Anthony Hopkins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anthony Hopkins
Anthony Hopkins no Festival de Toronto (2010)
Nome completo Sir Philip Anthony Hopkins
Nascimento 31 de dezembro de 1937 (76 anos)
Port Talbot, Glamorgan,
 País de Gales
Ocupação Ator
Cônjuge Petronella Barker (1967–1972)
Jennifer Lynton (1973–2002)
Stella Arroyave (2003–presente)
Oscares da Academia
Melhor Ator
1992 - The Silence of the Lambs
Emmy Awards
Melhor Ator em Minissérie ou Filme
1977 - The Lindbergh Kidnapping Case
1982 - The Bunker
Prêmios Globo de Ouro
Prémio Cecil B. DeMille
2006 - Prêmio Honorário
BAFTA
Melhor Ator em Televisão
1972 - War and Peace
Melhor Ator Principal
1992 - The Silence of the Lambs
1994 - Shadowlands
IMDb: (inglês)

Sir Philip Anthony Hopkins, Kt, CBE (Port Talbot, 31 de Dezembro de 1937) é um ator britânico de cinema, televisão e teatro. Considerado como um dos maiores atores em atividade,[1] [2] [3] Hopkins é mais conhecido por interpretar o serial killer canibal, Hannibal Lecter, em The Silence of the Lambs (vencendo um Oscar de Melhor Ator), sua sequência Hannibal e sua prequência Red Dragon. Outros filmes proeminentes incluem The Lion in Winter, The Elephant Man, 84 Charing Cross Road, Dracula, Legends of the Fall, The Remains of the Day, Amistad e Nixon. Hopkins nasceu e foi criado no País de Gales. Mantendo sua cidadania britânica, ele se tornou cidadão americano em 12 de abril de 2000.[4] Os filmes de Hopkins se espalharam por uma variedade de gêneros, de filmes para a família até terror. Além de seu Oscar, Hopkins já venceu três BAFTA Award, dois Primetime Emmy Award e um Prêmio Honoráiro Cecil B. DeMille no Golden Globe.

Hopkins foi feito cavaleiro pela Rainha Elizabeth II em 1993 por seus serviços pela arte.[5] Ele recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 2003.

Infância[editar | editar código-fonte]

Hopkins nasceu em Port Talbot, País de Gales, filho de Muriel Yeats Annee e Richard Arthur Hopkins. Seus dias na escola foram improdutivos; ele preferia imergir-se em artes, como pintura e desenho, ou aprender a tocar piano, a ir as aulas. Em 1949, para instilar disciplina, seus pais insistiram que ele fosse para a West Monmouth School, em Pontypool. Ele ficou lá por cinco anos e foi então educado na Cowbridge Grammar School, no Vale de Glamorgan.[6] Ele foi influenciado e encorajado a se tornar um ator pelo compatriota Richard Burton (que também havia nascido em Neath Port Talbot, e que Hopkins conheceu rapidamente aos 15 anos. Com esse objetivo, ele se matriculou no Royal Welsh College of Music & Drama, em Cardiff, se formando em 1957.[5] Depois de dois anos servindo no Exército Britânico, ele se mudou para Londres e começou a treinar na Royal Academy of Dramatic Art.[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Papéis[editar | editar código-fonte]

Hopkins fez sua primeira aparição profissional no teatro no Palace Theatre, em Swansea, no ano de 1960 com a produção da peça Have a Cigarette.

