Utilitários Unix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Anexo:Utilitários Unix)
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de programas de computador para o sistema operacional Linux e sistemas compatíveis, como o Unix.

Comentários[editar | editar código-fonte]

A linha de comando do sistema operacional Linux permite a realização de inúmeras tarefas através de seus comandos, de manipulação de arquivos a verificação do tráfego em rede. Para exibir uma descrição detalhada de cada comando abra uma console ou xterm e digite man comando, onde comando é o comando em questão. Outro detalhe muito importante! pratique cada comando muitas vezes até que se torne algo natural.

Comandos de manipulação de diretório[editar | editar código-fonte]

mkdir     cria um diretório      exemplo: mkdir docs
rmdir     exclui um diretorio (se estiver vazio)
rm -rf    exclui um diretório e todo o seu conteúdo
cd        entra num diretório (exemplo: cd docs) ou retorna para HOME
cd ~      vai direto para o diretório home do usuário logado.
cd -      volta ao último diretório acessado
pwd       exibe o local do diretório atual
ls        listar o conteúdo do diretório
ls -alh   mostra o conteúdo detalhado do diretório
ls -ltr   mostra os arquivos no formado longo(l) em ordem inversa(r) de data (t)
du -msh   mostra o tamanho do diretório em Megabytes
whereis   mostra onde se encontra determinado arquivo (binários)   exemplo: whereis samba
which     mostra qual arquivo binário está sendo chamado pelo shell quando chamado 
          via linha de comando

Dicas úteis[editar | editar código-fonte]

Qual o maior diretório?[editar | editar código-fonte]

Para obter uma listagem de diretórios em sistemas GNU/Linux, ordenados do maior para o menor, use o comando:

du -Sk | sort -nr | more

ou

du -Sh | sort -nr | more

para exibir resultado em UNID (Kbytes, Mbytes ou Gbytes)

O tamanho de cada diretório ou subdiretório[editar | editar código-fonte]

du -ach --max-depth=1 /var/
du -ach --max-depth=1 /var/  | sort -nr
du -ach --max-depth=1 /var/  | sort -nr | more

Criar diretórios dentro de diretorios[editar | editar código-fonte]

mkdir curso - Criará um diretório curso abaixo do diretório corrente.

mkdir -p teste teste1 teste2 teste3 - Criará vários diretórios;teste1 teste2 e teste3 abaixo do diretório corrente.

Criar uma árvore completa de diretórios[editar | editar código-fonte]

 mkdir -pv docs/{img/{fotos,icons,wallpapers,svg},textos/{artigos,man},tmp}

A regra aqui é a seguinte:

para cada pasta que conterá subpastas use "nome/{}"
dentro das chaves coloque os nomes separados por vírgula
e não esqueça de usar o parâmetro '-p' no começo do comando!

Comandos para manipulação de arquivos[editar | editar código-fonte]

cat      mostra o conteúdo de um arquivo binário ou texto
tac      semelhante ao cat mas inverte a ordem 
tail     mostra as últimas 10 linhas de um arquivo (util para ler logs)
head     mostra as primeiras 10 linhas de um arquivo
less     mostra o conteúdo de um arquivo de texto com controle
vi       editor de ficheiros de texto
vim      versão melhorada do editor supracitado
rm       remoção de arquivos (também remove diretórios)
cp      copia diretórios;   'cp -r' copia recursivamente
mv       move ou renomeia arquivos e diretórios
chmod    altera as permissões de arquivos ou diretórios
chown    altera o dono de arquivos ou diretórios
cmd>txt  cria um novo arquivo(txt) com o resultado do comando(cmd)
cmd>>txt adiciona o resultado do comando(cmd) ao fim do arquivo(txt)
touch    touch foo.txt - cria um arquivo foo.txt vazio; também altera data e 
         hora de modificação para agora
> arquivo.txt   mais rápido que o touch para criação de arquivos
split    divide um arquivo
recode recodifica um arquivo ex: recode iso-8859-15..utf8 file_to_change.txt
[mc] poderoso gerenciador de arquivos Midnight Commander, o mcedit (Editor de texto) faz parte da suíte.

Comandos para administração[editar | editar código-fonte]

man       mostra informações sobre um comando 
adduser   adiciona usuários
addgroup  adiciona grupos
apropos   realiza pesquisa por palavra ou string
df        reporta o uso do espaço em disco do sistema de arquivos
dmesg     exibe as mensagens da inicialização(log)
du        exibe estado de ocupação dos discos/partições
find      comando de busca ex: find ~/ -cmin -3
userdel   remove usuários
chfn      altera informação relativa a um utilizador
who       informa quem está logado no sistema
whoami    informa com qual usuário você está logado
passwd    modifica senha (password) de usuários
umask     define padrões de criação de arquivos e diretórios
ps        mostra os processos correntes
ps -aux   mostra todos os processos correntes no sistema
kill      manda um sinal para um processo. Os sinais SIGTERM e SIGKILL encerram o processo.
killall   manda um sinal para todos os processos.
nice      roda um programa com a prioridade desejada
renice    permite alterar a prioridade do programa estando em execução 
su        troca para o super-usuário root (é exigida a senha)
su user   troca para o usuário especificado em 'user' (é exigida a senha)
chown     altera a propriedade de arquivos e pastas (dono)
env       mostra variáveis do sistema
ntsysv    exibe e configura os processos de inicialização

Comandos para administração de rede[editar | editar código-fonte]

ifconfig   mostra as interfaces de redes ativas e as informações relacionadas a cada uma delas
route      mostra as informações referentes as rotas
mtr        mostra rota até determinado IP
nmap       lista as portas de sistemas remotos/locais atras de portas abertas. 
           Pode verificar sistema operacional em execução no host remoto.
netstat    exibe as portas e protocolos abertos no sistema.
iptraf     analisador de trafego da rede com interface gráfica baseada em diálogos
tcpdump    sniffer muito popular. Sniffer é uma ferramenta que "ouve" os pacotes 
           que estão passando pela rede.
traceroute traça uma rota do host local até o destino mostrando os roteadores intermediários
nslookup   consultas a serviços DNS
dig        testa a configuração do servidor DNS

Referências[editar | editar código-fonte]