Antony Armstrong-Jones

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antony
Conde de Snowdon
Cônjuge Margarida do Reino Unido (1960–1978)
Lucy Lindsay-Hogg (1978-1999)
Descendência
David
Sarah
Lady Frances Armstrong-Jones
Jasper William Oliver Cable-Alexander
Nome completo
Antony Charles Robert Armstrong-Jones
Pai Ronald Armstrong-Jones
Mãe Anne Messel
Nascimento 7 de Março de 1930 (84 anos)

Antony Charles Robert Armstrong-Jones, 1.° Conde de Snowdon (Londres, 7 de março de 1930) é um fotógrafo britânico, melhor conhecido por ter sido o ex-marido da falecida Princesa Margaret, irmã da Rainha Elizabeth II.

Membro da Câmara dos Lordes desde 1999, Armstrong-Jones foi o ganhador de um Prêmio Emmy por seu filme documentário.

Família[editar | editar código-fonte]

Antony é o único filho do barrister Ronald Armstrong-Jones (1899-1966) e de sua primeira esposa, a socialite Anne Messel (1902-1992, depois titulada Condessa de Rosse). Ele tem ascendência galesa e alemã judáica. Oriundo de uma família notavelmente artística, Armstrong-Jones é bisneto do caricaturista Linley Sambourne (1844-1910). O tio de seu avô foi Alfred Messel, um arquiteto bem conhecido de Berlim. E o irmão de sua mãe foi Oliver Messel, um dos mais notáveis designers do século XX e arquiteto.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Depois de ser educado em Eton College, em Windsor, e na Universidade de Cambridge, onde estudou arquitetura, Armstrong-Jones recomeçou sua carreira como fotógrafo, nos campos de moda, design e teatro. Enquanto sua carreira florescia, ele se tornou conhecido por suas fotografias da realeza, dentre elas o retrato oficial da Rainha Elizabeth II e de seu marido, o Príncipe Philip (que viriam a ser seus cunhados), durante uma viagem ao Canadá em 1957.

No começo dos anos 60, Antony se tornou o editor de imagens da revista do Sunday Times e, pelos anos 70, já tinha a reputação de um dos mais respeitados e prominentes fotógrafos do Reino Unido. Seus trabalhos, que variam muito, já foram publicados em revistas como Vogue, Vanity Fair e Daily Telegraph. Já clicou Barbara Cartland, Laurence Olivier, Anthony Blunt, J.R.R. Tolkien, a Princesa Diana e muitos outros.

Em 2001, o National Portrait Gallery de Londres exibiu uma retrospectiva das fotografias de Lorde Snowdon.

Primeiro Casamento[editar | editar código-fonte]

Brasão de armas do Conde de Snowdon.

No dia 26 de fevereiro de 1960, foi anunciado o seu noivado com a Princesa Margaret, e eles se casaram em 6 de maio do mesmo ano, na Abadia de Westminster. A Princesa disse, mais tarde, que no dia em que concordou em se casar com Armstrong-Jones ela recebeu uma carta do amor de sua vida, Peter Townsend, dizendo que ele estava comprometido com uma mulher belga.

Tradicionalmente, foram concedidos títulos nobiliárquicos a Antony, os quais ele supostamente aceitou de má vontade. Assim, ele se tornou o Conde de Snowdon e o Visconde Linley (este último título é de cortesia, sendo usado por seu filho, David Armstrong-Jones). O condado de Snowdon pertenceu aos príncipes galeses da Casa de Gwynedd até 1282. O título de cortesia de Visconde Linley foi criado para homenagear Linley Sambourne, seu antepassado.

Os Armstrong-Jones tiveram dois filhos: David (nascido em 3 de novembro de 1961) e Sarah (nascida em 1° de maio de 1964).

O casamento começou a entrar em crise muito cedo, devido às festas noturnas da Princesa Margaret e à fascinação e dedição que Antony tinha por sua profissão. De acordo com a biógrafa Sarah Bradford, Lorde Snowdon certa vez deixou uma carta para sua esposa dizendo Você parece uma manicura judia, e eu odeio você. O Private Eye publicou certa vez que, no jantar de Natal em 1969, em Sandringham House, Snowdon subiu em cima da mesa e começou a fazer striptease na frente de toda a família real. Conseqüentemente, a Rainha Mãe não falou com ele por dezoito meses.

O polêmico casamento finalmente terminou em divórcio, em 1978.

Segundo Casamento[editar | editar código-fonte]

Antony se casou com Lucy Lindsay-Hogg, filha de Donald Brook Davies e ex-esposa do diretor Michael Lindsay-Hogg, em 15 de dezembro de 1978. A única filha deles, Lady Frances Armstrong-Jones, nasceu sete meses depois do casamento, em 17 de julho de 1979.

Eles se divorciaram em 1999, quando foi revelado que Antony era pai de Jasper William Oliver Cable-Alexander (nascido em 30 de abril de 1998). A mãe era a editora de revista Melanie Cable-Alexander.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antony Armstrong-Jones