Em 1965, depois de alguns anos, ele foi assistido por Laurence Olivier, que o convidou para se juntar a ele na Royal National Theatre.[5] Hopkins se tornou o reserva de Olivier, e o substituíu quando Olivier teve apendicite durante a produção de The Dance of Death, de August Strindberg. Olivier, mais tarde em sua memórias Confessions of an Actor, escreveu que, "Um jovem novo ator na companhia de promessa excepcional chamado Anthony Hopkins estava na minha reserva e pegou o papel de Edgar como um gato com um rato no seus dentes".[8]

Apesar de seu sucesso na Royal National Theatre, Hopkins ficou cansado de repetir os mesmos papéis noite após noite, ansiando por trabalhar em filmes. Ele estreou na televisão em 1967, no filme para a TV A Flea in Her Tea, da BBC. Em 1968, ele estreou no cinema no filme The Lion in Winter interpretando Ricardo I da Inglaterra, junto com Peter O'Toole, Katherine Hepburn e o futuro James Bond, Timothy Dalton.

Mesmo continuando no teatro, Hopkins pouco a pouco foi se afastando dos palcos, estabelecendo-se como um ator de filmes e televisão. A sua interpretação de Pierre Bezukhov no drama da BBC, War and Peace de 1972, foi particularmente memorável, com Hopkins vencendo um BAFTA Television Award de Melhor Ator. Desde então, ele foi desfrutar uma londa carreira de muitos aplausos e prêmios por suas interpretações. Hopkins se tornou Comandante do Império Britânico (CBE) em 1987, e um Knight Bachelor em 1993.[9] [10] Ele recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 2003.[11]

Hopkins afirmou que seu papel de Burt Munro, que ele interpretou no filme The World's Fastest Indian (2005), foi um de seus favoritos. Ele também disse que Munro foi o papel mais fácil que ele já teve, porque ambos possuem perspectivas semelhantes na vida.[12] Em 2006, Hopkins foi o recipiente do Prêmio Cecil B. DeMille do Globos de Ouro por sua carreira.[13]

Estilo de atuação[editar | editar código-fonte]

Isabella Rossellini e Anthony Hopkins em Berlim para as filmagens de The Innocent (1993).

Hopkins é famoso por sua preparação para seus papéis. Ele indicou em várias entrevistas que, uma vez comprometido com um projeto, ele passará por suas falas quantas vezes for necessário (algumas vezes passando de 300) até que elas soem naturais para ele, podendo assim dizê-las "sem pensar". Isso leva para um estilo quase casual de dizer as falas que camufla a quantidade de trabalho prévio. Apesar de permitir improvisações cuidadosas, esse estilo já causou conflitos entre ele e um diretor ocasional que diverge do roteiro original, ou que pede para o ator passe por um número excessivo de tomadas. Hopkins já disse que após terminar uma cena, ele simplesmente descarta as falas, não mais se recordando delas. Isso é diferente de outros que lembram de suas falas décadas após as filmagens.[14] Richard Attenborough, que já dirigiu Hopkins em cinco ocasiões, viu-se em dificuldades durante as filmagens de Shadowlands (1993) para acomodar os diferentes estilos de suas duas estrelas (Hopkins e Debra Winger), que dividiam muitas cenas. Enquanto que Hopkins, preferindo a espontaneidade de uma nova tomada, gostava de manter os ensaios no mínimo, Winger ensaiava continuamente. Para permitir isso, Attenborough se passou pelo personagem de Hopkins durante os ensaios de Winger, chamando o ator para apenas para o último ensaio antes da gravação. O diretor elogiou Hopkins por "essa extraordinária habilidade de fazer acreditar que, quando você o ouve, é a primeira vez que ele já disse aquela fala. É um dom incrível".[8] Conhecido por sua habilidade em memorizar falas, Hopkins trabalha sua memória lendo poesias e Shakespeare. No filme Amistad, de Steven Spielberg, Hopkins supreendeu a equipe e o elenco ao memorizar um discurso de sete páginas, falando tudo de uma vez só. Um admirado e intimidado Spielberg não conseguia chamá-lo de Tony, insistindo em chamá-lo de Sir Anthony por toda a produção.[7]

