Annette Kellerman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Annette Kellerman
Annette Marie Sarah Kellerman
Annette Kellerman, em 1920
Nascimento 6 de julho de 1886
Marrickville, Nova Gales do Sul, Austrália
Morte 5 de novembro de 1975 (89 anos)
Southport, Queensland
Ocupação Nadadora, atriz, escritora

Annette Marie Sarah Kellerman (Marrickville, 6 de julho de 1886 - Southport, 5 de novembro 1975) foi uma nadadora, atriz de vaudeville e cinema, escritora e defensora da natação profissional austráliana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Annette Kellerman, em 1900

Kellerman nasceu em Marrickville, Nova Gales do Sul, Austrália, em 6 de julho de 1887, tendo como pais Frederick William Kellerman Austráliano, violinista e sua esposa Francesa, Alice Ellen Charbonnet, uma professora de música e piano.[1]

Com a idade de 6 anos, uma fraqueza em suas pernas exigiu o uso doloroso de cintas de aço para poder andar. A fim de continuar o tratamento, seus pais colocaram-na em aulas de natação, em Sydney. Com a idade de 13 anos, suas pernas estavam praticamente normais, e com 15, ela já havia dominado todos os segredos da natação e ganhou sua primeira prova. Nessa época, ela também estava competindo em provas de saltos ornamentais.[1]

Em 1902, Kellerman decidiu levar a sério a natação e, posteriormente, ganhou as provas de 100 jardas e a milha de Nova Gales do Sul no tempo recorde de 1 minuto, 22 segundos, e de 33 minutos, 49 segundos, respectivamente. Nesse mesmo ano, seus pais decidiram se mudar para Melbourne, e ela foi matriculada na escola aonde sua mãe havia aceitado um cargo de professora de música..[1]

Carreira de nadadora[editar | editar código-fonte]

Kellerman com seu famoso maio de uma peça

Em 24 de agosto de 1905, com 18 anos, Annette Kellerman foi a primeira mulher a tentar atravessar a nado o canal da mancha. Após tres tentativas frustradas, ela declarou: " Eu tinha a resistência, mas não a força bruta”

Kellerman ficou famosa por defender os direitos das mulheres usarem maios de uma peça, o que era um escandalo na época. De acordo com um jornal autraliano, "No início de 1900, as mulheres usavam pesadas combinações e calças quando nadavam. Em 1907, no auge de sua popularidade, Kellerman foi presa em Revere Beach, Massachusetts, por atentado ao pudor - ela estava usando um de seus maios de uma peça."[2]

A popularidade de seus maiôs de uma peça resultou na sua própria linha de roupa de banho para mulheres. Os maiôs "Annette Kellermans", como eram conhecidos, foram o primeiro passo para as roupas de banho femininas modernas.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Kellerman casou-se com seu empresário estadunidense, James Raymond Louis Sullivan, por volta de 26 de Novembro de 1912 em Danbury, Connecticut.[1]

Carreira no cinema[editar | editar código-fonte]

Em 1916, Kellerman se tornou a primeira grande atriz a fazer uma cena de nudez, quando ela apareceu totalmente nua no filme A Daughter of the Gods. Feito pela Fox Film Corporation. A Daughter of the Gods foi o primeiro filme de produção de milhões de dólares. Tal como muitos dos outros filmes de Kellerman, este é considerado um filme perdido, sem nenhuma cópia conhecida.

A maioria dos filmes de Kellerman tinham temas de aventuras aquáticas. Ela foi seu próprio dublê, realizando cenas perigosas, incluindo um mergulho de 28 metros no mar e 18 metros em uma piscina de crocodilos. Muitas vezes ela representava sereias chamadas Annette ou variações de seu próprio nome. Seus "filmes de conto de fadas", como ela chamava, começaram com The Mermaid , no qual ela foi a primeira atriz a vestir um traje de sereia que lhe permitisse nadar no filme, abrindo o caminho para as futuras sereias do cinema, como Glynis Johns, Esther Williams e Daryl Hannah. Ela desenvolveu seus próprios trajes de natação de sereia e, por vezes ela mesmo o fabricava.

Kellerman apareceu em um dos últimos filmes feitos em Prizma Color, Venus of the South Seas, uma co -produção EUA / Nova Zelândia, onde um trecho do filme colorido de 55 minutos, foi filmado embaixo dágua. Venus of the South Seas foi restaurado pela Biblioteca do Congresso estadunidense em 2004 e é o único longa-metragem estrelado por Annette Kellerman que existe em sua forma completa.

Publicações[editar | editar código-fonte]

Além dos filmes e a carreira no teatro, Kellerman escreveu vários livros incluindo, How To Swim(1918), Physical Beauty: How to Keep It (1919),e um livro de histórias infantis intitulado Fairy Tales of the South Seas (1926) e My Story, uma autobiografia não publicada. Ela também escreveu numerosos folhetos para correspondência sobre saúde, beleza e fitness.

Final da vida[editar | editar código-fonte]

Vegetariana de longa data, Kellerman era dona de uma loja de alimentação natural em Long Beach, Califórnia. Ela e seu marido voltaram a morar na Austrália em 1970, e em 1974, foi homenageada pelo International Swimming Hall of Fame em Fort Lauderdale, Flórida.[1] Ela permaneceu ativa até uma idade avançada, continuando a nadar e a fazer exercícios até pouco tempo antes de sua morte.

Precedida por seu marido na morte, Annette Kellerman morreu em um hospital em Southport, Queensland, Austrália, em 5 de novembro de 1975, aos 88 anos e foi cremada seguindo ritos católicos. Suas cinzas foram espalhadas na Grande Barreira de Corais. Ela não deixou filhos.[1]

Legado[editar | editar código-fonte]

Kellerman deixou sua grande coleção de roupas e material teatral como herança para o Sydney Opera House.[1] hoje, muitos de suas vestimentas originais e itens pessoais estão de posse do Powerhouse Museum em Sydney, Australia.

Ela foi retratada por Esther Williams no filme Million Dollar Mermaid (1952). Tem uma estrela com seu nome na Calçada da Fama, em Hollywood Boulevard.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Kellerman nos EUA em 1907
  • ''The Bride of Lammermoor: A Tragedy of Bonnie Scotland (1909)
  • Jephtah's Daughter: A Biblical Tragedy (1909)
  • The Gift of Youth (1909)
  • Entombed Alive (1909)
  • Siren of the Sea (1911)
  • The Mermaid (1911)
  • Neptune's Daughter (1914)
  • A Daughter of the Gods (1916)
  • National Red Cross Pageant (1917)

Referências

  1. a b c d e f g Walsh, G. P (1983). Kellerman, Annette Marie Sarah (1886 - 1975) Australian Dictionary of Biography Melbourne University Press. Visitado em 25 de dezembro de 2010.
  2. (March 2004) "Herstory: Annette Kellerman" (54).