Apolônio, o Sofista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Apolônio, também chamado de "o Sofista", foi um gramático famoso, o qual viveu por volta do final do século I a.C., atuando como professor, em Roma, na época do imperador romano Tibério. Ele nasceu em Alexandria e era filho de outro gramático chamado Archibus.

Autor do dicionário homérico (Λεξεις Ὁμηρικαι), único trabalho do gênero existente nos dias de hoje. Seus chefes eram Aristarco da Samotrácia e o dicionário homérico de Apião (embora algumas fontes citem este último como um discípulo de Apolônio). O texto remanescente deste dicionário é um epítome, ou seja, um resumo do original. Na versão original, Apolônio aparentemente forneceu, pelo menos, uma citação em cada verbete.[1]

Seu trabalho foi editado, pela primeira vez, por Villoison, em 1773, a partir de um manuscrito de Saint Germain e, também, por I. Bekker, em 1833.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Naoumides M. (1962). "Notes on literary papyri". Trans Proc Am Philol Assoc 93: 240–52 pp..

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Leyde. (1885) De Apollonii Sophistae Lexico Homerico.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.