António Salvado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
António Forte Salvado
Retrato de António Salvado
Nascimento 20 de Fevereiro de 1936
Castelo Branco
Nacionalidade Portugal português(a)
Ocupação Poeta e escritor
Profissão Professor

António Forte Salvado (Castelo Branco, 20 de Fevereiro de 1936) é um poeta e escritor português. Além de ser autor de uma extensa obra poética, é também autor de ensaios e antologias, tendo sido a sua obra reconhecida várias vezes com prémios nacionais e internacionais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Castelo Branco na zona antiga da cidade, mais concretamente na Rua d'Ega. O mais novo de cinco filhos, desde cedo se interessou pela literatura e poesia, tendo publicado o seu primeiro livro aos dezoito anos. Licenciou-se em Filologia Românica na Universidade de Lisboa. Vive actualmente em Castelo Branco.

Em 2010 foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.[1]


Poesia[editar | editar código-fonte]

  • A Flor e a Noite (1955);
  • Recôndito (1959)
  • Na Margem das Horas (1960)
  • Narciso (1961)
  • Díficil Passagem 1962)
  • Equador Sul (1963)
  • Anunciação (1964)
  • Cicatriz (1965)
  • Jardim do Paço (1967)
  • Tropos (1969)
  • Face Atlântica (1972)
  • Estranha Condição (1977)
  • Interior à Luz (1982)
  • ANTOlogia (1985)
  • La Universidad Pontifícia de Salamanca y sus cátedras de Poética y de Portugués tienen elhonor des presentar al poeta António Salvado (antologia, 1986)
  • L'horizon Démasqué (poemas traduzidos para Francês - 1990)

Referências

  1. Agraciamentos. Página visitada em 17 de Julho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Wikisource Textos originais no Wikisource
Commons Imagens e media no Commons