Antônia Frering

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Antônia Frering
Nome completo Tereza Antônia Mayrink Veiga Frering
Nascimento 12 de janeiro de 1965 (49 anos)
Rio de Janeiro, Brasil
IMDb: (inglês)

Tereza Antônia Mayrink Veiga Frering [1] (12 de janeiro de 1965, Rio de Janeiro), cujo nome artístico é Antônia Frering, é uma atriz ítalo-brasileira, tendo participado de seis filmes e de algumas peças de teatro.

É filha da socialite Carmen Teresinha Solbiati Mayrink Veiga e do empresário Antônio Alfredo Mayrink Veiga.

Pela sua avó materna, Maria de Lourdes de Lacerda Guimarães, descende duma tradicional família do sudeste brasileiro, e, pelo seu avô materno, o financista Enéas Solbiati, cônsul honorário do Reino da Itália na localidade, descende de elementos duma rica família de Milão, àquela época cidade pertencente ao Reino Lombardo-Vêneto (a partir de 1861 capital do Reino de Itália), que estabeleceram-se no Brasil no início do segundo reinado (1831-1889) do Império brasileiro (1822-1889), atuando no sistema bancário e cafeeiro da província de São Paulo. Ainda por sua avó materna, Antônia é bisneta do 2.° barão de Arari e sobrinha-bisneta do barão de Araras. Sua avó materna também era prima-irmã de Ana Paulina de Lacerda Guimarães, esta, casada com Antônio Álvares Leite Penteado, depois titulado pela Santa Sé, na pessoa do papa Pio X, como o conde de Álvares Penteado, sendo os últimos, pais de Armando Álvares Penteado, cuja metade da herança, como o mesmo manifestou no seu testamento, seria utilizada para a construção duma fundação. A instituição, quando fundada, foi escolhida chamar-se Fundação Armando Álvares Penteado, cujo acrônimo é FAAP. Também, sua avó materna vem a ser prima-irmã do senador Antônio de Lacerda Franco, também banqueiro e fazendeiro.

Pelo lado paterno, é neta do senador Antenor Mayrink Veiga, dono da multimilionária empresa Casa Mayrink Veiga. A empresa Casa Mayrink Veiga foi a representante de fornecedores de armamentos para o exército brasileiro e guarda nacional, desde a época do Império do Brasil (1822-1889), até os anos 1980 da atual República brasileira, sendo, após essa data, a própria fabricante dos armamentos. Acumulando uma vultosa fortuna com a guerra do Paraguai (1864-1870), e entre outros negócios que era dona, estão a rádio Mayrink Veiga, que foi fechada após o golpe militar de 1964.

Antônia é casada com o engenheiro e empresário Guilherme Augusto de Azevedo Antunes Frering, um dos herdeiros do multimilionário grupo Caemi, cujo controle acionário foi adquirido, em 2001, pela Companhia Vale do Rio Doce e pela Mitsui. Sendo seu marido neto do fundador do grupo, Augusto Trajano de Azevedo Antunes. Antônia e Guilherme moram em Londres, ao lado dos três filhos, Maria Teresa (1991), Guilherme (1986) e Antônio Lorenzo (1988).

Antônia formou-se em Letras pela Universidade Santa Úrsula, no Rio. Em Londres, descobriu-se como atriz, tendo participado de seis filmes e de algumas peças de teatro.

Na televisão[editar | editar código-fonte]

No cinema[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.