Aranha-do-mar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Março de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaAranha do mar
Sea spider.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Cheliceriformes (Brusca & Brusca; FLORES, L. E. P.;IKEDA NETO, J.; MANDAI, S. S.; PEREIRA, M. A.; TAKATA, J. T.)
Classe: Pycnogonida
Latreille, 1810
Ordem: Pantopoda
Famílias
Ammotheidae

Austrodecidae

Callipallenidae

Colossendeidae

Nymphonidae

Phoxichilidiidae

Pycnogonidae

Rhynchothoracidae

Endeididae

Os picnogonídeos (Pycnogonida), também chamados pantópodes (Pantopoda), são uma classe de artrópodes conhecidos popularmente como aranhas-do-mar. Embora seja designados popularmente como aranhas não são aracnídeos. Alguns autores consideram o grupo como uma super-classe à parte.

As aranhas-do-mar são animais marinhos com distribuição cosmopolita, embora a maioria das cerca de 1000 espécies do grupo se encontra no Mar Mediterrâneo, no Mar das Caraíbas e nos Oceanos Antártico e Ártico. A dimensão das aranhas-do-mar varia entre alguns milímetros a cerca de 90 cm de diâmetro. Variam de tamanho entre as espécies.

São animais com geralmente de 4 a 6 pares de patas. O abdomen é bem pequeno em relação as patas. Por otimização do espaço, o estômago entra por dentro das patas, pois elas são ocas e o corpo bem curto. As gônadas sofrem o mesmo processo nas fêmeas. Cada gônada possui um orifício de saída dos ovos.

Na região anterior da cabeça encontramos uma probóscide pois é um predador. Possui um tubérculo também na região anterior onde encontramos os olhos, sendo no total quatro olhos.

Encontram-se também algumas cerdas formando o conjunto dos órgãos sensoriais. Não apresentam estruturas respiratórias e excretórias. Os gases (excretos) podem ser difundidos pelo corpo (devido sua forma).

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Apresentam dimorfismo sexual e são ovígeros, isto é, possuem patas com a função de carregar e sustentar os ovos. Na ausência desses ovos servem para a limpeza do corpo. Normalmente ocorrem em indivíduos do sexo masculino.

A fecundação é externa. Não possui órgãos inoculadores, com isso libera os gametas na água. O macho que guarda os ovos até a sua eclosão. Ao eclodir nasce uma larva, que é denominada protoninfa (essas larvas também podem ser encontradas em cnidários e moluscos).

Ícone de esboço Este artigo sobre artrópodes é um esboço relacionado ao Projeto Artrópodes. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.