Anma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Anma (chinês:按摩) é uma forma de massagem de origem chinesa assimilada e divulgada por terapeutas do Japão e da China. O nome da técnica deriva do nome de duas das manobras básicas que utiliza, o na (ou an), que significa apertar e o ma, que significa esfregar.

Essa terapia se baseia principalmente em pressionar e massagear pontos do corpo relacionados aos diversos meridianos estudados pela medicina tradicional chinesa, estimulando e promovendo uma cura natural, pois, quando estimulados, esses pontos aliviam a tensão muscular facilitando a circulação do sangue e da energia ("Ki" ou "Chi").

Sendo seu objetivo principal facilitar o fluxo de Chi no corpo, a Anma pode ser feita para a diminuição do estresse cotidiano que afeta a todos das grandes cidades causando então o relaxamento e o combate de diversas doenças como as disfunções de pressão arterial, asma, dores de cabeça, insônia e falta de vitalidade sexual.

Esta técnica também tem sido divulgada atualmente associada aos nomes: "Massagem Energética Japonesa", "Massagem Sentada" e "Quick Massage".

Origem e História[editar | editar código-fonte]

Arte Milenar de Massagem, mãe de todas as técnicas conhecidas no mundo.

[1] A origem do Anma remota à China, há 5000 anos, durante as dinastias Zhou e Qin, à época do Imperador Amarelo. É a técnica mais antiga praticada na Ásia, tendo influenciado o desenvolvimento de várias outras, como a massagem sueca, o shiatsu e a tui-ná.  Da China, a técnica, antes denominada AnMo, migrou para a Coréia, há cerca de 2000 anos, onde começou a ser chamada de AnMa.   Há 1700 anos, chegou ao Japão, onde obteve grande desenvolvimento, sobretudo devido ao trabalho de terapeutas cegos, que tornaram a técnica mais relaxante e confortante.  O método adotado é utilizado há mais de 300 anos, pela família de Mochizuki Sensei.

Na técnica do Anma, o corpo é submetido a estímulos através de manobras como o deslizamento, a rotação, o amassamento, a vibração e a rolagem com o objetivo de relaxar os tendões, que por sua vez relaxarão os músculos, que soltaram os ossos. Assim, recupera-se a simetria estrutural que reflete um corpo saudável e preparado para o stress do dia-a-dia.


Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Texto por: André Sangez