Anite de Tegea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Anite de Tegea foi uma poetisa da Grécia Antiga, admirada por seus contemporâneos e subsequentes gerações por seus encantadores epigramas e epitáfios. Antípatro de Salônica a listou como uma das nove musas terrestres.

De acordo com algumas fontes ela era a líder de uma escola de poesia e literatura no Peloponeso, que também incluía o poeta Leônidas de Tarento.

Pelo menos 18 de seus epigramas, escritos no dialeto dórico, sobreviveram na Antologia Grega; acredita-se que outros seis também tenham sido escritos por ela. Mesmo assim, nós temos mais poemas completos escritos por Anite do que por qualquer outra mulher grega, uma vez que dos nove livros de Safo sobreviveram apenas fragmentos.

Ela foi a primeira a escrever epitáfios para animais, e uma das primeiras conhecidas a escrever vívidas descrições de natureza morta.

Links[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.