Anexo:Lista dos maiores estádios do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maracanã, no Rio de Janeiro, o maior estádio do Brasil.
Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, o segundo maior estádio do Brasil.
Interior do Morumbi, em São Paulo, o terceiro maior estádio brasileiro e maior estádio particular.
Castelão, em Fortaleza, o quarto maior estádio brasileiro.
Mineirão, em Belo Horizonte, o quinto maior estádio brasileiro.
Estádio do Arruda, no Recife, o sexto maior estádio brasileiro.
Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o sétimo maior estádio brasileiro.
Estádio Parque do Sabiá, o nono maior estádio e o maior do interior brasileiro, localizado em Uberlândia.
Estádio Fonte Nova, o décimo maior estádio brasileiro, localizado em Salvador.
Estádio Beira-Rio, o oitavo maior estádio brasileiro, localizado em Porto Alegre.


Lista dos maiores estádios brasileiros é a lista de estádios de futebol, de acordo com o Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (CNEF) editado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 23 de agosto de 2013.[1]

Os estádios Vivaldão, Verdão e o Machadão, foram demolidos para a construção de novos estádios nos mesmos locais para a Copa 2014, sendo substituídos, respectivamente pela Arena Amazônia (42.374), Arena Pantanal (42.968 e posteriormente reduzido para cerca de 26.600) e o Arena das Dunas (42.086). O mesmo acontece com o Palestra Itália, onde está sendo construído a Allianz Parque (43.000).

Em construção encontra-se a Arena Corinthians em São Paulo com capacidade prevista para a Copa 2014 de 68.807 pessoas, sendo, posteriormente reduzida para cerca de 45.000 lugares.[carece de fontes?]

Atualmente o Grêmio figura com dois estádios na lista da CBF, porém o estádio Olímpico Monumental será implodido para construção de um condomínio pela construtora OAS sem data prevista.

Outros estádios, como o Kleber Andrade em Cariacica, José Olímpio da Rocha em Águia Branca, Zerão em Macapá, entre outros, apesar de constar na lista, encontram-se atualmente fechados para reformas, sem data definida para reabertura.

Para esta listagem, utilizaremos a capacidade liberada para os jogos, pois nem todos os estádios tem disponível a capacidade oficial reconhecida com uma medição oficial.

Os 50 Maiores[editar | editar código-fonte]

Aqui estão sendo listados os 50 maiores estádios do Brasil, tendo como base o CNEF (Cadastro Nacional de Estádios de Futebol) da CBF, divulgados em 23 de agosto de 2013.

Pos Estádio Cidade UF Capacidade[1]
1 Maracanã Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 78.838
2 Mané Garrincha Brasília Distrito Federal (Brasil) DF 72.788
12 Arena Corinthians São Paulo São Paulo SP 48.000
4 Estádio do Morumbi São Paulo São Paulo SP 66.795
5 Castelão Fortaleza Ceará CE 63.903
6 Mineirão Belo Horizonte Minas Gerais MG 61.846
7 Arruda Recife Pernambuco PE 60.044
8 Arena do Grêmio Porto Alegre Rio Grande do Sul RS 56.500
9 Beira-Rio [a] Porto Alegre Rio Grande do Sul RS 56.000
10 Estádio Municipal Parque do Sabiá Minas Gerais Minas Gerais MG 53.350
11 Arena Fonte Nova [b] Salvador Bahia BA 50.025
12 Prudentão Presidente Prudente São Paulo SP 45.954
13 Mangueirão Belém Pará PA 45.007
14 Estádio Olimpico Monumental Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul RS 45.000
15 Engenhão [a] Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 44.661
16 Albertão Teresina Piauí PI 44.200
17 Arena Pantanal [a][b] Cuiabá Mato Grosso MT 44.000
Arena da Amazônia [a] Manaus Amazonas AM
19 Arena Pernambuco São Lourenço da Mata Pernambuco PE 43.000
20 Arena das Dunas [a] Natal Rio Grande do Norte RN 42.000
Serra Dourada Goiânia Goiás GO
Allianz Parque São Paulo São Paulo SP
23 Arena da Baixada [a][b] Curitiba Paraná PR 41.000
24 Castelão São Luís Maranhão MA 40.000
25 Pacaembu São Paulo São Paulo SP 37.730
26 Barradão Salvador Bahia BA 35.000
27 Couto Pereira Curitiba Paraná PR 34.872
28 Teixeirão São José do Rio Preto São PauloSP 32.168
29 Pituaçu Salvador Bahia BA 32.157
30 Arena Barueri Barueri São Paulo SP 31.452
31 Ilha do Retiro Recife Pernambuco PE 30.520
32 do Café Londrina Paraná PR 30.300
33 Colosso da Lagoa Erechim Rio Grande do Sul RS 30.000
Douradão Dourados Mato Grosso do Sul MS
35 Brinco de Ouro Campinas São Paulo SP 29.130
36 Boca do Jacaré Taguatinga Distrito Federal (Brasil) DF 27.000
37 Irmão Gino Maria Rossi Pouso Alegre Minas Gerais MG 26.000
38 Santa Cruz Ribeirão Preto São Paulo SP 25.000
39 São Januário Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 24.311
40 Morenão Campo Grande Mato Grosso do Sul MS 24.000
41 Boca do Lobo Pelotas Rio Grande do Sul RS 23.336
42 Independência Belo Horizonte Minas Gerais MG 23.018
43 Centenário Caxias do Sul Rio Grande do Sul RS 30.800
44 Canindé São Paulo São Paulo SP 21.004
45 Presidente Vargas Fortaleza Ceará CE 20.268
46 Arena Joinville Joinville Santa Catarina SC 20.160
47 Arena da Fonte Luminosa Araraquara São Paulo SP 20.000
Bezerrão Gama Distrito Federal (Brasil) DF
Kleber Andrade [a] Cariacica Espírito Santo (estado) ES
50 Alfredo Jaconi Caxias do Sul  Rio Grande do Sul 19.924

