Arahitogami

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Arahitogami (現人神?) é uma palavra japonesa, que significa um deus que é ser humano. Esta palavra aparece pela primeira vez no Kojiki, mas supõe-se que foi usada ainda antes. O mais conhecido uso é no Japão anterior a 1945, até ao final da Segunda Guerra Mundial. Naqueles dias o Estado Xinto (Kokka Shintō) aplicou esta palavra ao Imperador Hirohito e exigiu ao povo japonês obediência absoluta e lealdade ao Imperador como a uma divindade. Logo, o mesmo Hirohito renunciou a este título, defendendo que a sua relação com o povo não deveria assentar numa ideia mitológica de tal natureza, mas uma dependência histórica familiar.

Ver também[editar | editar código-fonte]