Arco da Rua Augusta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arco do Triunfo.

Arco do Triunfo, Arco Triunfal, Arco do Triunfo da Rua Augusta é um arco triunfal situado na parte Norte da Praça do Comércio, sobre a Rua Augusta, em Lisboa, Portugal.

A sua construção começou após o terramoto de 1755, mais concretamente em 1775, mas esta primeira versão, que poderá não ter sido concluída, viria a ser demolida em 1777, após o início do reinado de D. Maria I e a demissão do Marquês de Pombal. Em 1873, recomeçou a edificação do arco segundo o projecto do arquitecto Veríssimo José da Costa, que remonta a 1843/44, tendo ficado as obras concluídas em 1875.

Na parte superior do arco, é possível observar esculturas de Célestin Anatole Calmels, enquanto num plano inferior se encontram esculturas de Vítor Bastos. As esculturas de Calmels representam a Glória, coroando o Génio e o Valor. As esculturas de Vítor Bastos representam Nuno Álvares Pereira, Viriato, Vasco da Gama e o Marquês de Pombal.

Temos ainda na lateral esquerda o rio Tejo e na lateral direita o rio Douro da autoria do escultor Vítor Bastos tambem[1] . Os rios Tejo e Douro delimitam a região onde viviam os Lusitanos[2]

O texto inscrito no topo do arco remete-nos à grandiosidade portuguesa aquando dos descobrimentos e à descoberta de novos povos e culturas. VIRTVTIBVS MAIORVM VT SIT OMNIBVS DOCVMENTO.PPD “Às Virtudes dos Maiores, para que sirva a todos de ensinamento. Dedicado a expensas públicas”.

A partir de 9 de agosto de 2013, é possível, usando um elevador e dois lances de escadas íngremes, chegar ao miradouro no topo do Arco, por 2,5 euros[3] .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arco da Rua Augusta

Referências



Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.