Angelo Acciaiuoli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Angelo Acciaiuoli
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais
Arcipreste da Basílica Patriarcal Vaticana
Vice-Chanceler Apostólico

Título

Cardeal-bispo de Óstia-Velletri
Ordenação e Nomeação
Ordenação Episcopal 1376 ?
Cardinalato
Criação 17 de dezembro de 1384, pelo Papa Urbano VI
Brasão
Armoiries Famille Acciaiuoli.svg
Dados Pessoais
Nascimento Flag of Florence.svg Florença[2]
15 de Abril de 1340
Falecimento Pisa
31 de maio de 1408 (68 anos)[1]
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Angelo Acciaiuoli[3] (15 de abril de 1340 - 31 de maio de 1408) foi um cardeal italiano, Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais, Arcipreste da Basílica Patriarcal Vaticana e Vice-Chanceler Apostólico.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Eleito bispo de Rapolla em 3 de dezembro de 1375, renunciando a sua Sé em 1386. Transferido para a Sé de Florença em 1383.[2]

Foi criado cardeal-presbítero no consistório de 17 de dezembro de 1384, recebendo o título de São Lourenço em Dâmaso em 20 de novembro de 1385.[2] Legado no reino de Nápoles, como chefe das tropas enviadas em favor do rei Ladislau, de quem ele foi nomeado tutor; ele deixou a tutoria em 12 de fevereiro de 1390 e coroou o rei em Gaeta em 29 de maio de 1390, quando regressou a Roma. Decano do capítulo da catedral de Salisbury, 1390-3191. Ele foi para Florença, em 6 de fevereiro de 1395, retornando em 11 de maio de 1395.[2]

Passa para a ordem dos cardeais-bispos e recebe a sé suburbicária de Óstia-Velletri em 29 de agosto de 1397.[2] Arquidiácono dos capítulos das Catedrais de Exeter e Canterbury, 1400-1408. Nomeado embaixador na Hungria, deixando a legação em 8 de junho de 1403.[2]

Arcipreste da Basílica Patriarcal Vaticana em 1404. Nomeado Decano do Colégio dos Cardeais em junho de 1405. Nomeado vice-chanceler da Santa Igreja Romana em 29 de agosto de 1405.[4] Voltou para Roma a partir de Viterbo em 24 de setembro de 1406.[2]

Morreu em 31 de maio de 1408, em Pisa. Sepultado na catedral, mais tarde, provavelmente em 12 de junho de 1409, seu corpo foi transferido para Florença e sepultado no mosteiro fundado por Nicola Acciaiouli.[2]

Conclaves[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gcatholic.org
  2. a b c d e f g h The Cardinals of the Holy Roman Church
  3. Também chamado Angelo Acciaioli e Angelo Acciajuoli.
  4. Isso está de acordo com "Essai de liste générale des cardinaux. VI. Les cardinaux du Grand Schisme (1378-1417)". Annuaire Pontifical Catholique 1931, p. 134; Chacón, Vitæ, et res gestæ Pontificvm Romanorum et S. R. E. Cardinalivm, II, cols. 710, 727 e 772, diz que ele era chanceler desde 1394 até sua morte.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Benedetto Cavalcanti
External Ornaments of a Bishop.svg
Bispo de Rapolla

13751384
Sucedido por
Nicolò
Precedido por
Angelo Ricasoli
External Ornaments of a Bishop.svg
Bispo de Florença

13831386
Sucedido por
Bartolomeo Uliari
Precedido por
Bartolomeo di Coturno, O.F.M.
Cardeal
Cardeal-presbítero de São Lourenço em Dâmaso

13851397
Sucedido por
Giordano Orsini
Precedido por
Filipe d'Alençon
Cardeal
Cardeal-bispo de Óstia-Velletri

13971408
em oposição a João de Neufchâtel,
Leonardo Rossi da Giffoni e
Jean Allarmet de Brogny,
de obediência avinhonesa.
Sucedido por
Jean Allarmet de Brogny, após o fim do
Grande Cisma do Ocidente
Precedido por
Cristoforo Maroni
COA basilica template.svg
Arcipreste da Basílica Patriarcal Vaticana

14041408
Sucedido por
Antonio Calvi
Precedido por
Pietro Pileo da Prata
Cardeal
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais
Obediência romana

14051408
Sucedido por
Enrico Minutolo
Precedido por
Francesco Moricotti
Coat of arms Holy See.svg
Vice-Chanceler Apostólico

14051408
em oposição a Jean Allarmet de Brogny,
de obediência avinhonesa.
Sucedido por
Angelo Cino