Antonov An-22

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antonov An-22
Um Antonov An-22 russo.
Descrição
País de origem  União Soviética
Fabricante Antonov
Produção 1966-1976
Quantidade
produzida
68 unidade(s)
Custo
unitário
46 milhões de dólares
Primeiro voo 27 de fevereiro de 1965 (49 anos)
Entrada em serviço 1967
Missão Transporte aéreo tático
Tripulação 5-6
Soldados /
Passageiros
29 passageiros
Carga 80 000 kg (176 000 lb)
Dimensões
Comprimento 57,9 m
Envergadura 64,4 m
Altura 12,53 m
Área (asas) 345 m²
Peso
Tara 114000 kg
Peso bruto máximo 250000 kg
Propulsão
Motores 4x turboélices Kuznetsov NK-12MA com hélices contra rotativas
15 000 hp (11 200 kW)
Performance
Velocidade máxima 740 km/h (Mach 0.6)
Alcance 5000 m com carga completa e com 45000 kg de carga 10950 km

O Antonov An-22 Antey foi a maior aeronave no mundo, antes da criação do Lockheed C-5 Galaxy O An-22 é basicamente uma versão maior do An-12 com exceção da cauda dupla. Essa dupla cauda ajuda numa perfomace melhor e reduz as restrições de altura nos hangares.

Histórico operacional[editar | editar código-fonte]

O An-22 foi originalmente construído pela Força Aérea Soviética junto com a Aeroflot, um empresa aérea estatal. A primeira unidade foi operada no 556º Regimento de Aviação de Transporte Militar "Solnechnogorsk", o qual usou o An-22 de 1970 à 1987.

Aproximadamente 45 entraram em serviço na metade dos anos 90, a maioria pela Força Aérea Russa, mas lentamente foram substituído por um modelo maior, o An-124. Os An-22 restantes foram operados por um esquadrão de transporte militar independente chamado Tver, comandado em 2004 pelo tenente-coronel V. Borisenko.

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.