Anjou (província)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As armas do duque de Anjou, que se tornaram aquelas da província
As armas dos condes de Anjou
As armas da primeira Casa de Anjou atestadas desde Jofre V Plantageneta, mas provavelmente mais antigas

Anjou ou Anju1 é uma antiga província francesa correspondendo ao atual departamento de Maine-et-Loire. Ele permaneceu praticamente intacto: pouco modificado ao sul e ao oeste, ele foi amputado do craonnais e do pays de Céan (La Flèche) ao norte, e do cantão de Bourgueil a leste.

Sua capital é Angers, que deve seu nome ao povo celta da Gália Andécaves.

Anjou era dividido em Anjou Superior, ao norte do rio Loire, compreendendo:

e em Anjou Inferior, ao sul do Loire, e formado por

História[editar | editar código-fonte]

O Anjou foi na Idade Média um condado e depois um ducado.

O conde de Anjou subordinou os condes vizinhos e seus condados: Nantes, Vendôme, Maine, Mayenne e foi relacionado entre os grandes principados franceses.

Um de seus condes, Godofredo V Plantageneta, casou com Matilda, a filha do rei da Inglaterra e duque da Normandia Henrique I. O filho deles Henrique II reuniu sob sua autoridade a Inglaterra, a Normandia, Anjou e suas dependências, assim como a Aquitânia por seu casamento com Eleonor da Aquitânia, esposa repudiada do rei da França Luís VII. Isto deu origem à rivalidade secular entre os reinos da Inglaterra e da França, a guerra dos cem anos.

Henrique II acrescentou a suas possessões a Bretanha, que ele controlou militarmente e a quem ele deu como duque seu filho, ainda criança, Jofre II.

Anjou é também o nome de uma importante região vitífera francesa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.