Aramides

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómica Aramides
Aramides cajanea no Zoológico de Jacksonville, na Flórida, nos Estados Unidos

Aramides cajanea no Zoológico de Jacksonville, na Flórida, nos Estados Unidos
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Gruiformes
Família: Rallidae
Género: Aramides
Pucheran, 1845
Espécies
Ver texto
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Aramides

Aramides é uma género de aves gruiformes da família Rallidae, onde se classificam sete espécies de saracuras. Habitam zonas de mangue ou floresta tropical e temperada, sempre junto de rios, pântanos ou lagoas.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Saracura" origina-se do vocábulo tupi sara'kura[1] , também pode ser usado para designar aves de outros gêneros de aparência semelhante, como a saracura-do-banhado (Pardirallus sanguinolentus) e a saracura-lisa (Amaurolimnas concolor)[2] .

Características[editar | editar código-fonte]

As saracuras do género Aramides são aves de médio porte, de trinta a 45 centímetros de comprimento. Têm pescoço relativamente comprido e patas longas, de cor vermelha. Os dedos são fortes e longos, bem afastados entre si e terminam em pequenas garras. A plumagem é variável de espécie para espécie, mas todas têm o dorso verde-azeitona e a cauda curta de cor preta. Os olhos são grandes e vermelhos e o bico é amarelo-esverdeado.

Hábitos[editar | editar código-fonte]

São aves de hábitos terrestres, mas com forte ligação a ambientes alagados, como banhados, manguezais e riachos. Preferem fugir de eventuais perigos correndo pela vegetação, em vez de voar. Quando se deslocam, mantêm a cauda curta erecta. Normalmente, dormem e nidificam em arbustos. O seu canto é estridente e pode ser ouvido em duetos ao amanhecer e entardecer ou antes das chuvas.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Aramides gutturalis[editar | editar código-fonte]

Aramides gutturalis é um táxon de ave gruiforme da família Rallidae considerado atualmente inválido. Pensava-se que era uma espécie extinta endêmica do Peru. Após uma avaliação da AOU do único espécime conhecido em 2006 foi classificado como táxon duvidoso.[3] A BirdLife International o retirou de sua lista de espécies extintas em 2009. Acredita-se que pode ser tanto um espécime mal formado de saracura-três-potes (Aramides cajanea) como uma subespécie de saracura-marrom (Aramides wolfi).[3] [4]

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p. 1 552
  2. http://www.wikiaves.com.br/doku.php?do=search&id=saracura%7Ctítulo=Pesquisa "saracura"|acessodata=01 de setembro de 2013
  3. a b Uma classificação das espécies de aves da América do Sul. Hybrids and dubious taxa. AOU.
  4. Red-throated Wood-rail Aramides guttularis: this extinct taxon is no longer recognised.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aramides