoffroyi é encontrado lá. Panamá é o que possui o maior número, oito espécies, e a única espécie que não ocorre neste país e Alouatta pigra.

Alouatta palliata possui uma ampla distribuição geográfica dentro da América Central.

S. geoffroyi é o menor macaco centroamericano, pesando, em média, 500 g.[11] S. oerstedii e A. zonalis são quase tão pequenos quanto, tendo ambos, cerca de 1 kg.[12] [13] Alouatta pigra possui os mais pesados machos, tendo em média 11 kg.[14] Em segundo lugar de peso, os machos de Ateles geoffroyi são os mais pesados, com cerca de 8 kg.[14] [15]

Um macaco centroamericano, Ateles fusciceps, é considerado como "criticamente em perigo" pela IUCN.[7] Ateles geoffroyi e Alouatta pigra são considerados como "em perigo".[3] [16] Saimiri oerstedii já foi considerado como "em perigo", mas atualmente é uma espécie vulnerável, desde 2008.[10] Alouatta coibensis também é considerado "vulnerável".[6] O macaco-prego-de-cara-branca, Alouatta palliata e Saguinus geoffroyi são todos considerados espécies em "baixo risco" de extinção.[4] [5] [9]

Observar macacos é uma atividade turística popular em partes da América Central.[17] [18] Na Costa Rica, áreas populares para tal atividade são o Parque Nacional Corcovado, o Parque Nacional Manuel Antonio, o Parque Nacional Santa Rosa, o Parque Nacional Guanacaste e a Reserva Biológica Lomas de Barbudal.[18] O Parque Nacional Corcovado é o único parque em que se observa as quatro espécies de primatas da Costa Rica.[19] O mais acessível Parque Nacional Manuel Antonio é o outro parque na Costa Rica em que se encontra Saimiri oertesdii, e o macaco-prego-de-cara-branca e Alouatta palliata também são comuns lá.[18] [20] [21] Dentro do Panamá, essas áreas incluem o Parque Nacional Darién, o Parque Nacional Soberanía e um número de ilhas Lago Gatún incluind a ilha de Barro Colorado.[18] [22] [23] Ademais, Saguinus geoffroyi pode ser observado no Parque Natural Metropolitano, dentro da Cidade do Panamá.[18] [24] Em Belize, o mais facilmente explorado é o Community Baboon Sanctuary que foi criado exatamente para a preservação de Alouatta pigra e agora contém mais de 1000 animais da espécie.[25] [26]

Chave[editar | editar código-fonte]

O macaco-prego-de-cara-branca é encontrado em quatro países da América Central.
Nome científico Nome científico da espécie
Nome comum Nome comum da espécie em português, que pode ser um termo genérico a outras espécies do mesmo gênero
Família Família ou subfamília de Macacos do Novo Mundo que a espécie pertence
Peso - Macho Peso médio do macho da espécie em kilogramas
Peso - Fêmea Peso médio da fêmea da espécie em kilogramas
Estado de conservação Estado de conservação segundo a IUCN
Países Países em que a espécie ocorre; países fora da América Central estão em itálico

Espécies de primatas centro-americanos[editar | editar código-fonte]

Saimiri oerstedii é restrito à Costa Rica e ao Panamá.
Saguinus geoffroyi é o menor macaco centro-americano.
Nome científico Nome comum Família Peso - Macho Peso - Fêmea Estado de conservação Países Referências
Alouatta coibensis[a] Bugio ou guariba Atelidae 7,150 kg (15 76 lb) 5,350 kg (11 79 lb) Status iucn3.1 VU.svg

Vulnerável

Panamá [6] [14]
Alouatta palliata Bugio ou guariba Atelidae 7,150 kg (15 76 lb) 5,350 kg (11 79 lb) Status iucn3.1 LC.svg

Pouco preocupante

Costa Rica, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Colômbia, Equador, México [4] [14]
Alouatta pigra Bugio ou guariba Atelidae 11,352 kg (25 03 lb) 6,434 kg (14 18 lb) Status iucn3.1 EN.svg

Em perigo

Belize, Guatemala, México [14] [16]
Aotus zonalis[b] Macaco-da-noite Aotidae 0,889 kg (1 96 lb) 0,916 kg (2 02 lb) Status none DD.svg

Dados deficientes

Panamá, Colômbia [8] [13]
Ateles fusciceps[c] Macaco-aranha Atelidae 8,890 kg (19 60 lb) 8,800 kg (19 40 lb) Status iucn3.1 CR.svg

Criticamente em perigo

Panamá, Colômbia, Equador [7] [15]
Ateles geoffroyi Macaco-aranha Atelidae 8,210 kg (18 10 lb) 7,700 kg (16 98 lb) Status iucn3.1 EN.svg

Em perigo

Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Colômbia, México [3] [14]
Cebus capucinus Macaco-prego-de-cara-branca, caiarara Cebinae 3,668 kg (8 09 lb) 2,666 kg (5 88 lb) Status iucn3.1 LC.svg

Pouco preocupante

Costa Rica, Honduras, Nicarágua, Panamá, Colômbia, Equador [5] [12]
Saguinus geoffroyi Sagui Callitrichinae 0,486 kg (1 07 lb) 0,507 kg (1 12 lb) Status iucn3.1 LC.svg

Pouco preocupante

Panamá, Colômbia [9] [11]
Saimiri oerstedii Macaco-de-cheiro Saimiriinae 0,829 kg (1 83 lb) 0,695 kg (1 53 lb) Status iucn3.1 VU.svg

Vulnerável

Costa Rica, Panamá [10] [12]