Demais estádios acima de 10 mil lugares[editar | editar código-fonte]

Posição Estádio Cidade UF Capacidade[1]
51 Alfredo Jaconi Caxias do Sul  Rio Grande do Sul 19.924
52 Majestoso Criciúma  Santa Catarina 19.900
Vail Chaves Mogi Mirim  São Paulo
54 Aflitos

Bento de Abreu

Recife

Marília

 Pernambuco

 São Paulo

align=right | 19.800
55 Orlando Scarpelli Florianópolis  Santa Catarina 19.584
56 da Cidadania Volta Redonda  Rio de Janeiro 19.183
57 Almeidão João Pessoa  Paraíba 19.000
O Amigão Campina Grande  Paraíba
59 Novelli Júnior Itu  São Paulo 18.560
60 Barão da Serra Negra Piracicaba  São Paulo 18.000
Bento Freitas Pelotas  Rio Grande do Sul
Ítalo del Cima Rio de Janeiro  Rio de Janeiro
Lacerdão Caruaru  Pernambuco
Limeirão Limeira  São Paulo
Luthero Lopes Rondonópolis  Mato Grosso
67 Ressacada Florianópolis  Santa Catarina 17.826
68 Moisés Lucarelli Campinas  São Paulo 17.728
69 Trapichão Maceió  Alagoas 17.126
70 Nabi Abi Chedid Bragança Paulista  São Paulo 17.022
71 Vila Capanema Curitiba  Paraná 17.000
72 Adail Nunes da Silva Taquaritinga  São Paulo 16.805
73 Anacleto Campanella São Caetano do Sul  São Paulo 16.744
74 Martins Pereira São José dos Campos  São Paulo 16.500
75 Sílvio Salles Catanduva  São Paulo 16.444
76 Alfredão Bauru  São Paulo 16.300
Décio Vitta Americana  São Paulo
78 Jóia da Princesa Feira de Santana  Bahia 16.274
79 Curuzu Belém  Pará 16.200
80 Herminio Ometto Araras  São Paulo 16.096
81 Dario Rodrigues Leite Guaratinguetá  São Paulo 16.095
82 Vila Belmiro Santos  São Paulo 16.068
83 Ipatingão Ipatinga  Minas Gerais 16.000
84 Melão Varginha  Minas Gerais 15.471
85 Montanha dos Vinhedos Bento Gonçalves  Rio Grande do Sul 15.269
86 Frasqueirão Natal  Rio Grande do Norte 15.082
87 Gilbertão Lins  São Paulo 15.064
88 Alfredo Chiavegato Jaguariúna  São Paulo 15.000
Aníbal Torres Costa Tubarão  Santa Catarina
Arapucão Jataí  Goiás
Campo dos Cordeiros São Gonçalo  Rio de Janeiro
Campos Maia Mirassol  São Paulo
Carlos Affini Paraguaçu Paulista  São Paulo
JK Itumbiara  Goiás
Moacyrzão Macaé  Rio de Janeiro
Maria Teresa Breda Olímpia  São Paulo
Vermelhão da Serra Passo Fundo  Rio Grande do Sul
99 Antonio Lins Ribeiro Guimarães Santa Bárbara D'Oeste  São Paulo 14.913
100 Lancha Filho Franca  São Paulo 14.686
101 Palma Travassos Ribeirão Preto  São Paulo 14.500
102 Francisco Nogueira Filho Mogi das Cruzes  São Paulo 14.384
103 Helenão Juiz de Fora  Minas Gerais 14.185
104 Anísio Haddad São José do Rio Preto  São Paulo 14.014
105 Batistão [a] Aracaju  Sergipe 14.000
106 Jayme Cintra Jundiaí  São Paulo 13.905
107 Walter Ribeiro Sorocaba  São Paulo 13.772
108 Arena da Floresta Rio Branco  Acre 13.700
109 Amaros Itápolis  São Paulo 13.444
110 1º de Maio São Bernardo do Campo  São Paulo 13.440
111 Otacília Patrício Arroyo Monte Azul Paulista  São Paulo 13.100