Além disso, Hopkins é um mímico de talento, alterando seu sotaque galês em qualquer sotaque que o personagem necessite. Ele duplicou a voz de seu falecido mentor, Sir Laurence Olivier, para cenas adicionais de Spartacus para sua restauração em 1991. Hopkins disse que atuar "como um submarino" o ajudou a entregar interpretações credíveis em filmes de thriller. Ele disse. "É bem difícil para um ator evitar, você quer mostrar um pouco. Porém eu acredito que o quanto menos alguém mostra, melhor".[15]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Título Ano Papel Notas
A Flea in Her Ear 1967 Etienne Plucheux Filme para a televisão
The White Bus Brechtian Curta
The Lion in Winter 1968 Ricardo Coração de Leão Indicação - BAFTA Award de Melhor Ator Coadjuvante
The Looking Glass War 1969 John Avery
Hamlet Rei Claúdio
Department S Greg Halliday Série de televisão
The Great Inimitable Mr. Dickens 1970 Charles Dickens Filme para a televisão
Hearts and Flowers Bob Indicação - BAFTA Television Award de Melhor Ator
When Eight Bells Toll 1971 Philip Calvert
Young Winston 1972 David Lloyd George
War and Peace Pierre Bezukhov Minissérie
BAFTA Television Award de Melhor Ator
A Doll's House Torvald Helmer
The Girl from Petrovka 1974 Kostya
QB VII Dr. Adam Kelno Minissérie
Juggernaut John McCleod
All Creatures Great and Small Siegfried Farnon Filme para a televisão
The Childhood Friend Alexander Tashkov
Dark Victory 1976 Dr. Michael Grant Filme para a televisão
The Lindbergh Kidnapping Case Bruno Hauptmann Filme para a televisão
Primetime Emmy Award de Melhor Ator Minissérie ou Filme
Victory at Entebbe Yitzhak Rabin
A Bridge Too Far 1977 Tenente Coronel John D. Frost
Audrey Rose Elliot Hoover Indicação - Saturn Award de Melhor Ator
Magic 1978 Charles "Corky" Withers Indicação - BAFTA Award de Melhor Ator
Indicação - Golden Globe Award de Melhor Ator - Filme Dramático
International Velvet Capitão Johnson
Mayflower: The Pilgrims' Adventure 1979 Capitão Jones Filme para a televisão
The Elephant Man 1980 Sir Frederick Treves
A Change of Seasons Adam Evans
The Bunker 1981 Adolf Hitler Filme para a televisão
Primetime Emmy Award de Melhor Ator Minissérie ou Filme
Peter and Paul Paulo de Tarso Filme para a televisão
Othello Otelo Filme para a televisão
The Hunchback of Notre Dame 1982 Quasimodo Filme para a televisão
Indicação - Primetime Emmy Award de Melhor Ator em Minissérie ou Filme
A Married Man 1983 John Strickland Filme para a televisão
The Bounty 1984 Tenente William Bligh
Hollywood Wives 1985 Neil Gray Filme para a televisão
Arch of Triumph Dr. Ravic Filme para a televisão
Guilty Conscience Arthur Jamison Filme para a televisão
Mussolini and I Conde Galeazzo Ciano Filme para a televisão
CableACE Award de Melhor Ator em um Filme ou Minissérie
The Good Father Bill Hooper
84 Charing Cross Road 1987 Frank Doel Prêmio de Melhor Ator do Festival de Moscou
The Dawning 1988 Angus Barrie
Across the Lake Donald Campbell Filme para a televisão
A Chorus of Disapproval Dafydd Ap Llewellyn
The Tenth Man Jean Louis Chavel Indicação - Golden Globe Award de Melhor Ator - Minissérie ou Filme para a TV
Great Expectations 1989 Abel Magwitch Minissérie
Indicação - Primetime Emmy Award de Melhor Ator Coadjuvante - Minissérie ou Filme para a TV
Desperate Hours 1990 Tim Comell
The Silence of the Lambs 1991 Dr. Hannibal Lecter Oscar de Melhor Ator
BAFTA Award de Melhor Ator
Prêmio da Sociedade de Críticos de Cinema de Boston para Melhor Ator Coadjuvante
Prêmio da Associação de Críticos de Cinema de Chicago para Melhor Ator
Prêmio da Associação de Críticos de Cinema de Dallas-Forth Worth para Melhor Ator
Prêmio do Círculo de Críticos de Cinema de Kansas City para Melhor Ator
National Board of Review de Melhor Ator Coadjuvante
Prêmio do Círculo de Críticos de Cinema de Nova York para Melhor Ator
Prêmio Sant Jordi de Melhor Ator Estrangeiro
Saturn Award de Melhor Ator
