Anticristo (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antichrist
Anticristo (PT/BR)
 Dinamarca
 Alemanha
 França
 Suécia
 Itália
 Polónia

2009 • cor • 112 min 
Direção Lars von Trier
Elenco Charlotte Gainsbourg
Willem Dafoe
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Antichrist (título no Brasil e em Portugal) Anticristo) é um filme de drama dinamarquês dirigido por Lars von Trier[1] que estreou nos cinemas dia 28 de agosto de 2009.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Depois da trágica morte de seu jovem filho a mãe (Charlotte Gainsbourg) traumatizada entra numa espécie de coma emocional e seu marido (Willem Dafoe), de pretensões psiquiátricas tenta ajudá-la numa terapia informal, levando-a para uma cabana isolada da civilização, mas o que estava ruim, fica pior, muito pior...

Crítica[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de Maio de 2009 o diretor e o elenco esteve reunido para assistirem ao filme em Cannes, mas a crítica da plateia foi intensa o filme foi recebido com vaias e risadas. O diretor disse em uma entrevista que não está abalado com a recepção do filme se ficou bom ou ruim pois apenas faze-lo foi uma vitória[2] . Em geral a crítica elogiou a execução artística do filme, mas se dividiu quanto ao real mérito da obra.

Cenas Violentas[editar | editar código-fonte]

Seguindo uma estética de filme de terror o filme possui cenas de extrema violência, muito explícitas. Von Trier respondeu a isso com o seguinte "Simplesmente achei que seria errado não mostrar. Sou um cineasta que acredita que devemos colocar na tela tudo o que pensamos. Sei que é doloroso ver, mas esse filme tem muito a ver com essas dores.". O diretor também disse na entrevista que não acredita em Deus e que esse filme foi uma forma de passar para Deus tudo o que aprendeu sobre ele[3] .

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]