Angelita Habr-Gama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Angelita Habr-Gama (Ilha de Marajó) é uma professora titular de cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e Cirurgiã no Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Criou a Disciplina de Coloproctologia do Hospital das Clínicas da FMUSP

Angelita Gama é uma das mais renomadas cirurgiãs da história da Medicina Brasileira e uma referência mundial. É Presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva. Indicada pela Organização Mundial de Gastroenterologia (OMGE) como Coordenadora no Brasil do Programa de Prevenção do Câncer Colorretal. Fundou e preside a Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino (ABRAPRECI).

Foi a primeira mulher a se tornar Membro Honorário da centenária sociedade científica American Surgical Association desde 2002, (60ª dentre os membros dessa Sociedade no Exterior). Dentre os inúmeros prêmios, conquistou o Prêmio Mulheres Mais Influentes Forbes Brasil 2006 pela Revista Forbes Brasil. Cirurgiã com especialidade no Aparelho Digestivo, foi escolhida entre três mulheres selecionadas para a categoria. Primeiro médico latino-americano e a primeira mulher a integrar o seleto grupo de 17 Membros Honorários da European Surgical Association em 2006.

Linhas de pesquisa: Câncer Colorretal, Diagnóstico, Estadiamento, Prognóstico e Tratamento Doenças Inflamatórias do Intestino Grosso Doença de Chagas, Fisiologia Anorretal e Incontinência Anal, Constipação Intestinal Essencial, Cirurgia Laparoscópica, Colonoscopia Insuficiência Intestinal Grave.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]