Indicação - Golden Globe Award de Melhor Ator - Filme Dramático
Indicação - Prêmio do Círculo de Críticos de Cinema de Londres para Melhor Ator
One Man's War Joel Filme para a televisão
Freejack 1992 Ian McCandless
Spotswood Errol Wallace
Howards End Henry J. Wilcox
Dracula Professor Abraham Van Helsing Indicação - Saturn Award de Melhor Ator Coadjuvante
Chaplin George Hayden
The Trial 1993 O Padre
The Innocent Bob Glass
The Remains of the Day James Stevens David di Donatello de Melhor Ator
Prêmio do Círculo de Críticos de Cinema de Kansas City para Melhor Ator
Prêmio do Círculo de Críticos de Cinema de Londres para Melhor Ator
Prêmio da Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles para Melhor Ator (também por Shadowlands)
National Board of Review de Melhor Ator Coadjuvante (também por Shadowlands)
Prêmio da Associação de Críticos do Sul para Melhor Ator (também por Shadowlands)
Indicação - Oscar de Melhor Ator
Indicação - BAFTA Award de Melhor Ator
Indicação - Golden Globe Award de Melhor Ator - Filme Dramático
Shadowlands C. S. Lewis BAFTA Award de Melhor Ator
Prêmio da Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles para Melhor Ator (também por The Remains of the Day)
National Board of Review de Melhor Ator Coadjuvante (também por The Remains of the Day)
Prêmio da Associação de Críticos do Sul para Melhor Ator (também por The Remains of the Day)
The Road to Wellville 1994 Dr. John Harvey Kellogg
Legends of the Fall Coronel William Ludlow
Nixon 1995 Richard Nixon Indicação - Oscar de Melhor Ator
Indicação - Golden Globe Award de Melhor Ator - Filme Dramático
Indicação - Screen Actors Guild Award de Melhor Performance por um Ator em Papel Principal
Indicação - Screen Actors Guild Award para Melhor Performance de um Elenco em um Filme
August 1996 Ieuan Davies Também dirigiu e compôs a trilha sonora
Surviving Picasso Pablo Picasso
The Edge 1997 Charles Morse
Amistad John Quincy Adams Broadcast Film Critics Association de Melhor Ator Coadjuvante
Indicação - Oscar de Melhor Ator Coadjuvante
Indicação - Golden Globe Award de Melhor Ator Coadjuvante
Indicação - Prêmio da Sociedade de Críticos de Cinema Online para Melhor Ator Coadjuvante
Indicação - Screen Actors Guild Award para Melhor Performance por um Ator em Papel Secundário
The Mask of Zorro 1998 Don Diego de la Vega/Zorro
Meet Joe Black William Parrish Indicação - Saturn Award de Melhor Ator
Instinct 1999 Ethan Powell
Titus Tito Andrônico Indicação - Prêmio do Círculo de Críticos de Cinema de Londres para Melhor Ator Britânico do Ano
Mission: Impossible II 2000 Comandante da Missão Swanbeck Não creditado
How the Grinch Stole Christmas Narrador Voz
Hannibal 2001 Dr. Hannibal Lecter Indicação - Saturn Award de Melhor Ator
Hearts in Atlantis Ted Brautigan
Bad Company 2002 Oficial Oakes
Red Dragon Dr. Hannibal Lecter
The Human Stain 2003 Coleman Silk Prêmio de Melhor Ator do Festival de Hollywood
Alexander 2004 Ptolomeu I Sóter
Proof 2005 Robert
The World's Fastest Indian Burt Munro New Zealand Screen Award de Melhor Ator
Bobby 2006 John Prêmio de Melhor Elenco do Festival de Hollywood
Indicação - Screen Actors Guild Award para Melhor Performance de um Elenco em um Filme
All the King's Men Juiz Irwin
Shortcut to Happiness 2007 Daniel Webster Filme para a televisão
Slipstream Felix Bonhoeffer
Fracture Theodore "Ted" Crawford
Beowulf Hroðgar
The City of Your Final Destination Adam
Where I Stand:
The Hank Greenspun Story
2008 Hank Greenspun
The Wolfman 2010 Sir John Talbot
You Will Meet a Tall Dark Stranger Alfie Shepridge
The Rite 2011 Padre Lucas
Thor Odin
360 2012 John
Hitchcock 2013 Alfred Hitchcock Prêmio melhor cena St. Louis Gateway Film Critics Association
Indicação - St. Louis Gateway Film Critics Association para melhor ator
Thor: The Dark World Odin
Noah 2014 Matusalém
Solace John Clancy
Westworld 2015 Dr. Ford Série de televisão