Notas de rodapé[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Rylands, Groves, Mittermeier, Cortes-Ortiz & Hines. In: Estrada, A.; Garber, P. A.; Pavelka, M.S.M.; Luecke, L.. New Perspectives in the Study of Mesoamerican Primates: Distribution, Ecology, Behavior and Conservation.. Nova Iorque: Springer, 2005. Capítulo: Taxonomy and Distributions of Mesoamerican Primates. , 29-79 pp. ISBN 978-0-387-25854-6
  2. a b Collins, A.. In: Campbell, C.. Spider Monkeys. [S.l.]: Cambridge University Press, 2008. 50–67 pp. ISBN 978-0-521-86750-4
  3. a b c Cuarón, A.D., Morales, A., Shedden, A., Rodriguez-Luna, E. & de Grammont, P.C. (2008). Ateles geoffroyi (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 06 de abril de 2013.
  4. a b c Cuarón, A.D., Shedden, A., Rodríguez-Luna, E., de Grammont, P.C., Link, A., Palacions, E. & Morales, A. (2010). Alouatta palliata (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2013.
  5. a b c Causado, J., Cuarón, A.D., Shedden, A., Rodríguez-Luna, E. & de Grammont, P.C. (2008). Cebus capucinus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2013.
  6. a b c d Cuarón, A. D., Shedden, A., Rodríguez-Luna, E., de Grammont, P. C. & Link, A. (2008). Alouatta palliata ssp. coibensis (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2013.
  7. a b c Cuarón, A.D., Shedden, A., Rodríguez-Luna, E., de Grammont, P.C. & Link, A. (2008). Ateles fusciceps (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2012.
  8. a b Cuarón, A.D., Palacios, E., Morales, A., Shedden, A., Rodriguez-Luna, E. & de Grammont, P.C. (2008). Aotus zonalis (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2013.
  9. a b c Marsh, L., Cuarón, A.D. & de Grammont, P.C. (2008). Saguinus geoffroyi (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2013.
  10. a b c Wong, G., Cuarón, A.D., Rodriguez-Luna, E. & de Grammont, P.C. (2008). Saimiri oerstedii (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2013.
  11. a b Defler, T.. Primates of Colombia. [S.l.]: Conservation International, 2004. 163–169 pp. ISBN 1-881173-83-6
  12. a b c Jack, K.. In: Campbell, C., Fuentes, A., MacKinnon, K., Panger, M., & Bearder, S.. Primates in Perspective. [S.l.]: The Oxford University Press, 2007. 107–120 pp. ISBN 978-0-19-517133-4
  13. a b Fernandez-Duque, E.. In: Campbell, C., Fuentes, A., MacKinnon, K., Panger, M., & Bearder, S.. Primates in Perspective. [S.l.]: The Oxford University Press, 2007. 139–154 pp. ISBN 978-0-19-517133-4
  14. a b c d e f Di Fiore, A. and Campbell, C.. In: Campbell, C., Fuentes, A., MacKinnon, K., Panger, M., & Bearder, S.. Primates in Perspective. [S.l.]: The Oxford University Press, 2007. 155–177 pp. ISBN 978-0-19-517133-4
  15. a b Rowe, N.. The Pictorial Guide to the Living Mammals. [S.l.]: Pogonias Press, 1996. p. 113. ISBN 0-9648825-0-7
  16. a b Marsh, L.K., Cuarón, A.D., Cortés-Ortiz, L., Shedden, A., Rodríguez-Luna, E. & de Grammont, P.C, (2008). Alouatta pigra (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 13 de abril de 2013.
  17. Reid, R. & Attwooll, j.. Central America on a Shoestring. [S.l.]: Lonely Planet, 2007. 30, 722 pp. ISBN 978-1-74104-596-3
  18. a b c d e Hunter, L. & Andrew, D.. Watching Wildlife in Central America. [S.l.]: Lonely Planet Publications, 2002. 147–151 pp. ISBN 1-86450-034-4
  19. Hunter, L. & Andrew, D.. Watching Wildlife in Central America. [S.l.]: Lonely Planet Publications, 2002. p. 97. ISBN 1-86450-034-4
  20. Greenspan, E.. Frommer's Costa Rica 2007. [S.l.]: Wiley Publishing, 2006. p. 88. ISBN 0-471-94440-8
  21. Hunter, L. & Andrew, D.. Watching Wildlife in Central America. [S.l.]: Lonely Planet Publications, 2002. p. 100. ISBN 1-86450-034-4
  22. Schrek, K.. Frommers Panama. [S.l.]: Wiley Publishing, 2007. 74–75 pp. ISBN 978-0-470-04890-0
  23. Friar, W.. Moon Handbooks–Panama. [S.l.]: Avalon Travel Publishing. 115–117 pp. ISBN 978-1-56691-579-3
  24. Schrek, K.. Frommers Panama. [S.l.]: Wiley Publishing, 2007. p. 121. ISBN 978-0-470-04890-0
  25. Hunter, L. & Andrew, D.. Watching Wildlife in Central America. [S.l.]: Lonely Planet Publications, 2002. 76–78 pp. ISBN 1-86450-034-4
  26. Sluder, L.. Fodor's Belize. 3rd ed. [S.l.]: Random House, Inc., 2009. p. 48. ISBN 978-1-4000-1941-0
  27. Groves, C.. In: Wilson, D.E. & Reeder, D.M.. Mammal Species of the World. 3rd ed. [S.l.]: Johns Hopkins University Press. p. 140. ISBN 0-8018-8221-4
Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Primatas.

Ver também[editar | editar código-fonte]