112 Fortaleza Barretos  São Paulo 13.007
113 Gigante do Norte Sinop  Mato Grosso 13.000
Oswaldo Scatena Batatais  São Paulo
115 Zezinho Magalhães Jaú  São Paulo 12.978
116 Jorge Ismael de Biase Novo Horizonte  São Paulo 12.872
117 Arena Condá Chapecó  Santa Catarina 12.817
118 Fumeirão Arapiraca  Alagoas 12.500
119 Serra do Lago Luiziânia  Goiás 12.300
120 Nhozinho Santos São Luís  Maranhão 12.188
121 Baenão Belém  Pará 12.000
Baixada Melancólica Santa Maria  Rio Grande do Sul
Caio Martins Niterói  Rio de Janeiro
Colosso do Tapajós Santarém  Pará
Correão Cabo Frio  Rio de Janeiro
Parque São Jorge São Paulo  São Paulo
127 Breno Ribeiro do Val Osvaldo Cruz  São Paulo 11.784
128 Rochedale Osasco  São Paulo 11.780
129 Lomantão Vitória da Conquista  Bahia 11.538
130 Adhermazão Araçatuba  São Paulo 11.274
131 Salgueirão Salgueiro  Pernambuco 11.000
132 Jonas Duarte Anápolis  Goiás 10.707
133 Domingão Horizonte  Ceará 10.400
134 Vavazão Maruim  Sergipe 10.235
135 Parque do Bacurau Cametá  Pará 10.230
136 Sócrates Stamato Bebedouro  São Paulo 10.200
137 Barretão Ceará-Mirim  Rio Grande do Norte 10.068
138 Antonio Gomes Viana Carapebus  Rio de Janeiro 10.000
Arena do Calçado Nova Serrana  Minas Gerais
Arena do Jacaré Sete Lagoas  Minas Gerais
Arena Guanabara Araruama  Rio de Janeiro
Augustinho Lima Sobradinho  Distrito Federal
Carneirão Vitória de Santo Antão  Pernambuco
Complexo Esportivo da Ulbra Canoas  Rio Grande do Sul
Complexo Esportivo Umuarama Umuarama  Paraná
Cristo Rei São Leopoldo  Rio Grande do Sul
Edson Passos Mesquita  Rio de Janeiro
Estrela D'Alva Bagé  Rio Grande do Sul
Felipão Paranavaí  Paraná
Frei Epifânio Imperatriz  Maranhão
Jair Siqueira Bittencourt Itaperuna  Rio de Janeiro
João Marcatto Jaraguá do Sul  Santa Catarina
Junco Sobral  Ceará
Nilton Santos Palmas  Tocantins
Odair Gama Três Rios  Rio de Janeiro
Olímpico Regional Cascavel  Paraná
Presidente Médici Itabaiana  Sergipe
Pedra Moura Bagé  Rio Grande do Sul
Ribeirão Tocantinópolis  Tocantins
Romeirão Juazeiro do Norte  Ceará
Teotônio Vilela Viçosa  Alagoas
Uberabão Uberaba  Minas Gerais
Zerão [a] Macapá  Amapá
14 de Dezembro Toledo  Paraná

Observações[editar | editar código-fonte]

  • a. ^ Estádios em obras, a capacidade informada é a estimada.
  • b. ^ Após a Copa do Mundo FIFA de 2014 será retirada arquibancada móvel e a capacidade será reduzida.
  • c. ^ Prevista a demolição em Outubro/2013.
  • Quando a capacidade dos estádios é a mesma, é ordenado por ordem alfabética.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c CNEF - Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (Rev. 4) (PDF) (em português brasileiro) pp. 96. CBF (23 de agosto de 2013). Página visitada em 19 de outubro de 2013.

|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}