Apopi I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.

Apopi (Ipepi na língua egípcia antiga) foi um faraó pertencente à linhagem dos hicsos que governou o Baixo Egito durante a dinastia XV e o final do segundo período intermediário. Apopi I governou o norte do Egito por 40 anos. Embora Apopi I tenha governado o Alto Egito, este faraó era dominante em quase todo o Egito. Apopi I como era de origem hicsa mantinha relações pacíficas com os nativos do Egito. Outro fato importante acontecido no reinado de Apopi I foi a vinda de José (filho de Jacob) para o Egito como escravo. Apopi I teve dois filhos: Príncipe Apopi e Princesa Herit. Após sua morte os hicsos foram expulsos do Egito.


Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.