Aparelho fonador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde junho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sistema fonador integrado ao sistema respiratório.

É denominada aparelho fonador o conjunto de órgãos responsáveis pela fonação humana, são eles os seguintes:

Funcionamento[editar | editar código-fonte]

O ar é expelido dos pulmões por via dos brônquios, penetra na traquéia e chega à laringe, onde, ao atravessar a glote, costuma encontrar o primeiro obstáculo à sua passagem. A glote fica na altura do pomo de Adão ou gogó, é a abertura entre duas pregas musculares das paredes superiores da laringe, conhecidas com o nome de cordas vocais. O fluxo de ar pode encontrá-la aberta ou fechada. Se estiver aberta, o ar força a passagem através das cordas vocais retesadas, fazendo-as vibrar e produzir o som musical característico das articulações sonoras. Se estiver fechada, relaxada as cordas vocais, o ar se escapa sem vibrações da laringe e as articulações produzidas, denominam-se surdas.

A distinção entre surda e sonora pode ser muito bem percebida na pronúncia de duas consoantes que no mais se identificam. Assim:

  • /p/ pê ( = surdo); /b/ bê ( = sonoro)
  • /t/ tê ( = surdo); /d/ dê ( = sonoro)

A corrente expiratória, ao sair da laringe, entra na cavidade da faringe que lhe oferece duas vias de acesso ao exterior o canal bucal e o nasal com a finalidade de determinar o som oral (= bucal) e o som nasal (= nasal). Veja a pronúncia das vogais:

  • /a/ (oral), /ã/ (nasal)

Conforme as palavras:

  • /a/ lá (oral), /ã/ lã (nasal)
  • /a/ mato (oral), /ã/ manto (nasal)
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.