Anexo:Lista de reivindicações de soberania

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este anexo ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Outubro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, List of active autonomist and secessionist movements (inglês) e melhore este artigo conforme o guia de tradução.

Este artigo pretende listar os países, as regiões e os territórios do mundo onde há estados em disputa de territórios ou movimentos reivindicando a independência, soberania ou autonomia política.

Há também casos como a Irlanda do Norte, em que a reivindicação não é por soberania ou autonomia, mas pela transferência de soberania para outro estado (respectivamente, a República da Irlanda).E também a região dos Flandres, na Bélgica, que reivindica a soberania para os Países Baixos.

A listagem está separada por continente.

África[editar | editar código-fonte]

Argélia[editar | editar código-fonte]

África do Sul[editar | editar código-fonte]

Angola[editar | editar código-fonte]

Cabinda

Camarões[editar | editar código-fonte]

  • Bakassi
    • Estado Proposto: República Democrática de Bakassi

Comores[editar | editar código-fonte]

Egito[editar | editar código-fonte]

Etiópia[editar | editar código-fonte]

França (África)[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Réunion.svg Reunião
    • Partido Político: Lorganizasion Popilèr po Libèr nout Péi - Lplp - Frente Popular para a Libertação Nacional - combinando : Nasion Rénioné, Mar, Drapo rouz, Patriot rénioné e Mir.

Quênia[editar | editar código-fonte]

Maurício[editar | editar código-fonte]

Marrocos[editar | editar código-fonte]

Conflito no Saara Ocidental

Namíbia[editar | editar código-fonte]

Níger[editar | editar código-fonte]

Nigéria[editar | editar código-fonte]

República Democrática do Congo[editar | editar código-fonte]

Somália[editar | editar código-fonte]

Divisão da Somália

Senegal[editar | editar código-fonte]

Sudão[editar | editar código-fonte]

Tanzânia[editar | editar código-fonte]

Zâmbia[editar | editar código-fonte]

Ásia[editar | editar código-fonte]

Azerbaijão[editar | editar código-fonte]

China[editar | editar código-fonte]

 
[[Ficheiro:|300px|alt=|Regiões com movimentos separatistas.]]
Regiões com movimentos separatistas.

Geórgia[editar | editar código-fonte]

Índia[editar | editar código-fonte]

In nagaland.png Nagaland

Indonésia[editar | editar código-fonte]

Irã[editar | editar código-fonte]

Iraque[editar | editar código-fonte]

Área controlada pelo ISIS

Israel[editar | editar código-fonte]

Território Palestino

Laos[editar | editar código-fonte]

Myanmar[editar | editar código-fonte]

Paquistão[editar | editar código-fonte]

Filipinas[editar | editar código-fonte]

Rússia (parte asiática)[editar | editar código-fonte]

Síria[editar | editar código-fonte]

Sri Lanka[editar | editar código-fonte]

Tajiquistão[editar | editar código-fonte]

Tailândia[editar | editar código-fonte]

Turquia (parte asiática)[editar | editar código-fonte]

Uzbequistão[editar | editar código-fonte]

  • Group: Free Karakalpakstan National Revival Party.

Europa[editar | editar código-fonte]

Vários grupos étnicos na Europa estão buscando maior autonomia ou independência. Na União Europeia, vários desses grupos são membros da Aliança Livre Europeia. Em alguns casos, o grupo pede união com um país vizinho.

Bélgica[editar | editar código-fonte]

Mapa das comunidades línguísticas da Bélgica: flamenga (neerlandófona) ao norte, francófona ao sul e germanófona no extremo leste. Bruxelas é bilíngue (flamenga e francófona).

Bósnia e Herzegovina[editar | editar código-fonte]

Divisão na Bósnia (Srpska em Vermelho)

Croácia[editar | editar código-fonte]

Chipre[editar | editar código-fonte]

Divisão no Chipre

Dinamarca[editar | editar código-fonte]

Espanha[editar | editar código-fonte]

Regiões com movimentos separatista na Espanha: Galiza (amarelo), Astúrias (azul escuro), Leão (vermelho), Cantábria (marrom), Países Bascos (verde escuro), Aragão (azul claro), Países Catalães (verde claro), Andaluzia (laranja), Ilhas Canárias (rosa).

