Anexo:Lista de símbolos religiosos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este anexo ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Este anexo é uma lista de símbolos religiosos. Nela são descritos símbolos de algumas religiões. Esta lista não inclui todas as religiões, pois nem todas adotam um símbolo para representá-la. Em alguns casos abaixo também explica-se o porquê da religião ser representada por esse símbolo.

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Religião Descrição Símbolo
Judaísmo A Estrela de Davi é o maior símbolo do Judaísmo. Também chamado de Estrela (ou escudo) de Davi, representa os elementos do universo água, fogo, terra e ar, sendo seus símbolos variações do triângulo. Mas não se pode afirmar que foi realmente o símbolo do Rei Salomão nem o do Rei Davi.
Star of David.svg
Cristianismo A Cruz foi adotada como símbolo pelo Cristianismo por causa do mito de Jesus Cristo ter sido crucificado e representa a Santíssima Trindade: a extremidade superior representa Deus (o Pai) no Céu, a extremidade inferior representa Jesus Cristo (o Filho) na Terra e as duas extremidades horizontais representam o Espírito Santo. O símbolo usado pelo Cristianismo primitivo era o Peixe (Ichthys). Também já foi utilizado o Peixe em antigas tradições Babilônicas de Paganismo, podem ate ser comparadas ao chapéu que o Papa utiliza, que se chama Mithra Dagon. A forma da cruz vária de acordo com cada tradição, como a cruz latina, grega, cópta, de Santo Antão, lábaro etc. Porém, o Crucifixo é um símbolo bastante controverso, tendo talvez origem no culto de antigos Deuses Pagãos, diz o mito que Dionísio teria sido crucificado. Não tendo origem exata, o símbolo atualmente é usado como Símbolo do Cristianismo. Muita controversas há a respeito também da cruz invertida, atribuída a vertentes de Satanismo moderno como uma reversão do Cristianismo, sendo que a origem desta é devido ao fato de São Pedro ter sido crucificado de cabeça para baixo, pois este, não se considerava digno de ser crucificado da mesma forma que seu Mestre (Jesus).
Christian cross.svg
Hinduísmo O Om é , além do símbolo do Hinduísmo, o principal mantra do Hinduísmo. Assim como muitos outros mantras, este também está presente no Budismo e no Jainismo e representa o trimurti, isto é, o conjunto formado pelas três principais divindades hindus: Brahma, o Criador do universo; Vishnu, o Reformador do universo; e Shiva, o Destruidor (ou Transformador) do universo. Sua forma é semelhante à de um número três e, como os outros mantras, funciona como uma espécie de oração, mas não relata um diálogo direto com seus deuses.
Aum.svg
Budismo O símbolo do Budismo é a Roda Dharmica ou Dharmacakra. Apesar desta ser um símbolo admitido por todas as religiões dharmicas, como o Jainismo, tal símbolo é considerado o símbolo oficial do Budismo. É um círculo com oito braços surgidos no centro apontando direções diferentes. Cada um dos braços representa cada uma das oito práticas que constituem o Nobre Caminho Óctuplo: Compreensão Correta, Pensamento Correto, Fala Correta, Ação Correta, Meio de Vida Correto, Atenção Correta, Sabedoria Correta e Visão Correta.
Dharma wheel.svg

Ver também[editar | editar código-fonte]