Araki Nobuyoshi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Araki Nobuyoshi (1940, Tokyo) é um fotógrafo japonês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Araki Nobuyoshi estudou fotografia durante seus anos na faculdade e depois foi trabalhar na agência de publicidade Dentsu, no Japão, onde conheceria sua futura esposa Yoko Araki.

Depois de se casarem, Araki publicou um livro de fotos de sua esposa tiradas durante a lua-de-mel deles intitulado Sentimental Journey (Jornada Sentimental). Ela faleceu em 1990. Fotografias tiradas durante os últimos dias dela foram publicadas em um livro intitulado Winter Journey (Jornada de Inverno).

Tendo publicado mais de 350 livros (continua publicando ativamente) Araki é considerado um dos artistas mais produtivos vivos ou mortos no Japão e ao redor do mundo.

Muitas de suas fotografias são eróticas; algumas chamadas de pornográficas. Alguns de seus mais populares livros de fotografia são Sentimental Journey, Tokyo Lucky Hole e Shino.

A cantora islandesa Björk é admiradora do trabalho de Araki e já serviu como uma de suas modelos. Araki foi fotógrafo do encarte do CD de remixes dela de 1997, Telegram.

A vida e o trabalho de Araki são o assunto do documentário de 2005 Arakimentari de Travis Klose.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Araki Nobuyoshi