Anexo:Lista temática dos presidentes do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coat of arms of Brazil.svg

Esta é uma lista de temática dos presidentes da República Federativa do Brasil de 1889 aos dias de hoje.

Forças Armadas[editar | editar código-fonte]

Presidentes que foram membros das Forças Armadas:

  1. Marechal Deodoro da Fonseca (18891891)
  2. Marechal Floriano Peixoto (18911894)
  3. Marechal Hermes da Fonseca (19101914)
  4. Marechal Eurico Gaspar Dutra (19461951)
  5. Marechal Castelo Branco (19641967)
  6. Marechal Costa e Silva (19671969)
  7. General Emilio Medici (19691974)
  8. General Ernesto Geisel (19741979)
  9. General João Figueiredo (19791985)

Obs.: Dentre nove militares que ocuparam a presidência da República, apenas dois foram eleitos por sufrágio universal direto, Gaspar Dutra e Hermes da Fonseca.

Governadores de São Paulo[editar | editar código-fonte]

Presidentes do Brasil que governaram o estado de São Paulo

  1. Prudente de Morais (18941898)
  2. Campos Sales (18981902)
  3. Rodrigues Alves (19021906)
  4. Rodrigues Alves (novamente eleito em 1918, faleceu antes de tomar posse)
  5. Washington Luís (19261930) deposto antes de terminar o mandato
  6. Júlio Prestes (eleito em 1930, não tomou posse)
  7. Jânio Quadros (1961)

Governadores de Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

Presidentes do Brasil que governaram o estado de Minas Gerais

  1. Afonso Pena (19061909)
  2. Venceslau Brás (19101914)
  3. Delfim Moreira (19181919)
  4. Artur Bernardes (19221926)
  5. Juscelino Kubitschek (19561961)
  6. Tancredo Neves (1985, faleceu antes de tomar posse)
  7. Itamar Franco (19921995; eleito governador de Minas Gerais após ter sido presidente da República).

Faculdade de Direito de São Paulo[editar | editar código-fonte]

Presidentes que estudaram na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo

  1. Prudente de Morais (18941898)
  2. Campos Sales (18981902)
  3. Rodrigues Alves (19021906)
  4. Afonso Pena (19061909)
  5. Venceslau Brás (19101914)
  6. Rodrigues Alves (novamente eleito em 1918, faleceu antes de tomar posse)
  7. Delfim Moreira (19181919)
  8. Washington Luís (19261930)
  9. Júlio Prestes (eleito em 1930, não tomou posse)
  10. José Linhares (19451946)
  11. Nereu Ramos (19551956)
  12. Jânio Quadros (1961)

Não concluíram o mandato[editar | editar código-fonte]

Presidentes que não concluíram o período constitucional

  1. Deodoro da Fonseca (18891891): forçado a renunciar ao cargo após tentar dissolver o Congresso Nacional.
  2. Afonso Pena (19061909): faleceu antes de concluir o período presidencial.
  3. Rodrigues Alves: presidente eleito em 1918, faleceu antes de tomar posse.
  4. Washington Luís (19261930): deposto pelas forças revolucionárias chefiadas por Getulio Vargas pouco antes de terminar o mandato.
  5. Júlio Prestes: presidente eleito em 1930, impedido de tomar posse pela Revolução de 1930.
  6. Getúlio Vargas (19511954): suicidou-se numa conjuntura de grave crise política.
  7. Jânio Quadros (1961): renunciou ao cargo.
  8. João Goulart (19611964): afastado do cargo em 31 de março de 1964 pelo golpe militar de 1964.
  9. Costa e Silva (19671969): afastado do cargo em 31 de agosto de 1969 por motivos de saúde e 6 de outubro de 1969 os ministros militares no exercício provisório da presidência da República decretaram "extinto" o seu mandato.
  10. Tancredo Neves: presidente eleito em 1985 pelo Colégio Eleitoral; faleceu antes de tomar posse.
  11. Fernando Collor (19901992): afastado pela Câmara dos Deputados em 2 de outubro de 1992; sofreu o impeachment em 29 de dezembro de 1992, apesar de tentar a renúncia.

Alma mater[editar | editar código-fonte]

Instituição de Ensino Superior em que estudaram:

Vice-presidentes[editar | editar código-fonte]

Vice-presidentes que substituíram de forma definitiva o titular na Presidência da República

  1. Floriano Peixoto (18911894): assumiu o cargo em virtude de renúncia do titular (Deodoro da Fonseca).
  2. Nilo Peçanha (19091910): assumiu após o falecimento do titular (Afonso Pena)
  3. Delfim Moreira (19181919): tomou posse em lugar do titular (Rodrigues Alves), impedido por motivos de saúde e que viria a falecer em 16 de janeiro de 1919, sem ser empossado no cargo.
  4. Café Filho (19541955): assumiu o cargo, em razão da morte do titular (Getúlio Vargas).
  5. João Goulart (19611964): assumiu o cargo após a renúncia do titular (Jânio Quadros).
  6. José Sarney (19851990): tomou posse em lugar do titular (Tancredo Neves), impedido por motivos de saúde e que viria a falecer em 21 de abril de 1985, sem ser empossado no cargo.
  7. Itamar Franco (19921995): assumiu o cargo em razão de o titular (Fernando Collor) ter sido afastado pela Câmara dos Deputados.

Obs.: Em todas as vezes que os vice-presidentes foram chamados a assumir o cargo sucedendo o titular, a única que resultou no cumprimento integral do período foi quando José Sarney exerceu a presidência da República.

Fatos interessantes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]