Apache Cocoon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O Apache Cocoon, muitas vezes chamado apenas de Cocoon, é um framework de desenvolvimento para web baseado em componentes e no conceito de separação de interesses. O framework é focado na publicação de XML e é construído na linguagem de programação Java. A flexibilidade proporcionada pela uso do XML permite a publicação de conteúdo de maneira rápída e numa grande variedade de formatos, incluindo HTML, PDF, e WML. Um sistema de gerenciamento de conteúdo poderoso, o Apache Lenya, foi criado baseado neste framework. Cocoon é também muito usado como uma ferramenta de data warehousing ou como um middleware para transporte de dados entre sistemas.

Sitemap[editar | editar código-fonte]

O Sitemap é a parte central do Coccon. É nele que o desenvolvedor configura os componentes e define as interações entre o cliente e o servidor, conhecidas como pipeline no contexto do Cocoon.

Componentes[editar | editar código-fonte]

Os componentes dentro do Cocoon são agrupados por função.

Matchers[editar | editar código-fonte]

Os matchers são utilizados para verificar o match de requisições do usuário, como URLs ou cookies, contra wildcards ou padrões descritos por expressões regulares. Cada requisição do usuário é enviada através do pipeline até que se encontra um match, neste momento a requisição é processada.

Geradores[editar | editar código-fonte]

Os componentes geradores (generators) criam um fluxo (stream) de dados para processamento. Este fluxo pode ser gerado de um arquivo XML existente ou por geradores que criam dados XML que representam algo no servidor, como uma estrutura de diretórios ou dados de uma imagem.

Transformadores[editar | editar código-fonte]

Os transformadores (transformers) transformam um fluxo de dados de alguma maneira. A transformação mais comum é feita por XSLT, que transforma dados em formato XML. Mas existem outros transformadores para outros tipos de dados (como SQL).

Componentes de serialização[editar | editar código-fonte]

Um componente de serialização obtém um fluxo de dados, faz alguma mudança requisitada, e envia para o cliente. Existem componentes de serialização que permitem enviar dados em diferentes formatos incluindo HTML, XHTML, PDF, RTF, SVG, WML e formato texto, por exemplo.

Componentes de seleção[editar | editar código-fonte]

Estes componentes oferecem a capacidade de um comando switch (o mesmo da linguagem Java). Eles são capazes de selecionar elementos de uma requisição e escolher o caminho correto no fluxo do pipeline.

Componentes de visualização[editar | editar código-fonte]

São utilizados principalmente em testes. Um componente de visualização é um ponto final de um fluxo de pipeline. São utilizados quando se quer ver os dados de um fluxo XML em determinado ponto, por exemplo.

Leitores[editar | editar código-fonte]

Publicam o conteúdo sem analisá-lo (sem processamento de XML). Utilizado para imagens, por exemplo.

Ações[editar | editar código-fonte]

São classes Java que executam alguma lógica ligada a uma regra de negócio.

O pipeline[editar | editar código-fonte]

O pipeline é utilizado para definir como os diferentes componentes do Cocoon interagem com as requisições do usuário para produzir uma resposta.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]