Anton August Heinrich Lichtenstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anton August Heinrich Lichtenstein
Zoologia
Nacionalidade Alemanha Alemão
Nascimento 25 de agosto de 1753
Local Helmstedt
Morte 17 de fevereiro de 1816 (62 anos)
Local Helmstedt
Atividade
Campo(s) Zoologia

Anton August Heinrich Lichtenstein (Helmstedt, 25 de agosto de 1753 — Helmstedt, 17 de fevereiro de 1816) foi um zoólogo e bibliotecário alemão.

Filho do conselheiro e prefeito de Helmstedt Johann Diedrich Lichtenstein e pai do zoólogo Martin Lichtenstein.

Sua educação inicial ficou a cargo do secretário municipal Lange, que o preparou para o ginásio. Lá foi aluno do diretor M. Mirus (latim) e Beauregard (francês). Na páscoa de 1771 foi para a Universidade de Göttingen, onde frequentou aulas dos professores Gottfried Less, Johann David Michaelis, Johann Peter Miller e Christian Wilhelm Franz Walch.

No fim de setembro de 1772 foi para a Universidade de Leipzig, onde dentre outros foi aluno de Christian August Crusius e Johann August Ernesti. No início de 1773 a família o levou de volta para casa, devido à morte de seu pai. Lichtenstein permaneceu em sua cidade natal e recebeu do conselho da cidade a partir de 30 de outubro de 1773 uma licença para lecionar línguas orientais. O teólogo Heinrich Philipp Konrad Henke o auxiliou de forma eficaz.

Quando Lichtenstein foi chamado no outono de 1774 para a Universidade de Jena como professor extraordinário de filosofia, ele recusou a oferta e avançou assim a diretor da escola municipal de Helmstedt.

Com efeito a partir de 26 de agosto de 1777 o Scholarkollegium de Hamburgo o chamou para ser vice-diretor da Gelehrtenschule des Johanneums, e em 7 de dezembro de 1777 ele apresentou lá sua palestra inaugural De libertate liberalitatis. A partir de 1782 foi reitor do Johanneum.

De 1794 a 1796 foi assistente de biblioteca e de 1796 a 1798 foi diretor da Biblioteca Pública de Hamburgo. Em 1798 foi então professor da Universidade de Helmstedt.

Com a idade de 62 anos faleceu em 17 de fevereiro de 1816 de uma febre intensa (possivelmente febre tifoide) em sua cidade natal.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Catalogus Rerum Naturalium Rarissimarum (1793)
  • Catalogus Musei zoologici ditissimi Hamburgi (1796)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Rolf Volkmann: Lichtenstein, Anton August Heinrich. In: Horst-Rüdiger Jarck, Günter Scheel (Hrsg.): Braunschweigisches Biographisches Lexikon: 19. und 20. Jahrhundert. Verlag Hahnsche Buchhandlung, Hannover 1996, ISBN 3-7752-5838-8, S. 380
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) zoólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.