Finlândia[editar | editar código-fonte]

França (Europa)[editar | editar código-fonte]

Movimentos separatista na França: principais movimentos em preto (País Basco francês, Catalunha Francesa, Córsega, Bretanha), movimentos com participação eleitoral em cinza escuro (Normandia, Ocitânia, Alsácia, Savoia), e movimentos pequenos em cinza claro (Lorena, Borgonha, Franco-Condado).
Nações dentro do Estado francês: bretões (1), franceses (2), ocitanos (3), lorenos (4), alsácios (5), bascos (6), catalões (7) e córsegos (8).

Itália[editar | editar código-fonte]

Macedônia[editar | editar código-fonte]

Moldávia[editar | editar código-fonte]

Mapa da Moldávia: Gagaúzia (rosa) e Transnístria (laranja).

Países Baixos (Europa)[editar | editar código-fonte]

Polônia[editar | editar código-fonte]

Reino Unido (incluindo territórios associados na Europa)[editar | editar código-fonte]

Movimentos separatista nas Ilhas Britânicas: Irlanda Unida (lilás), Cornualha (laranja), Ilha de Man (vermelho), Escócia (azul escuro), Inglaterra (verde), Gales (amarelo), Guernesei (azul claro) e Jérsei (marrom).

República Checa[editar | editar código-fonte]

Rússia (Europa)[editar | editar código-fonte]

Mapa do Cáucaso.

Sérvia[editar | editar código-fonte]

Suécia[editar | editar código-fonte]

Ucrânia[editar | editar código-fonte]

República da Crimeia

América[editar | editar código-fonte]

Argentina[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

  • Bandeira do Rio Grande do Sul.svg Rio Grande do Sul
    • Grupos de Pressão: Movimento República Rio-grandense (MRR); Movimento Pampa Livre; e Movimento Rio Grande Livre.
    • Status: Os movimentos têm o objetivo de obter a independência do Rio Grande do Sul por meio de um plebiscito.[1]
  • Brazil Region Nordeste.svg Região Nordeste do Brasil
    • Grupo de Pressão: GESNI - Grupo de Estudos Nordeste Independente
    • Status: Afirma que as políticas econômicas adotadas pelo Brasil visam proteger as empresas do Sudeste e prejudicar o consumo dos nordestinos.
  • Bandeira do estado de São Paulo.svg São Paulo
    • Grupo de Pressão: Movimento São Paulo Independente
    • Status: Afirma que São Paulo poderia ser viável como um estado independente. Não há provas de qualquer apoio popular
    • Grupo de Pressão: Movimento República de São Paulo
    • Status: Ativo, realiza caminhada sempre em 9 de Julho, data magna do Estado de São Paulo, aniversário da Revolução de 1932
    • Grupo de Pressão: Movimento Liberdade Paulista
    • Status: Ativo, realiza passeatas, com atualização de conteúdo em seu site e sede oficial.
  • Bandeira de Minas Gerais.svg Minas Gerais
    • Grupo de pressão: Movimento Minas Gerais Independente

Canadá[editar | editar código-fonte]

Chile[editar | editar código-fonte]

Dinamarca (dependências na América)[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos (América do Norte)[editar | editar código-fonte]

México[editar | editar código-fonte]

Peru[editar | editar código-fonte]

Reino Unido (dependência na América)[editar | editar código-fonte]

São Cristóvão e Nevis[editar | editar código-fonte]

Trinidad e Tobago[editar | editar código-fonte]

Oceania[editar | editar código-fonte]

Austrália[editar | editar código-fonte]

Chile[editar | editar código-fonte]

Fiji[editar | editar código-fonte]

França (dependência na Oceania)[editar | editar código-fonte]

Kiribati[editar | editar código-fonte]

Nova Zelândia[editar | editar código-fonte]

Papua-Nova Guiné[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos (Oceânia)[editar | editar código-fonte]

Vanuatu[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MOVIMENTO PELA INDEPENDÊNCIA DO PAMPA. MOVIMENTO PELA INDEPENDÊNCIA DO PAMPA. Página visitada em 2009-04-10.
  2. MOVIMENTO O RIO É O MEU PAÍS. MOVIMENTO O RIO É O MEU PAÍS. Página visitada em 2014-01-01.
  3. Hutt River Independent - a edição é datada de "April 2005", porém o site foi atualizado pela última vez em maio de 2004.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]