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O ator é filho de Muriel Anne Yeats e Richard Arthur Hopkins.

Entre 1967 e 1972 foi casado com Petronella Barker, com quem teve a sua única filha: Abigail Hopkins, nascida a 20 de Agosto de 1968. Em 1973 casou com Jennifer Lynton, união que terminou em 2002. Desde Março de 2003 que Anthony é casado com Stella Arroyave.

Hopkins estudou piano na juventude e nunca deixou de praticar. Em 1986, lançou um disco intitulado Distant Star que atingiu o nº75 nos tops britânicos [carece de fontes?].

Aos 19 anos compôs uma valsa chamada And the Waltz Goes On. A música pode ser conferida no DVD Under the Stars de André Rieu. O maestro recebeu o pedido para que a tocasse do próprio Hopkins.

Em 2008 vai estar afastado do cinema e efectuar uma digressão mundial como pianista [carece de fontes?].

Hopkins apoia várias organizações filantrópicas. Foi convidado de honra na gala de recolha de fundos da Women in recovery, Inc., uma organização sem fins lucrativos canadiana destinada à ajuda de mulheres necessitadas.

Referências

  1. Hopkins 'greatest British actor'. BBC (16 de agosto de 2005).
  2. Anthony Hopkins - Biography. TalkTalk (29 de outubro de 2008).
  3. Anthony Hopkins. The Guardian.
  4. A Role to Sink His Teeth Into. TalkTalk.
  5. a b c Sir Anthony Hopkins portrait. The Telegraph (26 de junho de 2008).
  6. Anthony Hopkins: My life in pictures. Daily Mail (19 de fevereiro de 2010).
  7. a b A dark and stormy knight. The Guardian (5 de dezembro de 1998).
  8. a b Falk, Quentin. Anthony Hopkins: The Biography. [S.l.]: Virgin Books, 2004. ISBN 0-7535-0999-7
  9. Top. BBC (10 Welsh actors: Anthony Hopkins).
  10. Actor Anthony Hopkins Knighted By Queen Elizabeth. Chicago Tribune (23 de fevereiro de 1993).
  11. Happy birthday Sir Anthony Hopkins. The Daily Telegraph (31 de dezembro de 2010).
  12. THE WORLD'S FASTEST INDIAN. Solar Navigator.
  13. Lifetime honour for Sir Anthony. BBC (17 de novembro de 2005).
  14. (2002). Anthony Hopkins: Lecter and Me — Red Dragon' [DVD].
  15. Sir Anthony Hopkins acts 'like a submarine'. BBC (12 de fevereiro de 2010).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Anthony Hopkins


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Anthony Hopkins