Anfiarau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Abril de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Anfiarau (em grego: Αμφιάραος, transl. Amfiáraos) era um adivinho da corte de Argos, casado com Erifila, irmã do rei Adrasto.

Anfiarau era filho de Oicles, filho de Antiphates, filho do adivinho Melampo.[1]

Ele se casou com Erifila, filha de Talau e Lisímaca.[2]

Sabedor de que a guerra que o cunhado pretendia mover contra Tebas (os Sete contra Tebas) redundaria em sua própria morte, tentou dissuadi-lo, em vão, por meio de Erifila.

Morreu quando seu carro foi tragado num abismo aberto por Zeus, durante a guerra.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.