Appellation d'origine contrôlée

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Appellation d'origine contrôlée (AOC) utilizada em França e na Suíça é o equivalente à Denominação de Origem Controlada (DOC) utilizada em Portugal.
A AOC leva em conta a localização geográfica da produção de certas culturas como vinhos, queijos, manteiga e outros produtos agrícolas. Esta denominação é atribuída sob a fiscalização da agência governamental denominada Institut National des Appellations d'Origine (INAO).[1] [2]

Os vinhos certificados como AOC são produzidos em terroirs delimitados, são sempre muito conceituados e satisfazem a normas de produção muito estritas, definidas por decreto.[2] Determina a tradição que eles estabeleçam os rendimentos, um grau mínimo de alcoolização e as condições de envelhecimento. São mais de 400 vinhos de denominação de origem controlada na França. [3] Entre os AOCs encontramos outras classificações como Supérieur, Premières Crus, Deuxièmes Crus, Crus Bourgeois e outros na região de Bordeaux ou os Crus e Grands Crus de Bourgogne.

Referências

  1. INAO - Institut National des Appellations d'Origine (em Francês). Página visitada em 09/06/2009.
  2. a b Ministère de l'agriculture et de la pêche - L'appellation d'origine (em Francês). Página visitada em 09/06/2009.
  3. ACAV - FRANÇA Os Níveis De Qualidade Dos Vinhos Franceses. Página visitada em 09/06/2009.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Vinhos é um esboço relacionado ao Projeto Vinhos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.