Anti-Dühring

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Anti-Dühring (em alemão Herrn Eugen Dührings Umwälzung der Wissenschaft) é um livro escrito por Friedrich Engels, publicado pela primeira vez em 1878. A primeira edição saiu em série para um jornal, em alemão.[1]

Este livro foi a contribuição mais importante de Engels para a teoria marxista. Seu título completo "O Senhor Eugen Dühring Revoluciona a Ciência" tem significado irônico e polêmico. O título Anti-Dühring remete a um escrito de Júlio César, o Anti-Catão.

O livro aborda filosofia, economia política e socialismo, e é uma resposta ao filósofo Eugen Dühring, que havia produzido a sua própria versão de socialismo, com a intenção de substituir o marxismo. Como Marx estava ocupado naquele momento escrevendo O Capital, Engels assumiu a elaboração desse escrito de defesa.

Entre os comunistas, o livro é uma obra popular e ampla, considerada, como Engels escreveu à Marx, uma tentativa "de produzir um levantamento enciclopédioco de nossa concepção dos problemas filosóficos, ciêntífico-naturais e históricos."

Parte do livro foi publicado separadamente na obra Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico.[2]

Referências

  1. 1877: Anti-Duhring - Editors notes (em inglês) Marxists.org. Página visitada em 02/09/2012.
  2. Tucker, Robert C., "Introdução" no The Marx-Engels Reader, Segunda Edição. New York: W. W. Norton & Company, 1978, p. xxxviii. (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]