Antiguidades Judaicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma folha do manuscrito de 1466 de Antiguidades Judaicas, Biblioteca Nacional da Polônia.

Antiguidades Judaicas (do latim Antiquitates Judaicae), também conhecida em português como Antiguidades dos Judeus, é uma obra composta pelo historiador judeu antigo Flávio Josefo entre os anos de 93-94. A obra foi composta em grego para os patronos romanos de Josefo, e constitui-se em uma narração da história hebraica desde a criação de Adão e Eva até a Primeira Guerra Judaico-Romana.[1] É considerada a mais importante obra de Flávio Josefo e uma das maiores de toda a antiguidade.[2] Esta obra é, às vezes, traduzida para o português como História dos Judeus.

Josefo provavelmente usou o trabalho de Nicolau de Damasco com fonte para a história de Herodes (Ant. 15-17) porque, quando termina Nicolau, na época de Aquelau, o relato de Josefo se torna mais resumido; outras partes das Antiguidades também parecem ser derivadas de Nicolau.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Josephus 2009
  2. Jewish Enciclopedia 1906, p. JOSEPHUS, FLAVIUS
  3. Jewish Enciclopedia 1906, p. JOSEPHUS, FLAVIUS

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.